Notícias

Senador dos EUA quer matar 100.000 cobras por medo de “ataque”

Por Marcela Couto (da Redação)

O Senador Americano Bill Nelson quer permissão para caçar e matar dezenas de milhares de pythons que estão no parque Everglades, a proposta foi condenada pelos ativistas dos direitos animais.

python

Nelson enviou uma carta na Terça-Feira ao Secretário Interno Ken Salazar, solicitando que alguns representantes e voluntários possam matar quantas cobras conseguirem durante uma caçada organizada.

O pedido do senador surgiu logo após uma garota de dois anos ter sido estrangulada por uma python que era mantida como animal de estimação ilegalmente.

Nelson hospedou Salazar durante uma tour nos Everglades que o secretário realizou no mês passado, e na ocasião contou-lhe sobre o problema da python. Ele acredita que mais de 100.000 cobras desta espécie estejam vivendo no parque e que elas representam um “risco” à população.

Como resposta ao pedido do senador, ativistas do PETA (People for the Ethical Treatment of Animals) sugeriram que Nelson repense e procure proibir que pessoas tirem as cobras da natureza e as deixem confinadas em casa como animais de estimação, ao invés de matá-las em seu habitat.

“Enquanto as pessoas puderem retirar estes animais exóticos da natureza e explorá-los como pets, as cobras continuarão atacando humanos,” declarou o PETA em nota para a FOXnews.com. “As pythons não acabaram na Flórida por escolha própria, e devem ser tratadas com respeito”.

Com informações de Seattlepi.com / Foto por Seattlepi.com

​Read More