Home [Destaque N2], Notícias

Lufthansa anuncia que não transportará cães e gatos para laboratórios

Por Raquel Soldera (da Redação)

Na semana passada, a organização em defesa dos animais PETA (Pessoas pelo Tratamento Ético aos Animais), obteve provas fotográficas de pelo menos 50 cães da raça beagle confinados em gaiolas, em um avião da companhia aérea Lufthansa, com destino ao Laboratório Charles River, na Escócia (leia notícia publicada na ANDA aqui).


Beagles em gaiolas para serem transportados (Foto: PETA)


Após a denúncia, a companhia aérea anunciou uma nova política proibindo o transporte de cães e gatos para laboratórios.

É um grande primeiro passo e uma vitória importante para os cães e gatos. Mas todos os animais sofrem nos laboratórios. Então esperamos que a companhia aérea Lufthansa estenda a sua nova política para proibir o transporte de animais com destino a laboratórios para todas espécies.

A companhia aérea Lufthansa contribui para o sofrimento desses animais ao transportá-los para laboratórios, que são enviados em condições terríveis a uma série de torturas, as quais certamente os levarão à morte.

Você pode participar enviando uma carta sugerida pelo PETA ao vice-presidente da Lufthansa, Jens Bischof, pedindo que a companhia amplie a sua política proibindo o transporte de qualquer espécie de animais para uso em laboratórios. Para participar, clique aqui (em inglês).

Com informações de PETA

​Read More