Destaques, Notícias

Cachorrinha cega e surda luta para sobreviver após ser espancada e abandonada

Lora após consulta no veterinário | Foto: Reprodução

Uma cachorrinha foi encontrada com marcas de espancamento e o corpo coberto por vermes, devido às feridas expostas. Acredita-se que a cachorrinha foi abandonada logo após seu nascimento e passou por inúmeros maus-tratos.

Felizmente, um homem que passava pelo local encontrou a cachorrinha que mal conseguia se mover e a levou para uma clínica veterinária.

No veterinário a cachorrinha foi batizada com o nome de Lora. Ao realizar os exames, foi observado que ela não tinha as patas quebradas, mas que seria necessário muita fisioterapia para que ela voltasse a andar normalmente. Além disso, seus ferimentos deveriam ser cuidados e observados continuamente pela clínica.

O homem que encontrou Lora e a deixou na clínica para cuidados, não poderia adotar a cachorrinha, então o local entrou em contato com uma possível adotante, que se dispôs prontamente a ser a tutora da cadelinha.

Lora recebendo cuidados médicos | Foto: Reprodução

Alguns meses após o resgate de Lora e diversas idas ao veterinário, foi detectado que cachorrinha era cega e também surda. E como se não bastasse todos esses desafios ela também sofria com a perda de olfato, que seria primordial para uma vida mais saudável.

Mas apesar de todos os intemperes, a cachorrinha se mantem firme lutando para sobreviver e viver cada dia mais.

​Read More
Notícias

Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank resgatam cadela abandonada em estrada

Além de resgatar a cadela, que recebeu o nome de Lasanha, o casal de atores também a adotou


Os atores Bruno Gagliasso e Giovanna Ewbank resgataram uma cadela abandonada em uma estrada em Angra dos Reis, no Rio de Janeiro.

Reprodução/Instagram/@brunogagliasso

Na segunda-feira (4), o casal publicou vídeos mostrando a cadela aos seus seguidores. A atitude, além de louvável, incentiva os fãs dos atores a também ajudar animais em situação de rua, já que o casal é formador de opinião.

Nas redes sociais, Giovanna contou que o casal passava de carro pela estrada quando viu a cadela. “Olha o que a gente acabou de encontrar no meio da estrada, voltando de Angra. Olha o tamanhinho dela, é uma menina. Você vai ser muito feliz, Lasanha”, afirmou Giovanna.

“Tá toda cheia de sarna, toda machucada. Ela é muito boazinha. O Bruno parou no meio da estrada, parou o carro, foi pegar ela, estava quase sendo atropelada”, completou.

Reprodução/Instagram/@gio_ewbank

Bruno divulgou ainda imagens da cadela tomando seu primeiro banho. “Tá tomando o primeiro banho, que gostoso, gente. A gente está cuidando dela. Hein, Lasanha, você vai ficar cheirosa. Meu Deus, eu sou bebê. Vai ficar linda”, afirmou o ator.

Todo o sofrimento que a cadela já viveu ficou no passado. Ela, que vivia na rua, já está sendo chamada de filha pelo ator. No Instagram, Bruno publicou uma foto da cadela e revelou que, além de ter resgatado a Lasanha, o casal decidiu adotá-la.

“A Casa Ewbank Gagliasso apresenta sua mais nova e ilustre moradora. Senhoras e senhores, com vocês, nossa amada LASANHA! Encontramos esse bebê perdido na estrada, cheio de machucados e muita sarna. Eu e Gio descemos do carro pra resgatá-la e imediatamente nossos corações foram invadidos por muito amor. Agora ela tem um nome, uma casa e uma família. Nos próximos dias a Lasanha vai receber todo tratamento e carinho pra logo logo brincar com nossos outros bebêzões. Seja muito bem-vinda, Lasanha! Ps: Reparem na linguinha da minha filha!!”, escreveu o ator.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Cadela grávida perde filhotes e supera luto ao adotar um cão órfão

Uma cadela resgatada grávida da rua enfrentou um difícil processo de luto ao perder seus filhotes, que morreram devido a uma infecção generalizada. No entanto, o desfecho da história, que tinha tudo para ser triste, sofreu uma transformação quando um filhote órfão foi apresentado à cadela. O caso aconteceu em Nova York, nos Estados Unidos.

Foto: Reprodução/Halfway There Rescue

O resgate da cadela foi feito por fiscais do Controle de Animais de Nova York, que a levaram até o abrigo da Halfway There Rescue, uma ONG de proteção animal. No local, ela foi colocada em um quarto aconchegante e recebeu bastante comida. No entanto, nem todo o conforto e carinho que teve na entidade foram suficientes diante da dor de perceber que seus filhotes haviam morrido. As informações são do portal We Love Animals.

Sem conseguir lidar com a perda, Daya, como passou a ser chamada, começou a acolher brinquedos e meias como se esses objetos fossem seus filhos. Ao perceberem a gravidade da situação, voluntários do abrigo tiveram a ideia de levar até a cadela um filhote de cachorro órfão, que havia perdido a mãe recentemente.

Foto: Reprodução/Halfway There Rescue

A decisão dos membros da Halfway There Rescue não poderia ter sido mais acertada e Daya adotou Raisin imediatamente. Os dois adoraram a companhia um do outro e formaram um bonito laço de afeto.

Como não queria separá-los, a ONG doou os dois cães para uma mesma família. No entanto, após crescer, Raisin foi levado para outra casa. Daya, porém, soube lidar bem com a separação, provavelmente porque percebeu que Raisin já era adulto.

Atualmente, a cadela vive cercada de amor em uma família que, além de ter tutores que a amam, tem outro cachorro com o qual ela brinca e se diverte diariamente.

Foto: Reprodução/Halfway There Rescue

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

‘Muita crueldade’, diz motorista após adotar cadela abandonada em rodovia

O abandono de uma cadela em uma rodovia do estado de São Paulo emocionou um motorista, que decidiu parar e resgatar o animal. O caso aconteceu em um trevo na Rodovia Brigadeiro Faria Lima (SP-326), em Matão (SP).

“Eu acho que não tem explicação, ela só precisa de carinho e nada mais”, disse ao G1 Osmar Aparecido Fabre, que, após o resgate, acabou adotando a cadela.

Foto: Osmar Aparecido Fabre/Arquivo pessoal

Fabre encontrou o animal na segunda-feira (29), mas o caso só foi divulgado na quarta (31) quando um amigo dele publicou em rede social o vídeo que o motorista fez no momento do resgate. A publicação repercutiu e alcançou mais de 900 mil visualizações e 29 mil compartilhamentos.

O motorista dirigia em direção ao trabalho quando viu uma casinha na margem da rodovia. Ao parar para verificar do que se tratava, encontrou a cadela. “Era recente, não tinha orvalho na casinha. Então deixaram e eu passei bem na hora”, contou.

Fabre foi para o trabalho e, ao chegar na empresa, comentou com seu encarregado sobre o caso. O funcionário se solidarizou com a situação e emprestou um veículo para que a cadela fosse salva.

“Quando eu cheguei ela estava na grama do lado, me viu e entrou na casinha. Ela tremia bastante e em nenhum momento deixou a casinha”, disse.

Após ser adotada, a cadela ganhou o nome de Nina. Ela tem cerca de um ano e agora faz companhia para Neguinha, de 11 anos, que até então era o único animal tutelado por Fabre, que mora em um sítio no qual é caseiro.

“No começo elas não se deram muito bem, deu uma briguinha, mas logo elas se acostumam. Os animais entendem a necessidade do outro mais que a gente”, afirmou.

Nina está se alimentando bem e já se soltou, deixando no passado a timidez que demonstrou durante o resgate. “Eu nunca fiz esse tipo de boa ação, mas eu vi aquilo e achei demais, muita crueldade. Agora eu sinto alívio, fé e vontade de fazer mais ainda por ela”, contou o caseiro, emocionado.

Abandono é crime

Abandonar animal é crime previsto na lei nº 9.605/98, e tem como pena detenção de 3 meses a um ano e multa. Se o animal morrer, a pena pode ser aumentada de um sexto a um terço.

No ano passado, um projeto que aumenta a pena para o crime para até quatro anos foi aprovado pelo Senado, com possibilidade de ser acrescido um terço em caso de morte do animal. O texto tramita atualmente na Câmara dos Deputados.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Cadela abandonada entra em farmácia e mostra pata ferida para pedir ajuda

Uma cadela abandonada entrou em uma farmácia em Istambul, na Turquia, e mostrou uma de suas patas, que estava ferida, para pedir ajuda.

Foto: Reprodução / Instagram

O animal foi recebido no local pela farmacêutica Banu Cengiz. Quando notou a presença da cadela, Banu buscou ração para oferecer para ela. A cadela, no entanto, estendeu sua pata para mostrar o ferimento.

Ao perceber o que estava acontecendo, a farmacêutica cuidou do machucado. “Quando terminei, ela se deitou como se quisesse me agradecer”, afirmou ao portal The Dodo.

Banu adora animais e é tutora de um cachorro adotado. Ela, no entanto, disse não ter condições de ficar com mais um animal, mas reforçou que os ajuda como pode: alimentando-os e buscando lares para eles.

Confira o vídeo:

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uma publicação compartilhada por 🌱💜🐾🌍 (@emmateu) em


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA!


​Read More
Você é o Repórter

Cadela em situação de rua está muito fraca e precisa ser resgatada em Jacarepaguá (RJ)

Rosie Grossmann
rosie_grossmann@yahoo.com

Esta cachorra dog alemão está abandonada nas ruas de Jacarepaguá, no Rio de Janeiro. Ela é preta e está pele e osso, extremamente fraca.

Está na Colônia Juliano Moreira na Taquara, em JacarepaguÁ (RJ), no conjunto de apartamentos do programa “Minha Casa, Minha Vida”.

Quem quiser mais informações sobre o animal e para saber de que maneiras pode ajudar, é só mandar um e-mail para a Rosie rosie_grossmann@yahoo.com.

​Read More
Você é o Repórter

Cadela resgatada da beira de estrada procura um novo lar em MG

Ana Flávia Mourão

anaflaviamourao@hotmail.com

A cadela da foto é a Nina, e precisa urgentemente de um lar. Ela foi abandonada juntamente com seus filhotes na beira de uma estrada rural na cidade de Esmeraldas, em Minas Gerais, onde ficaram expostos ao frio e passaram fome por dias.

Eles foram resgatados e ficaram em lar temporário, e felizmente, em pouco tempo, os filhotes foram adotados, porém Nina, por ser adulta, ainda não encontrou uma família para amá-la.

A pessoa responsável pelo lar temporário mudou-se e a qualquer momento a cadela voltará para as ruas, onde ficará novamente exposta a diversos perigos.

A Nina é uma cadela espetacular, de tamanho médio, é incrivelmente dócil e brincalhona, e, apesar da sua doçura, é uma excelente vigia. É um ótimo animal para quem tem sítio ou casa com quintal.

Interessados em adotá-la devem entrar em contato com Leandro, através do número (31) 98603-7083 ou com Arielle (31) 97339-0389.

​Read More
Você é o Repórter

Cachorrinha tem esperança de encontrar um lar em SP

Maura Estella
mauraestella@yahoo.com.br

Esta linda cachorrinha da foto se chama Panda e está procurando um adotante que possa cuidar dela em São paulo. Panda tem 2 anos, está castrada, vermifugada e vacinada.

Quem tiver interesse em dar um novo lar para ela, entre em contato através do telefone: (11)95650-9629.

​Read More
Você é o Repórter

Cadela grávida precisa de ajuda no São Miguel, em SP

Instituto Anaran
institutoanaran@gmail.com

Esta cadela da foto foi encontrada abandonada em São Miguel Paulista, na Zona Leste de São Paulo. Ela precisa o quanto antes de um lar, pois está grávida e muito triste.

Quem puder resgatar esta pobre cachorrinha, entre em contato através do telefone: (11)98719-9488.

​Read More
Você é o Repórter

Cadela doente é abandonada em São Gonçalo (RJ)

Greici Cattoni
grcattoni@yahoo.com.br

Cadela e outros animais foram encontrados abandonados na cidade de São Gonçalo, no Rio de Janeiro, pela tutora que se mudou. A cadelinha, por estar muito fraca, foi levada para uma clínica veterinária para ter os cuidados adequados. Lá ela tomou soro, vitamina e antibiótico.

Contudo, a protetora que a encontrou não podia ficar com ela, pois tem em sua casa 8 cães e 12 gatos. A cachorrinha ainda está doente, não se levanta e só consegue comer sopinha batida.

Quem puder adotá-la ou ajudar comprando fraldas, entrar em contato através dos telefones: (21)3902-7894 ou (21)98733-9214

 

​Read More
Você é o Repórter

Cadela cega é abandonada no Itaim Paulista, em SP

Ana
anamechetti@gmail.com

Uma cadela cega e idosa foi abandonada em um aterro com entulhos no Itaim Paulista, na zona Leste de São Paulo e precisa de ajuda. Não há informações sobre a causa da cegueira dela, mas existe suspeita de maus-tratos. Ela está debilitada e exala um forte odor. Precisa de resgate e abrigo o quanto antes, pois pode não sobreviver nas ruas. Quem puder ajudar deve entrar em contato com a Patricia através do tel: (11) 946054958.

​Read More
Notícias

Cadela abandonada em estacionamento de loja é resgatada e reaprende a confiar em humanos

Foto: Facebook / Arrow Dog Rescue

Uma cadela abandonada foi resgatada no estacionamento de uma Sam’s Club, em Memphis, nos Estados Unidos. Mary Murphy, responsável por salvar o animal, declarou que encontrou a cadela uivando no estacionamento da loja, ela tentou se aproximar, mas a pobrezinha resistiu. Então, ela decidiu esperar.

De acordo com Mary, a cadela passou nove dias uivando e perscrutando as janelas dos carros, esperando que seu tutor voltasse para buscá-la. Porém, ao invés disso, a voluntária da Arrow Dog Rescue, deparou-se com ela.

Sem conseguir se aproximar o suficiente para tocar na cadela, Mary pegou uma cadeira, um livro e levou o seu cão ao estacionamento, até a pobre cadela sentir-se confortável com ela. Finalmente, após três dias e meio, Mary conseguiu pegá-la.

Foto: Facebook / Arrow Dog Rescue

O amigo de Mary, Jeff, ajudou a transportar a cadela até a casa da mulher, para que ela pudesse passar a noite, e a nomeou Samantha. No dia seguinte, Mary e Samantha levantaram cedinho e foram até o abrigo, onde a cadela recebeu um check-up completo do veterinário.

Membros da Arrow Rescue postaram a história de Samantha na página do Facebook e, antes de perceberem, estavam cheios de pedidos de pessoas que desejavam dar abrigo temporário à cadela e, até mesmo, adotá-la em definitivo. Eles decidiram alocá-la temporariamente no lar de alguém que conheciam, enquanto analisavam potenciais novas famílias.

Foto: Facebook / Arrow Dog Rescue

Poucas semanas após a cadela ter sido abandonada, a Arrow conseguiu um novo lar amoroso e permanente para Samantha, onde ela terá uma vida muito melhor.

É difícil de acreditar que alguém tem a capacidade de simplesmente abandonar um cão em um estacionamento daquela forma. Ainda bem que encontraram Samantha no momento certo.

Fonte: Warmiz

​Read More