Você é o Repórter

Dois grandes nomes do vegetarianismo no Brasil esclarecem dúvidas em bate-papo em Porto Alegre (RS)

Juliano Zabka
JZABKA@unisinos.br

Tudo o que você queria saber sobre vegetarianismo mas não tinha para quem perguntar

– Vegetarianos ingerem proteína suficiente?
– Como substituir os derivados de animais na dieta?
– Crianças e grávidas podem abdicar da carne?
– E o leite, é mesmo necessário?

Dois grandes nomes do vegetarianismo nacional – Dr. Eric Slywitch* e Marly Winckler** – estarão em Porto Alegre em um bate-papo com você, para tirar todas as suas dúvidas sobre alimentação vegetariana.

Para garantir sua vaga, inscreva-se pelos telefones:
3072-8637
9151-8633

Quando: no próximo sábado, dia 19 de fevereiro
Onde: Café Bonobo (Rua Castro Alves esq. Felipe Camarão – Bom Fim) – Porto Alegre
Horário: 19h30
A entrada é gratuita.

*O Dr Eric Slywitch é médico (formado pela Faculdade de Medicina de Jundiaí); Mestre em Nutrição (pela UNIFESP/EPM); Especialista em Nutrologia (pela ABRAN – Associação Brasileira de Nutrologia); Especialista em Nutrição Parenteral e Enteral (pela SBNPE – Sociedade Brasileira de Nutrição Parenteral e Enteral);
Pós-graduado em Nutrição Clínica (pelo GANEP – Grupo de Apoio de Nutrição Enteral e Parenteral); Docente dos cursos de especialização (pós-graduação lato sensu):
GANEP (Grupo de Apoio de Nutrição Enteral e Parenteral), IPCE (Instituto de Pesquisa, Capacitação e Especialização), Faculdades CBES (Colégio Brasileiro de Estudos Sistêmicos); Coordenador do Departamento de Medicina e Nutrição da SVB (Sociedade Vegetariana Brasileira); Autor dos livros Alimentação Sem Carne e Virei vegetariano. E agora?.

**Marly Winckler é presidente da Sociedade Vegetariana Brasileira

​Read More
Você é o Repórter

Vanguarda Abolicionista repete Sexta-feira Mundial Sem Pele

Márcio
marcio@musicatri.com.br

Na sexta-feira, 27 de novembro, o grupo Vanguarda Abolicionista (VAL), de Porto Alegre, novamente se alinhou a organizações do mundo inteiro na Worldwide Fur Free Friday, a Sexta-feira Mundial Sem Pele. Quase uma centena de ações estavam programadas para a data, conforme a International Anti-Fur Coalition. No Brasil, apenas o Holocausto Animal, que realizou seu já tradicional protesto na Avenida Paulista, em SP, e a Vanguarda Abolicionista, no RS, participaram da ação.

Foto: VAL
Foto: VAL

A VAL enfatizou o uso de couro bovino, produto típico tradicional do Rio Grande do Sul, sem esquecer as peles de raposas, guaxinins, arminhos, martas e demais animais típicos de outros locais. Uma centena de cartazetes foram espalhados pelas ruas, além da panfletagem realizada à noite na Cidade Baixa, bairro boêmio da Capital, com grande movimentação popular. Alguns donos de bares, simpáticos à causa, permitiram que os cartazes fossem afixados no interior dos estabelecimentos. Materiais também foram deixados em livrarias e em muitas caixas de correio.

Foto: VAL
Foto: VAL

A atividade encerrou com confraternização dos ativistas no Café Bonobo, com direito a lanches veganos, colagem de cartazes e discussão sobre as próximas movimentações.

Foto: VAL
Foto: VAL

Para ver como foi a atividade do ano passado, clique em http://vanguardaabolicionista.wordpress.com/2008/11/29/porto-alegre-presente-na-sexta-feira-mundial-sem-peles/.

​Read More