Notícias

Cadela que fazia “maratona” para alimentar filhotes tem fila de adoção

(Foto: Reprodução / TV Tem)
(Foto: Reprodução / TV Tem)

A história da cadela Menina impressionou tanto os moradores de Ariranha (SP) e da região noroeste paulista que tem até uma lista de espera para adotar a cachorrinha ou um dos cinco filhotes dela. Menina ficou conhecida após andar mais de dois quilômetros com a carne na boca para alimentar os filhotes, que ficavam escondidos em um buraco na zona rural da cidade.

Os animais estão atualmente na ONG Amar e segundo a vice-presidente Roseli Gutierrez, que está cuidando dos cachorrinhos, o caso chamou tanto atenção que a lista de espera já tem mais de 10 nomes para adotar os filhotes. “Nós encontramos sete filhotes, mas o bombeiro que ajudou no resgate já quis ficar com um e outro integrante da ONG também quis. Todos já estão adotados, mas se tiver alguma desistência ou se vimos que alguém não está no perfil para adotar, já tem gente na fila de espera”, afirma Roseli.

A voluntária afirma que tem gente até de outras cidades, como Catanduva (SP), cidade a 20 quilômetros de distância, querendo adotá-los. Roseli diz que os animais ainda devem ficar mais uns cinco dias na casa dela para receberem todas as vacinas e outros cuidados antes de serem adotados. Ela diz que o processo de adoção é simples, mas a escolha é rigorosa. “Se a pessoa gostar de animais e a gente vê que ela vai cuidar bem, nós permitimos a adoção. Mas também, depois da adoção, nós fazemos visitas periódicas para saber como está o cuidado com o animal adotado”, diz.

Enquanto todos os filhotes já têm seus futuros lares praticamente definidos, o da Menina ainda é uma incógnita. Além dos filhotes, ela também está recebendo tratamento, como vermífugo e outras vacinas, e até de retirada de pulgas. Por enquanto, a cadela ficará na casa de Roseli, mas ela também deve ser adotada. “Eu já tenho nove animais em casa, adoraria ficar com ela, mas não vou poder. Agora é preciso escolher a pessoa certa para cuidar dela, já que acreditamos que ela tenha sido abandonada”, afirma.

Fonte: G1

​Read More