Notícias

Cãozinho segue viatura por mais de 1 km para acompanhar seu tutor até a delegacia

Cãozinho segue viatura por mais de 1 km para acompanhar seu tutor até a delegacia.
Foto: Rodrigo Viana/Policia Militar

O amor e o companheirismo dos animais está cada vez mais presente no nosso dia a dia e um exemplo disso é o caso do cãozinho “Chei de pulga”, nome dado pelo tutor ao seu cachorrinho. O seguiu por mais de 1 km uma viatura da guarda-civil que levava seu tutor para ser identificado em uma delegacia. O caso aconteceu no ano passado e comoveu os moradores da cidade de Volta Redonda, no Rio de Janeiro.

A cena impressionou os moradores da cidade, que poucas vezes tinham se deparado com um momento de tanto carinho e companheirismo, como foi demonstrando pelo fiel cachorrinho ao seu tutor.

Depois de percorrido boa parte do caminho sem aparentar cansaço, os policiais se comoveram com a situação e deixaram “Chei de pulga” ir com o seu tutor dentro da viatura até a delegacia.

A operação foi uma parceria entre a Guarda Civil e a Polícia Militar junto com a assistência social, realizando identificação de pessoas desabrigadas na cidade de Volta Redonda, Rio de Janeiro.

O rapaz que foi identificado pelo nome de Fabio de Souza Cesário e o seu cachorrinho “Chei de pulga” tiraram fotos com a Guarda Municipal e logo em seguida foram liberados.

Divulgação

Companheirismo

Atitudes como essa do pequeno cãozinho que acompanhou o seu tutor até a delegacia, em Volta Redonda, provam a fidelidade dos animais com os seus tutores. Um estudo realizado pela Universidade Eotvos Lorand, na Hungria, mostrou que muitas vezes os cachorros preferem ficar com os seres humanos a interagir com os outros cachorros.

Cães são excelentes companheiros e sempre farão de tudo para proteger sua família. O olfato apurado e audição ultrassensível dos animais servem de radares, principalmente à noite, mesmo quando estão em sono profundo.

O metalúrgico Douglas Ferreira conta que graças à sua cadela chow chow, não roubaram a sua moto. “Eu sempre coloco minhas duas motos perto do portão, porque não tem espaço na garagem, então ela fica visível as pessoas que passam na rua, uma certa noite, estava dormindo, e comecei a ouvir latidos da minha cadela, ela se debatia contra o portão. No outro dia, quando acordei, reparei que faltava algumas peças na minha moto, então entendi que os latidos que minha cachorra fazia era porque ela sentiu a presença de pessoas querendo roubar minha moto”, contou Douglas Ferreira em entrevista a ANDA.

Foto: Elida Cândido

Para a veterinária Renata Saccaro, em entrevista ao jornal Zero Hora, “Qualquer que seja a raça, o instinto de defesa e proteção sempre vem em primeiro lugar”, disse.

Os cachorros precisam de ar livre, de espaço, de brincadeiras e principalmente de amor. Garantir que eles sejam tratados com carinho é preservar uma amizade para toda a vida.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Cachorros são arremessados em rio com as patas amarradas

Reprodução/Portal Rondonoticia

Três cachorros da raça chow chow foram arremessados em um rio nas proximidades de Vilhena, em Rondônia, no último domingo (14). Os animais estavam presos uns aos outros, com as patas amarradas.

Um motorista que passava pelo local presenciou o momento em que um homem arremessou os cães sobre a ponte do igarapé Piracolina. Para ajudar os animais, o motorista entrou no rio, mas só conseguiu resgatar dois cães. O terceiro foi levado pela correnteza.

O Grupo Amor de 4 Patas confirmou o crime ao ser questionado pelo portal Rondonotícias e afirmou que o responsável pelo ato brutal cometido contra os cães fugiu as pressas após jogá-los na água.

Os cachorros resgatados foram deixados no local pelo motorista que os salvou. Comovido com o sofrimento dos animais, um morador da região os levou para casa. No entanto, pouco tempo depois um deles morreu.

A ONG informou que o crime foi cometido por um homem que dirigia uma caminhonete Mitsubishi modelo L-200 de cor prata. Os esforços da entidade, agora, são para identificar e denunciar o agressor dos animais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Morre cachorro que se tornou símbolo de São Tomé das Letras (MG)

Kovu, um cachorro da raça chow chow que se tornou um dos símbolos da cidade de São Tomé das Letras (MG), morreu na madrugada de segunda-feira (22). O animal tinha cerca de 14 anos e morreu de morte natural.

Foto: Reprodução / Facebook / Ser Criativo Pizza na Pedra

A pizzaria “Ser Criativo Pizza na Pedra”, onde Kovu vivia, lamentou a morte dele através das redes sociais. O cachorro ficou famoso na cidade por ser muito dócil e estar sempre deitado na porta da pizzaria. Os turistas que passavam pelo local costumavam parar e tirar uma foto ao lado do cão. As informações são do portal Varginha Online.

“É com imenso pesar que essa madrugada nos despedimos do nosso leão Kovu. Vai deixar saudades em todos nós. Já era quase um ponto turístico de São Thomé das letras. Vai em paz kovuzao. Nos vamos sentir muito sua falta e vamos te amar pra sempre. O melhor cachorro do mundo”, escreveu a pizzaria no Facebook. Uma imagem com fundo preto e a palavra “luto” foi colocada no perfil do Facebook do estabelecimento.

Foto: Reprodução / Facebook / Ser Criativo Pizza na Pedra

A publicação gerou comoção na internet. Até o momento, 1,4 mil pessoas curtiram a homenagem feita na rede social e mais de 380 fizeram comentários sobre Kovu. Muitos internautas publicaram fotos que tiraram com o cachorro.

“Meus sentimentos. Ele foi um cachorro tão adorado, sempre que eu ia em São Tomé via ele e fazia um carinho. Que saudade que vai ficar”, escreveu uma internauta. “Muito prazer ter conhecido esse cachorro tão especial. Descanse em paz Kovu”, disse outra.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. Doe agora.


​Read More
Notícias

Após anúncio de recompensa de R$ 20 mil, cachorro é encontrado

O cachorro Bento, da raça chow-chow, que havia sumido no dia 24 de maio em Belo Horizonte (MG), foi encontrado neste sábado (1º) no bairro Arvoredo, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. O caso chamou a atenção depois que a empresa que havia ficado responsável por tomar conta dele ofereceu uma recompensa de R$ 20 mil.

Empresa ofereceu R$20 mil para quem encontrar chow-chow — Foto: Dog Hero/Divulgação

O chow-chow estava com um anfitrião de um aplicativo de hospedagens de cães quando fugiu no bairro Castelo, na Região da Pampulha. Ele foi encontrado em uma região de mata por dois moradores do bairro Arvoredo.

Os tutores de Bento, que estão em Portugal, reconheceram o animal por meio de um vídeo. O cachorro foi encontrado em bom estado de saúde e foi levado para uma clínica veterinária. A recompensa será paga para as duas pessoas que o encontraram.

Fonte: G1


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. Doe agora.


 

​Read More
Você é o Repórter

Cadela da raça chow chow com pata fraturada precisa de resgate no RJ

Uma cadela da raça chow chow está abandonada no bairro Campo Grande, no Rio de Janeiro. Ela está com a pata fraturada e no cio. Vários cachorros estão cercando-a tentando cruzar com ela. Com pulga, dor e fome, ela está vivendo em situação de rua e precisa ser resgatada com urgência. Mais informações pelo WhatsApp no número 21 985748307.

​Read More
Você é o Repórter

Chow chow que não coube na mudança dos tutores busca um novo lar em SP

Miriam Acras
miriamdesign@uol.com.br

Divulgação

O cãozinho Zak está em busca de adotantes responsáveis em SP. Ele é da raça chow chow e foi deixado em uma clínica veterinária para ser sacrificado porque seus tutores se mudarão ara um apartamento e não poderão levá-lo. Ele possui as características comportamentais da raça e precisa de tutores pacientes e amorosos. Interessados em dar um novo lar para o Zak entrem em contato com a Carolina através do telefone (WhatsApp): 11 – 97584-3432.

​Read More
Notícias

Cachorro é condenado a 9 meses de prisão por morder policial

Um cachorro foi condenado a ficar 9 meses preso em uma jaula por ter mordido um policial. O caso, que revela uma decisão arbitrária e polêmica, aconteceu em Northamptonshire, no Reino Unido.

(Foto: Reprodução / Facebook / Jornal I)

Os tutores do cachorro, que é da raça chow-chow, consideram a decisão de prender o cão “insensível”, uma vez que se trata apenas de um cão, que é irracional e age por instinto. David e Susan Hayes contrataram uma equipe de advogados para defender o cachorro, chamado Bungle. As informações são do portal Jornal I.

Além da briga na Justiça em prol da soltura do cachorro, foi também criada uma página nas redes sociais denominada “Libertem o Bungle” e uma petição online, que já conta com mais de 5 mil assinaturas.

​Read More
Notícias

Cadela é salva após passar 7 dias perdida em parque ecológico no Ceará

O Corpo de Bombeiros do Ceará resgatou uma cadela da raça chow-chow que estava perdida há uma semana na mata do Parque do Cocó, maior área verde de Fortaleza, no Ceará.

(Foto: Arquivo Pessoal)

O registro em vídeo do resgate mostra a tutora do animal, Thicianny Castelo, emocionada ao reencontrar a cachorra, que atende pelo nome de Ronda. Desde o dia 30 de julho, quando Ronda saiu de casa ao ver o portão aberto, Thicianny ofereceu recompensa pela cachorra, em posts que chegaram a mais de mil compartilhamentos nas redes sociais.

A relações públicas do Corpo de Bombeiros, capitã Juliany Freire, contou que desde que a equipe foi acionada, passou a estudar uma maneira de fazer a busca.

Por informações de outras pessoas que viram Ronda pouco depois da fuga, a cachorra entrou na área de mata do parque. Os agentes conseguiram delimitar uma área, mesmo com acesso difícil. “Quando conseguiram localizar, ela estava muito assustada, então, corria o risco de entrar ainda mais na mata. Eles fizeram uma espécie de círculo e foram encurralando a Ronda até conseguirem recuperá-la”, informou a capitã Juliany.

A cachorra foi devolvida à tutora após passar por exames veterinários.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Maus-tratos: cão chow chow é encontrado amarrado a uma árvore

Foto: PM/Divulgação

Um cãozinho da raça chow chow foi encontrado em situação de graves maus-tratos amarrado a uma árvore no Morro do Céu, em Florianópolis (SC). Além de ser vítima de abandono, o animal estava com muita fome e sede.

Ele foi resgatado por uma equipe da PM, que o apelidou de Chico. O cachorro teve a guarda entregue a ONG Formiguinha de Luz Amigos dos Animais, sediada em São José, na Região Metropolitana de Floripa.

Segundo Teresinha Correia, voluntária da ONG, os maus-tratos que o animal sofreu podem trazer graves sequelas. “Ele estava com três buracos no pescoço, pode ter sido mordido por um cão maior e ainda com uma severa infecção no ouvido. Temo que venha a perder a audição”, lamentou.

Foto: PM/Divulgação

Ela conta ainda que Chico sofre com fortes dores no ouvido. “Ele chegou louco de fome, sede e com dores. Nós o alimentamos, hidratamos e o medicamos, mas tivemos dificuldade em buscar atendimento médico, porque era feriado. Nesta segunda-feira, Chico será avaliado por um profissional”, contou em entrevista ao portal G1.

O cachorro tem aproximadamente um ano de vida e após reabilitação será disponibilizado para adoção responsável. A Formiguinha de Luz não recebe ajuda do poder público e sobrevive graças a doações realizadas por benfeitores. Para colaborar com a recuperação do Chico, entre em contato com a organização clicando aqui.

​Read More
Notícias

Tutora procura cadela da raça chow chow em SP

Vilma
vilma.henre@gmail.com

A tutora de Dora está a procura dela em São Paulo. Ela foi vista pela última vez na região da Vila Leopoldina. É uma cadela da raça chow chow.

Informações sobre o paradeiro de Dora devem ser repassadas por meio do telefone 11 3832-0520.

​Read More
Você é o Repórter

Procura-se chow-chow desaparecido no São Mateus, em SP

Teresa
cristela@uol.com.br

Esta chow-chow bege da foto sumiu aos arredores do Parque Boa Esperança em São Mateus(SP) no dia 10 de julho. Sua tutora está desesperada a procura da sua fiel companheira.

Se alguém souber o paradeiro desta cachorrinha, entre em contato com a Patricia através do telefone: (11)94903-1451 ou através do e-mail: patricia_fresneda@yahoo.com.br

​Read More
Notícias

Mulher é detida por deixar cão preso em porta-malas de veículo

Um cão, da raça chow-chow, foi salvo após ter sido abandonado no porta-malas de um carro na região central de Juiz de Fora, em Minas Gerais.

Filhote de cão da raça chow-chow
Cão da raça chow-chow foi abandonado pela tutora em porta-malas de carro (Imagem Ilustrativa / Pinterest)

A Polícia recebeu denúncias de que havia um cachorro filhote chorando dentro de um veículo. Ao chegarem no local, o Corpo de Bombeiros já estava tentando fazer o resgate do cão.

Quando os bombeiros e policiais conseguiram abrir o porta-malas, a tutora e dona do veículo chegou e retirou o cãozinho que estava dentro de uma caixa de transporte.

A mulher foi levada para prestar esclarecimento na delegacia, onde será ouvida e liberada para responder pelo crime em liberdade.

De acordo com a delegada Mascotte, o animal vai receber um lar temporário até a conclusão do processo.

​Read More