Destaques, Notícias

Câmera escondida mostra bezerros machos sendo baleados em fazenda leiteira

As imagens no vídeo acima foram feitas pela Humane Society (HSUS, na sigla em inglês) na fazenda leiteira McArthur na Flórida (EUA). O vídeo mostra um dos métodos cruéis utilizados por fazendas leiteiras para matar bezerros do sexo masculino.

Bezerros de apenas um dia de vida sendo assassinados apenas por não serem fêmeas. Se assim o fossem, estariam condenadas a uma vida de escravidão e exploração onde seriam constantemente inseminadas para produzirem leite, esse leite seria roubado diariamente de forma dolorida e cruel e veriam seus bebês assassinados logo após o nascimento.

Essa é a rotina das fazendas leiteiras, o motor da indústria de derivados do leite, onde milhões de vacas e bezerros, sofrem e morrem diariamente para abastecer o apetite por dinheiro e laticínios do ser humano.

Conforme as cenas mostradas, além dos funcionários da fazenda atirarem na cabeça dos bezerros – muito deles com apenas um dia de vida – os deixam sangrar até a morte em uma vala comum de forma desrespeitosa. O funcionário não faz nenhum esforço especial para que o tiro seja disparado de uma forma que cause uma morte rápida. Ele mal mira de forma displicente e dispara, como se o animal não se tratasse de um ser capaz de sentir, como se o ato de roubar-lhe a vida não fosse um crime. Mas é. Um crime financiado pela humanidade consumidora de leite e derivados diariamente.

O desprezo e a crueldade são tamanhos que cada bezerro recebe apenas uma bala para economizar custos. Caso ela não seja suficiente, o tempo e a agonia serão maiores, mas levarão a um mesmo fim: a morte.

Foto: Humane Society
Foto: Humane Society

Como as vacas só podem produzir leite após dar à luz, as fazendas leiteiras precisam inseminá-las consecutivamente, reproduzindo de forma artificial e acelerada um processo orgânico natural do animal. Como resultado, muitos bezerros nascem. Como os bezerros machos nunca produzirão leite, eles são “inúteis” para a produção de leite. Existem fazendas que deixam os bezerros viverem por alguns meses para abatê-los mais tarde na intenção de comercializar carne de vitelo. Outros nem se incomodam e os matam quando estão com apenas poucos dias de vida.

A única maneira de parar esse assassinato em série provocado pela indústria de laticínios, e ajudar os animais a escapar deste destino miserável e inescrupuloso é adotar o veganismo. Essa atitude compassiva tem diversos impactos: além de ajudar a salvar o planeta e poupar a natureza, trazer inúmeros benefícios para o corpo humano ainda salva os animais de mortes

​Read More