A batalha para salvar o único rebanho de caribus na fronteira foi perdida. (Foto: David Moskowitz)
Notícias

Caribus, conhecidos como fantasmas cinzentos, podem não existir mais

Um caribu das montanhas, do rebanho de Selkirk, na fronteira Estados Unidos-Canadá, pode ter sido extinto, já que especialistas dizem que apenas três dos chamados fantasmas cinzentos permanecem vivos. Assume-se, portanto, que a batalha para salvar o único rebanho de caribus na fronteira foi perdida.

A batalha para salvar o único rebanho de caribus na fronteira foi perdida. (Foto: David Moskowitz)
A batalha para salvar o único rebanho de caribus na fronteira foi perdida. (Foto: David Moskowitz)

O rebanho de Selkirk já estava desaparecendo nos últimos anos, e uma pesquisa aérea comprovou o fato de que as montanhas, no norte de Idaho, demonstram diminuições dos caribus, animais agora considerados “funcionalmente extintos”.

Em 2009, o rebanho, o mais austral da América do Norte, tinha aproximadamente 50 animais e estava com um declínio em sua população. Oficiais da vida selvagem no Canadá haviam iniciado um último esforço para proteger os fantasmas cinzentos, mas a causa da extirpação desse rebanho e do declínio de outros no Canadá foi principalmente o desenvolvimento industrial local, segundo especialistas. A informação é do The NY Times.

Um biólogo da vida selvagem da Universidade de Montana, Mark Hebblewhite, afirmou, em entrevista ao The New York Times: “A perda funcional deste rebanho é o legado de décadas de má gestão governamental em toda a escala dos caribus”.

A Colúmbia Britânica, província canadense, “permitiu a extração de madeira, a construção de estradas, a recreação insustentável, o desenvolvimento de petróleo e gás e a mineração de continuar no habitat dos caribus da montanha”, acrescentou Mark. “O desfecho foi muito previsível”.

​Read More