Você é o Repórter

Gata morre por negligência de clínica veterinária, no PR

Vanessa Aurora Novak
fificat.neko@gmail.com

No dia 22 de dezembro, minha gatinha Hana foi atacada pelo cão da vizinha,  que por não gostar da dona do terreno onde moro de aluguel e pensando que a gata era dela, jogou minha Hana em um monte de lixo do outro lado da rua. Ela obviamente não avisou ninguém do fato.

Mais tarde, meu marido foi conversar com ela e descobriu o ocorrido, ela ficou tão sem graça que não sabia onde meter a cara. Liguei imediatamente para a veterinária que havia castrado Hana e Mila, mãe de Hana, por achar que era de confiança. Ela já veio com desculpas, dizendo que estava com 4 clientes e não podia buscar minha gatinha, visto que eu não tenho carro e não havia vizinhos nem parentes que pudessem me ajudar naquele instante. Consegui um transporte com o pet shop que fica ao lado e em 15 minutos Hana estava na clínica.

Ela examinou a gata na minha frente 3 vezes, ela não tinha nenhum ferimento externo, mas eu notei que algo estava estranho, até comentei que a gata estava muito mole e fraca. Ela me disse que Hana estava um pouco abaixo da temperatura, que iria aplicar uma injeção e deixar minha gata, toda suja, em repouso. Ela me disse que se não me ligasse até as 5 da tarde, mandaria Hana de volta, pois ela estaria bem. A tarde passou e outra veterinária entrou no plantão. Já passava das 5 e nada de me ligarem. Meu marido então ligou e a outra veterinária nem sabia que a Hana estava lá e nem que ela deveria voltar pra casa!

Mandaram a Hana moribunda de volta para casa, sem a receita dos remédios, então eu tive ainda que ligar para a primeira veterinária e pedir os medicamentos, vejam que falta de profissionalismo! Eu notei que Hana estava estranha, com os olhos vidrados e respirando difícil. Meu marido todo inocente achando que ela ia melhorar foi buscar os remédios. Quando ele voltou, Hana morreu em nossos braços. Enrolei seu corpinho em um lençol e esperamos até o dia seguinte, pois já era tarde da noite.

Liguei chorando para a doutora dizendo que Hana havia morrido e ela disse que havia examinado ela antes de mandar para casa (como? por telepatia? ela nem estava lá durante a tarde!) e que no outro dia me ligaria. No outro dia ela me ligou e teve a pachorra de me dizer que poderia fazer uma necrópsia na Hana para saber porque ela morreu, mas ia me cobrar como se fosse uma cirurgia. Eu estava tão chocada que falei que não queria que mexessem no corpinho da Hana, pois agora não adiantava mais mesmo.

À tarde meu marido foi enterrar o corpinho dela e percebeu que havia sangue no lençol. Hana estava com hemorragia interna, ficou o dia todo lá sofrendo e ninguém fez NADA por ela!! A clínica que estou falando é a Clínica Miau , em São José dos Pinhais (PR).

Eu estou muito triste, pois quando castrei minhas filhotas o serviço foi perfeito e agora que Hana precisava de cuidados para salvar a sua vidinha, fizeram esse serviço de açougueiro! Fica o aviso para o pessoal da região, essa clínica não é de confiança!

​Read More