Notícias

Orca é vista na Praia da Reserva, RJ

Uma orca foi vista, na manhã desta terça-feira (2), na Praia da Reserva, no Recreio dos Bandeirantes, na Zona Oeste do Rio. Ela nadava em direção à Barra da Tijuca, também Zona Oeste.

Ao ver as imagens, o biólogo marinho Marcelo Szpilman, do Instituto Aqualung, disse tratar-se de uma orca e não de uma baleia como publicou originalmente o G1.

Segundo ele, não é habitual o aparecimento dessa espécie em águas brasileiras, mas outras orcas – da mesma família dos golfinhos – já foram vistas anteriormente.

Foto: Reprodução/ O Globo

“Não é muito habitual ver orcas por aqui, provavelmente ela veio numa corrente de água mais fria e como estava passando, veio junto”, explica o especialista.

Ainda segundo o biólogo, o fato de a orca bater com a cauda na água indica que ela está tentando se comunicar com outro animal. Szpilman explica também que não há nenhum registro de ataques de orcas que vivam soltas.

“Não há nenhum registro de ataque de orca a seres humanos na natureza. Os acidentes que ocorreram foram todos em cativeiro”.

De acordo com bombeiros do Grupamento Marítimo (G-Mar) da Barra, o cetáceo podia ser apreciado da areia da praia em seu passeio pela orla carioca.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Concentração de gases de efeito estufa afeta a fauna marinha

O biólogo marinho Jim McClintock, da Universidade do Alabama, em Birmingham, avalia que a concentração de gases de efeito estufa na atmosfera afeta algo mais do que “apenas” a temperatura planetária: transforma, e muito, o fundo dos oceanos.

Jim pesquisa o efeito das mudanças climáticas sobre o fundo do mar há muitos anos. Ele diz que a emissão de gás carbônico na atmosfera está tornando a água dos oceanos mais ácida, fato que coloca em risco a vida de muitas espécies que vivem no fundo do mar, especialmente na região da Antártida.


Fonte: Abril.com


​Read More