Notícias

Protetores de animais denunciam maus-tratos em casos de pombas forçadas a usar chapéus

Os chapéus colocados nas pombas são prejudiciais para esses animais e podem, inclusive, levá-los à morte


A prática de colocar chapéus em pombas têm sido denunciada por protetores de animais como maus-tratos. Os adereços podem, inclusive, colocar a vida desses animais em risco.

Reprodução/Facebook

Recentemente, uma pomba foi vista com um sombreiro – chapéu mexicano – em miniatura na cabeça na cidade de Reno, nos Estados Unidos.

Comovida com o caso, a administradora Sabra Newby fotografou o animal e fez um alerta nas redes sociais. As informações são do portal Folha Vitória.

“Apesar de estranho ou engraçado, esse ato é desumano. Alguns pássaros sofreram exatamente a mesma coisa no ano passado, em Las Vegas. Um deles morreu recentemente”, disse Sabra em um comunicado enviado para a KOLO-TV.

Três pombas foram encontradas com chapéus em Las Vegas em dezembro de 2019. Duas foram resgatadas pela Lofty Hopes, mas uma morreu em 12 de janeiro. A ONG afirmou que, embora a causa da morte seja desconhecida, o chapéu pode ter contribuído para isso, já que pode levar a ave a ter dificuldades de alimentação e danos respiratórios causados pela inalação de gases expelidos pela cola que prende o chapéu à cabeça do animal.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Morrissey pede à rainha da Inglaterra que a guarda deixe de usar peles animais

Por Lilian Regato Garrafa  (da Redação)

(Foto: Reprodução/NME)

O cantor Morrissey escreveu uma carta para o jornal The Times pedindo à rainha que a guarda do exército britânico deixe de usar peles de animais em seus chapéus.

A carta do ex-vocalista do Smiths foi publicada no jornal de 2 de agosto. Nela, Morrissey escreveu que a responsabilidade pelo traje é da rainha.

“É difícil não olhar para a própria rainha – afinal, eles são os seus guardas, e ela certamente deve estar ciente do horrível processo utilizado para suprir com pele de urso os chapéus de seus guardas”, escreveu ele. E acrescentou: “A mera visão de cada chapéu de pele de urso deve certamente atingir o coração da rainha”.

Morrissey mostrou seu apoio à política conservadora  Anne Widdecombe, que também escreveu sobre o assunto no jornal em 30 de julho, e elogiou a filha de Paul McCartney, Stella, pela criação de chapéus de pele sintética.

Ele escreveu: “Sim, direitos dos animais movem pessoas diferentes de formas diferentes, e há ainda aquelas que pensam que os animais simplesmente não têm direitos. Mas não existe razão para propositadamente impedir a vida do urso-pardo do Canadá especialmente para os chapéus da guarda – isso é um absurdo, pois eles podem ser facilmente substituídos por versões artificiais (graças à visionária Stella McCartney), sem envolver mortes. ”

O cantor terminou sua carta dizendo que guardas que usam peles de animais refletem “o que há de mais baixo no espírito humano”.

​Read More
Home [Destaque N2], Notícias

Homem é preso por esfolar porquinho da Índia nos Estados Unidos

Por Giovanna Chinelatto (da Redação)

Um homem de Virginia, nos Estados Unidos, está enfrentando acusações de crueldade com animais por ter esfolado um porquinho da Índia e usado sua pele como ornamento na cabeça.

O oficial de controle animal, Gerald L. Cubbage, disse que Charles Woodson, 40, da Front Royal comprou o animalzinho num pet shop em fevereiro. Posteriormente, os vizinhos viram-no usando sua pele na cabeça.


Charles Woodson (Foto: NV Daily)


A deputada Laura L. Gomez, responsável pelo controle de animais do condado de Warren, disse que a polícia apreendeu uma pele de porquinho da Índia na casa de Woodson. Eles também têm uma fotografia de Woodson usando a pele do animal na cabeça.

Woodson pode ser condenado à até um ano de prisão e multa de US$ 2.500. Uma audiência está marcada para dia 23 de Março.

Com informações de The Washigton Post

​Read More
Notícias

Político israelense rejeita projeto de lei que proíbe importação de pele de animais

Por Karina Ramos (da Redação)

O shtreimel, ou chapéu de pele tradicional, usado por alguns judeus ortodoxos (haredim) pertencentes a movimentos originários da Galícia, Hungria e Romênia, pode ter se tornado um item difícil de obter.

Os legisladores haredim atacaram agressivamente uma lei proposta por Ronit Tirosh (do partido israelense de centro, Kadima) e apoiada por ativistas dos direitos animais. Esta lei proibiria a importação de peles de animais da Ásia, inclusive da China.

Os ativistas dizem que os países asiáticos estão sendo desnecessariamente cruéis com os animais.

Entretanto, Menahem Eliezer Moses, do United Torah Judaism (aliança partidária israelense ultraortodoxa), se opôs ao projeto de lei, que entrou em discussão no Comitê Educacional de Knesset (parlamento israelense).

Menahem Elizer Moses, político israelense
Menahem Elizer Moses, político israelense

Menahem argumentou que a legislação proposta iria ferir os haredim que têm o costume de vestir os chapéus de pele no Shabbat e nos feriados.

“Nunca mudaremos nossas vestimentas tradicionais por causa da lei”, disse Menahem em um comunicado à imprensa. “Não há dúvidas de que o Torá proíbe a crueldade contra os animais, mas os shtreimels vêm sendo usados há muitas gerações.”

Haim Amsalem, do Shas (partido de direita) disse que a lei permite causar dor aos animais, desde que seja uma necessidade humana.

Devido à oposição de Menahem e Haim, assim como do Ministério da Agricultura (por motivos econômicos, obviamente), a votação do projeto de lei foi adiada.

Fonte: Animal Concerns

Nota da Redação: Segundo a declaração infeliz de Menahem Moses, a crueldade contra os animais é permitida em caso de “necessidade humana”. Isso, por si só, já é um conceito totalmente equivocado, responsável pela maneira desumana com a qual os animais são tratados em nossa sociedade. Além disso, onde está a “necessidade” no ato de usar um chapéu de pele? A tradição por si só não justifica a dor que os animais sentem.

​Read More