Produtos oferecidos no site
Notícias

Maior varejista online da China comercializa 130 produtos feitos com carne de cães

Mais de 130 produtos com carne de cães foram encontrados online pela organização Animals Asia. Isso ocorre apenas algumas semanas depois de a grande rede de supermercados europeus Carrefour ser descoberta vendendo carne de cachorro em suas lojas chinesas.

Produtos oferecidos no site
Foto: Animals Asia

O Taobao proibiu a venda de carne de cachorro e de bile de urso em 2010. Porém, após uma nova investigação da Animals Asia revelou que os itens eram comercializados com um nome diferente que os protocolos automatizados do Taobao eram incapazes de detectar.

A diretora de bem-estar de cães e gatos da organização, Irene Feng, disse ao Daily Mail: “Alguns comerciantes espertos estavam usando nomes falsos em seus produtos. Eles não os colocaram como carne de cachorro, mas “carne perfumada” e “carne de porco moída” em vez disso”.

“Alguns comerciantes o-line ainda colocaram ‘diga não à carne de cachorro’ aos nomes dos seus produtos, mas na realidade estavam vendendo carne de cachorro”, acrescentou.

O Taobao seguiu sua promessa de remover todos os itens do site. Foram retirados 130 itens no total.

Produtos comercializados pelo Carrefour
Produtos comercializados pelo Carrefour/ Foto: Animals Asia

Feng explicou que novas medidas serão adotadas: “Todo vendedor do Taobao possui pontos de crédito. Cada comerciante flagrado vendendo  produtos com carne de cães tiveram 0,2 pontos deduzidos por cada produto”.

“Quando uma loja perde 12 pontos, eles recebem um aviso oficial e restrições são feitas sobre sua capacidade de usar a plataforma. Após 48 pontos, eles são expulsos da plataforma. Como a maioria dos vendedores flagrados vendendo carne de cachorro só comercializa alguns produtos, não acreditamos que essas sanções sejam feitas contra os varejistas”, adicionou.

No último mês, foi descoberto que o supermercado europeu Carrefour vendia dezenas de itens com carne de cachorro em suas prateleiras. Uma petição foi criada pela Animals Asia para retirá-los dos estabelecimentos da rede.

Cães confinados, vítimas do comércio da carne na China
Foto: AP Images

Em 2016, outras duas plataformas de alimentos também proibiram a venda de carne de cachorro, bile e patas de ursos e barbatanas de tubarão.

No mesmo ano, uma das principais plataformas  chinesas de pedidos de alimentos baniu a venda de carne de cachorro, bile e patas de urso, barbatanas de tubarão e uma série de outros produtos derivados de animais selvagens.

Estima-se que o comércio chinês de carne de cachorro seja responsável pelas mortes de 10 milhões de cães anualmente em todo o país. O Taobao afirma em suas diretrizes que a venda de carne de cães e gatos é proibida. Não houve uma declaração do Taobao sobre a descoberta da Animals Asia.

​Read More