Notícias

Vídeo flagra urso entrando no quintal de casa e brincando com bola de futebol

Foto: Scott Willhite
Foto: Scott Willhite

Um urso brincalhão interrompeu seus preparativos para a  temporada de hibernação para brincar com uma bola de futebol em um dia de neve no Colorado, Estados Unidos.

O urso entrou no quintal da casa de Scott Willhite, morador de Boulder, que capturou em vídeo o momento surpreendente.

Ele contou ao site Storyful que estava dentro de casa com os dois filhos quando o animal peludo apareceu no domingo (27).

“Eu estava falando ao telefone quando de repente vi um urso andando pelo quintal”, disse ele.

O vídeo mostra o urso rolando no chão coberto de neve, ao lado do trampolim, agarrado a uma bola de futebol, tentando rasgar o brinquedo.

Pedaços de neve e espuma ficavam presos em seu pelo enquanto os dois meninos, filhos de Willhite, observavam a cena admirados.

Ele disse: “Os meninos adoraram o urso e não conseguiam parar de rir. A bola, no entanto, não se saiu bem”.

Foto: Scott Willhite
Foto: Scott Willhite

Os comentários nas redes sociais, onde o vídeo foi postado, mostraram que os usuários se apaixonaram pelo urso brincalhão.

Uma mulher escreveu: “Todos nós podemos aprender com os animais. Mesmo que eles tenham que lutar muito para coletar alimentos e alimentar suas famílias, eles encontram tempo para ‘viver o momento’, brincar e aproveitar a vida”.

Outro comentário dizia: “Sobrecarga de fofura. O urso mais fofo – de longe, é claro”.

Uma pessoa brincou sobre a bola de futebol destruída: “Acho que há uma criança na casa que vai precisar de uma nova bola de futebol para o Natal”.

Foto: Scott Willhite
Foto: Scott Willhite

O Serviço Nacional de Meteorologia informou que algumas partes de Boulder receberam cerca de 7,5 polegadas de neve no domingo.

No início deste mês, o Colorado viu uma surpreendente explosão de neve depois que as temperaturas caíram dos anos 21 °C para -6 °C em apenas 24 horas.

As estradas ficaram agitadas e as autoridades registraram pelo menos 200 acidentes de carro somente em Denver.

Foto: Scott Willhite
Foto: Scott Willhite

À medida que o tempo fica mais frio, os ursos negros começam a hibernar.

Os Parques de Vida Selvagem do Colorado dizem que os ursos negros são o único tipo de urso encontrado no estado e havia até 20 mil ursos em 2016.

Os ursos entrarão em hibernação por volta de novembro e normalmente não aparecem até meados de março.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Filhote de elefante brinca com bola improvisada em reserva africana

Foto: Kruger Sightings
Foto: Kruger Sightings

As imagens flagram o momento adorável em que um bebê elefante pratica suas habilidades no futebol usando um pedaço de esterco em forma de bola.

O filhote gira e chuta a bola improvisada com os pés enquanto se diverte na Reserva de Sabi Sand, na África do Sul.

Ele até domina a bola perfeitamente antes de virar bruscamente e chutar o brinquedo fazendo um “drible”.

Dando uma longa corrida, o bebê corre em direção a bola e a chuta com a perna da frente – mandando-a para longe, uma distância em torno de um metro.

Isso parece incomodá-lo, enquanto ele vira a tromba e lança a perna direita da frente na direção da bola.

O jovem paquiderme foi avistado por Dylan Royal, um guia do Kamp de Beyond Kirman, enquanto ele dirigia seu jipe em 30 de setembro.

Ele disse que havia deixado o acampamento de manhã cedo para procurar um leopardo perdido, mas, em vez disso, deu de cara com o pequeno rebanho de elefantes.

Royal disse: “Paramos para observá-los por um tempo e não demorou muito para que o menor deles saísse do mato, entrando na estrada após sua bola de futebol feita de esterco de elefante ter rolado por ali.

Foto: Kruger Sightings
Foto: Kruger Sightings

“Parecia que ele estava nisso desde antes de chegarmos lá, porque estava tão concentrado em sua bola de estrume que nem percebeu que tinha companhia”.

“Ele parecia tão impressionado com suas próprias habilidades que até chutou e rolou a bola usando estratégias diferentes e as quatro pernas na brincadeira”.

Royal disse que os elefantes jovens costumam ser divertidos de se observar porque se envolvem em todo tipo de coisas interessantes.

Mas ele confessou também que o bebê elefante era “certamente uma das coisas mais fofas e engraçadas que já tinha visto ou ouvido falar”.

Ele continuou: “Assistimos e apreciamos a cena por mais algum tempo e então parei de filmar”.

Foto: Kruger Sightings
Foto: Kruger Sightings

“Foi como se o filhote percebesse que eu não estava mais filmando porque perdeu o interesse na bola de esterco e o rebanho caminhou um pouco mais para dentro do mato”.

Ele acrescentou: “Quando perdemos a visão da maior parte do rebanho, decidimos seguir em frente. Enquanto passávamos pela bola abandonada, o pequenino veio correndo e bramindo em nossa direção, chutando areia e fazendo um pouco de birra, até deixarmos a área e seu brinquedo em paz”.

Elefantes são animais selvagens e não devem ser incomodados, para observá-los sem perturbá-los assista de longe e não interfira com o cotidiano ou a interação entre os animais. Toda forma de vida merece respeito.

Foto: Kruger Sightings
Foto: Kruger Sightings

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Pombos são rolados como bolas de boliche em concurso no Canadá

Crianças e adultos participam da competição que acontece anualmente em uma feira no Canadá, as aves são jogadas e rolam pelo chão perdendo equilíbrio e caindo na maioria das vezes


 

Foto: Faceebook/Reprodução
Foto: Faceebook/Reprodução

Um vídeo que foi compartilhado nas redes sociais mostra um concurso onde pombos são usados como bolas, causou revolta entre os usuários da internet. O evento é chamado de “pigeon rolling” e acontece anualmente no Canadá.

Os participantes da Harrow Fair (Feira de Harrow), que ocorre na província canadense de Ontário, são convidados a colocar um pombo no chão, a pessoa que jogar o pássaro mais longe é declarada a vencedora.

O jogo é semelhante a um outro chamado de “lawns bowls”, onde o objetivo é “rolar” bolas previamente selecionadas para que elas parem o mais perto possível perto de uma outra bola menor, só que no jogo filmado, são usadas criaturas vivas no lugar de bolas.

Ativistas pelos direitos animais saíram em defesa das aves depois que as imagens do evento foram compartilhadas no Facebook.

“Eu achei aquilo absolutamente horrível”, disse Jo Blum, responsável pela gravação do vídeo. “Desrespeito flagrante e crueldade contra os animais”.

Ela disse à rede CBC do Canadá: “Entendo que é uma tradição local e que é uma atração que traz pessoas à Harrow Fair. No entanto, as tradições estão desatualizadas – e esta é absolutamente cruel”.

Os organizadores defenderam o concurso dizendo que os pássaros eram uma “espécie única” que evoluiu para “rolar” em vez de voar – e a competição estava apenas mostrando o que eles “faziam naturalmente”.

Blum, que é natural de Windsor, na Inglaterra, disse que os participantes “estavam recolhendo o braço para poder jogar o pombo com toda força”.

Ela acrescentou: “Se você prestar atenção ao meu vídeo, pode ver que eles estão usando força para rolar os pombos o máximo possível. Não é quem tem o melhor pássaro que rola mais longe; é aquele que é capaz de jogar o pombo o mais longe possível”.

“Esses pássaros definitivamente não nasceram para serem rolados como bolas e jogados por crianças.”

Apesar dos protestos, os organizadores da feira, que acontece há 155 anos, não mostraram arrependimento segundo o Independent.

A secretária Peggy Anger disse: “O pássaro pousa e faz sua queda natural. O próprio pombo se equilibra sozinho. Eles não são maltratados. Eles não são empurrados, simplesmente são colocados no chão. Essas acusações estão fora do contexto, o que acontece com frequência e certamente não é justo de ser dito. Nossos animais são bem cuidados. Nossos animais são alimentados. Em nenhum momento eles correm o risco de serem prejudicados”.

Infelizmente a visão de Anger apenas demonstra a naturalidade com que os abusos praticados contra os animais são encarados por aqueles que os praticam, como se fosse normal usar pássaros como bolas, desde que bem alimentados e cuidados anteriormente.

A representante da feira disse ainda seria tomada uma decisão em relação a continuidade dos concursos no próximo ano, mas que as críticas foram “um tapa na cara de todas as pessoas que gastaram inúmeras horas para reunir a comunidade”.

Para estes pássaros infelizmente, a agressão foi bem maior que uma crítica virtual, empurrados, rolados e explorados como se fossem bolas, as aves são obrigadas a se submeter aos maus-tratos para entretenimento humano.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Vídeo flagra rato sendo chutado a quase 10 metros de altura por operários da construção civil

Foto: Kennedy News and Media
Foto: Kennedy News and Media

Dois funcionários da construção civil foram filmados chutando violentamente um rato vivo a 30 pés de altura como se o animal fosse uma bola de futebol.

Defensores dos direitos animais pediram que os homens, que “deram um exemplo de desrespeito total à vida”, sejam processados.

O vídeo chocante mostra o rato assustado correndo para debaixo de uma pilha de escombros em um canteiro de obras, tentando desesperadamente alcançar a segurança.

Enquanto atravessa a obra em campo aberto, um os operários usando um capacete branco tenta esmagar a criatura sob uma tábua de madeira.

Mas assim que o roedor escapa da “quase-morte”, outro operário dá um pontapé no animal indefeso e o arremessa a uma altura de mais de 30 pés (cerca de 9 metros) pelo ar.
Em seguida, ele encontra um final “violento” ao aterrissar entre pilhas de materiais de construção.

Embora não esteja claro onde as imagens foram feitas, o vídeo foi visualizado on-line mais de 6,1 milhões de vezes.

Os usuários do Twitter retweetaram o vídeo mais de 112 mil vezes, com os espectadores furiosos afirmando que os atos dos operários da obra são “cruéis” e “repugnantes”.

Ativistas pelos direitos animais criticaram as imagens – com a PETA pedindo que as autoridades localizem os dois homens antes que outros animais sejam feridos.

Foto: Kennedy News and Media
Foto: Kennedy News and Media

A PETA alegou que o clipe mostra que os agressores do ratinho “foram violentos ao extremo” e os criticou por “desprezar totalmente a decência” – no entanto, não se sabe ainda onde o clipe foi filmado.

Elisa Allen, diretora da PETA, disse: “Este vídeo mostra um completo desrespeito pela decência, uma total falta de empatia e o tipo de homens que valorizam a crueldade e a violência”.

“Os ratos têm a capacidade de sentir dor e medo, assim como os humanos”.

“As ratas são ótimas mães e são sensíveis e engenhosos em suas vidas”.

Foto: Kennedy News and Media
Foto: Kennedy News and Media

“Eles riem quando estão fazendo cócegas nelas e mostram empatia – algo que os homens neste vídeo claramente carecem – por outros ratos em perigo”.

“Eles merecem nossa proteção, assim como todos os animais, e a PETA pede às autoridades que encontrem o mais rápido possível esses homens insensíveis antes que outros seres sencientes sofram um destino igualmente violento.”

Enquanto isso, milhares de usuários das mídias sociais ficaram horrorizados com a crueldade que os trabalhadores foram capazes de praticar e expressaram seu desgosto nos comentários.

Hilary Littlefield disse: “Isso é nojento. É abuso. Aquele pobre animal. Se você acha isso divertido, há algo muito profundamente errado com você”.

Chris Hirons disse: “Ratos são vermes, eles carregam doenças e eu não os quero em nenhum lugar perto de mim. No entanto, eles são criaturas vivas e carregá-los é desnecessariamente cruel”.

Lerreno disse: “Onde está a piada? Eu literalmente não vejo nada engraçado nisso”.

Viv Harris disse: “Doente. A maneira como uma pessoa trata os animais diz tudo sobre quem ela é”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Vídeo de criança brincando com cão através de uma cerca comove internautas

Um vídeo de uma criança brincando com um cachorro de um vizinho viralizou na internet. O menino, que mora em Minnesota, nos Estados Unidos, joga uma bola para o cão que, do outro lado da cerca de madeira, a devolve para a criança.

(Foto: Reprodução / Facebook / ABC News)

As imagens da brincadeira dos dois foram registradas pelo pai do menino, Erin Richter. Quem inicia a diversão é o cachorro. Quando ele joga a bola de tênis por cima da cerca, o pequeno Landon já sabe que é hora de brincar. As informações são do portal Zoorprendente.

De acordo com Erin, é comum que a dupla brinque quase todas as tardes. Eles fazem isso há mais de um ano. O pai do garoto afirma que a cena é uma das mais doces que já viu.

(Foto: Reprodução / Facebook / ABC News)

A mãe de London foi quem decidiu compartilhar o vídeo nas redes sociais. A repercussão que as imagens tiveram, no entanto, surpreenderam a família.

“Achamos que é muito louco que o vídeo esteja recebendo muita atenção, porque jogamos todos os dias com Dozer. Então, isso é normal. Mas nós amamos que ele esteja fazendo todo mundo sorrir”, disse Erin.

​Read More
Você é o Repórter

Cadela usada como bola de futebol busca adoção em Campinas (SP)

Carolina Marcondes

Uma cadela que tinha as pernas amarradas para ser usada como bola de futebol foi resgatada e, agora, busca um novo lar em Campinas, no interior de São Paulo.

Berenice, como é chamada, já sofreu muito e agora precisa de um tutor responsável, que nunca a abandone ou a maltrate. Ela já foi castrada, vacinada, vermifugada e recebeu acompanhamento veterinário.

Tem aproximadamente 2 anos de idade e é de porte pequeno – pesa 7 kg e não tem nem 40 cm de altura.

Berenice procura uma família que seja paciente e amorosa com ela, já que os maus-tratos que sofreu fez com que ela passasse a ter medo de humanos.

Interessados em mudar a vida da Berenice devem entrar em contato com Carolina pelo telefone 19 9 9899-6617.

​Read More
Home [Destaque N2], Notícias

Chimpanzé resgatado do tráfico de animais usa brinquedo para superar perda de sua família

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Ape Action Africa
Ape Action Africa

Para um chimpanzé chamado Paula, uma pequena bola laranja significava liberdade. Isso porque quando ela foi resgatada por um grupo de professores, no início deste ano, um de seus salvadores lhe deu uma bola de basquete como um brinquedo.

Paula tinha sido comprimida em uma mochila e transportada por seus sequestradores, que estavam tentando vendê-la como um animal doméstico. Ninguém sabe ao certo como ela chegou lá, mas os professores suspeitam que sua família foi morta e Paula ficou órfã ou foi arrancada deles. Mas no dia em que conseguiu a bola laranja, o destino de Paula mudou.

Ape Action Africa
Ape Action Africa

A bola foi entregue a ela para mantê-la ocupada enquanto seus salvadores descobriam onde levá-la. Por algumas semanas, Paula morou na varanda deles.

“Embora passassem algum tempo com ela, havia períodos em que ela ficava sozinha, então lhe deram alguns galhos e a bola para evitar que ficasse entediada”, disse Elissa O’Sullivan, porta-voz da Ape Action Africa.

“O trauma que ela sofreu ao perder sua família e depois ser mantida por homens que queriam vendê-la fez com que a bola se tornasse muito mais para ela do que um brinquedo, era a sua estabilidade em um momento de terrível confusão”, adicionou.

Ape Action Africa
Ape Action Africa

Em maio, Paula foi levada para o Santuário Ape Action Africa’s Mefou em Camarões. “Quando chegou ao santuário, a melhor amiga de Paula era uma bola de basquete – um brinquedo que ela trouxera, que representava a segurança, nunca a deixou “, escreveu a organização.

Paula manteve sua bola perto por cerca de uma semana, “o tempo que levou para ela relaxar, entender que estava segura e aproximar-se de seu cuidador”, disse O’Sullivan.

Logo, o chimpanzé começou a explorar seu novo lar e conhecer novos amigos e começou a deixar a bola laranja para trás. Ela estava finalmente segura e não precisava mais ser lembrada de sua liberdade, porque finalmente se sentia livre.

“[A bola foi] substituída por três chimpanzés que lhe deram um novo sentido de família. O fato de a bola estar completamente esquecida agora é uma marca  do quão longe ela chegou”, disse O’Sullivan ao The Dodo.

​Read More
Notícias

Bezerro nasce com uma "bola" na testa, em RO

Um bezerro nasceu com uma enorme bola na testa, na linha Bandarra, a 5 km de Espigão D’Oeste (RO), na última sexta-feira (2), por deformação genética.

O animal está sendo alimentado por mamadeira, porque seu maxilar é mais comprido e ultrapassa a parte superior, impossibilitando-o de mamar e também, se não houver uma intervenção cirúrgica, no futuro, será impossível alimentar-se sozinho.

Segundo Geisiel Raasch, tutor do bezerro, o animal será levado a um veterinário para corrigir a deformidade, já que corre risco de morte.

Foto: Reprodução/ RV
Foto: Reprodução/ RV
Foto: Reprodução/ RV

Com informações de Rondônia Ao Vivo

​Read More
Destaques, Notícias

Espanhóis inventam alternativa para festa taurina

Por Danielle Bohnen (da Redação)

Mataelpino, município da Comunidade de Madrid, Espanha, encontrou uma forma de substituir a crueldade com animais, celebrando suas festas com o “Boloencierro”.

De acordo com a ONG AnimaNaturalis, a festa, o touro é substituído por uma bola de material sintético de três metros de diâmetro que “corre” atrás das pessoas participantes.

Os moradores de Madrid agora soltam uma esfera de três metros de diâmetro que “corre” atrás das pessoas, ao mais puro estilo de Indiana Jones. Foto: EFE/ AnimaNaturalis

O verão é a época escolhida pelos municípios da Comunidade de Madrid para celebrar a  maioria de suas festas patronais, como e o caso de Mataelpino, que celebra festival em honra a São Bartolomeu.

O “Boloencierro” celebra este ano sua segunda edição e foi ideia de um morador da cidade, de acordo um dos membros da comissão de festas, Juan Manuel.

Entre outras atividades da festa, destaca-se o “chupinazo”, uma festa de espuma, espetáculos de flamenco e danças ao ar livre.

​Read More
Notícias

Quero-quero atingido por bola em jogo de futebol morre de hemorragia interna

O filhote de quero-quero atingido no último sábado por uma bolada durante a partida entre Ponte Preta e Grêmio Prudente, e que estava recebendo tratamento no clube campineiro, morreu nesta terça-feira em decorrência de uma hemorragia interna.

“Ele parecia estar melhor, mas infelizmente acabou morrendo. O veterinário, que já vinha para cá hoje avaliar a ave, constatou que a bolada causou uma hemorragia interna. A ave é muito frágil, ainda mais sendo filhote”, lamenta o administrador do estádio Moisés Lucarelli, Odair Marcucci.

O administrador estava pessoalmente ministrando os remédios indicados pelo veterinário e levando a ave para sua residência para que fosse alimentada e não corresse riscos com predadores à noite, já que o filhote estava com a asa luxada e não conseguia voar nem andar.

O outro filhote, irmão do que morreu e que também sofreu um incidente ao ser “atropelado” durante a partida no Moisés Lucarelli, apenas ficou atordoado no dia e se recuperou plenamente. A ave voltou ao convívio dos pais no gramado do Majestoso, onde agora habitam seis quero-queros.

Árbitro prestou socorro imediato

Árbitro socorre filhote de quero-quero durante o jogo entre Ponte Preta e Prudente, no Moisés Lucarelli. Foto: reprodução UOL

A Ponte Preta informou nesta segunda-feira que recebeu diversos e-mails perguntando pela saúde do quero-quero, que foi socorrido – assim como seu irmão – imediatamente pelo juiz Rodrigo Guarizo Ferreira do Amaral, responsável pela arbitragem do jogo ocorrido no último domingo, no Moisés Lucarelli. A atitude foi seguida de aplausos pela torcida.

Caso recente
No início do mês, a coruja mascote do Junior de Barranquilla acabou morrendo após um chute dado por Luis Moreno, atleta do Deportivo Pereira. O episódio ocorreu durante a partida entre Deportivo Pereira e Junior de Barranquilla, no domingo, pelo Campeonato Colombiano.

A coruja, que vivia no estádio do Junior de Barranquilla e era a mascote do clube, estava no gramado e recebeu uma bolada. Logo em seguida, Luís Moreno chutou a ave, o que provocou a revolta de jogadores, torcedores e organizações de proteção aos animais.

Fonte: UOL

​Read More
Você é o Repórter

Boxer companheiro aguarda nova família em SP


etnogueira@ig.com.br

Esse lindo menino, eu chamo de Ronaldo porque ele adora jogar bola!

Ele é muito tranquilo e se adpata fácil com outros animais, pois tenho mais sete cachorros e seis gatos. Este cão é ideal para crianças, pois é um excelente companheiro! Está em SP.

Contatos no email acima.

​Read More