Notícias

Campanha online doa 20 cães filhotes em pouco mais de duas horas

Uma campanha online de adoção promovida pelo LEO Clube Suíça Pernambucana, de Garanhuns (PE), resultou na adoção de 20 filhotes de cães em pouco mais de duas horas. Após um mês da inauguração da organização filantrópica, o projeto começou a ser idealizado.

A campanha colocou filhotes de cachorro para adoção (Foto: Ilustrativa / Divulgação)

“Começamos a trabalhar nos detalhes, sabendo que é uma campanha muito trabalhosa, já que lidamos com seres vivos e precisamos, principalmente, cuidar da saúde deles. A ideia surgiu em uma das nossas reuniões e todo mundo aceitou, já que temos muitos apaixonados por animais no Clube”, contou ao G1 a estudante e secretária do LEO Clube, Milena Barros, de 20 anos.

Uma comissão com os jovens que tem mais afinidade com animais foi formada de imediato. E então a campanha começou a ser desenvolvida. “Escolhemos o meio virtual por ser um ambiente mais fácil para divulgar informações. Ao se interessar por um animal, pedimos informações aos interessados e deixamos o possível tutor informado de toda a documentação necessária para dar lar a um dos filhotes”, explicou.

Todos os animais disponibilizados para adoção, segundo Milena, são resgatados das ruas. Alguns deles vieram do Centro de Controle de Zoonoses da cidade. “A partir disso, colocamos os filhotes em um local que foi cedido por amigos e, todo os dias, membros do Clube iam até lá alimentá-los e realizar a limpeza do local. Todos os animais foram vermifugados e vacinados”, afirmou Milena.

Uma parceria também foi feita com Cícero, um protetor independente que cuida de animais abandonados. Segundo a estudante, o protetor foi escolhido por precisar de ajuda com os animais. “Além de termos tido a permissão dele [Cícero] para conseguir um lar para alguns filhotes, também entramos em ação para tentar arranjar doações de ração para serem repassadas a esse senhor”, disse.

De acordo com Milena, outras edições da campanha serão realizadas em breve. “Esse projeto me deixou extremamente feliz, assim como a muitos outros membros do clube. A sensação de poder fazer alguma coisa pra salvar esses animais é muito gratificante”, completou.

​Read More
Notícias

Cão vítima de abuso sexual morre em Vitória da Conquista (BA)

Por Sophia Portes | Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

Cão não resistiu aos ferimentos e faleceu (Foto: Reprodução / Facebook Débora Almeida)

Morreu nesta quarta-feira (03), o cão Vitório, vítima de abuso sexual em Vitória da Conquista, na Bahia. A informação foi publicada no Facebook da protetora e ativista da causa a animal, Débora Almeida.

“É com muita dor que informo que Vitório acabou de virar uma estrelinha, ele não resistiu a tamanha brutalidade que sofreu por um desgraçado cruel”, lamenta. Ela completa: “Agradeço de coração a todos que ajudaram que oraram por ele e principalmente a Clinica Veterinária Globo Rural que cuidou e fez todo possível até seu último momento de vida”, escreveu.

O cão Vitório, como foi chamado pelos protetores, foi estuprado no dia 23 de abril. Seu estado de saúde era grave devido a procedimentos dolorosos que teve que passar para retirar a pele necrosada e para recolocar os órgãos genitais no lugar. Além disso o animal estava usando uma sonda para conseguir urinar.

Comovidos com o ataque que Vitório havia sofrido, um grupo da população local se uniu para promover uma campanha online para conseguir pagar os tratamentos veterinários.

Voluntários se uniram para ajudar na recuperação do cãozinho (Foto: Mídia Bahia)

 

​Read More
Destaques, Notícias

Ativistas chineses salvam cerca de mil cães da morte

Por Natalia Cesana  (da Redação)

Foto: Wen Ya/GT

Ativistas animais reunidos por uma campanha online resgataram cerca de 1000 cachorros que estavam a caminho da morte, no sudoeste da China, informou o jornal Herald Sun.

Cerca de 200 ativistas pararam três caminhões cheios de cachorros no sábado, depois que um usuário da internet chamado “Mosquito” convocou todos para o resgate numa rede social.

Os cães estavam sendo levados para um matadouro, mas foram libertados depois que os grupos de proteção animal compraram os animais por US$12.200.

Foto: Chuan You/China Daily

A organização Animais da Ásia, sediada em Hong Kong e que ajudou o grupo, disse que alguns cães morreram no caminhão e outros estavam doentes e feridos.

O consumo de carne de cachorro e gato continua sendo um hábito na China, apesar do aumento da popularidade do número de animais domésticos.

No mês passado, o governo do leste da China cancelou um festival depois de protestos na internet.

Há ainda relatos frequentes de que nos últimos anos os cidadãos estão tentando bloquear caminhões que transportam centenas ou mesmo milhares de gatos para os mercados de carne no sul da China, onde esta carne é particularmente popular.arne no sul da China, onde esta carne é particularmente popular.

​Read More