Notícias

Soldados do exército israelense ajudam a proteger animais da caça

Soldados de combate da Brigada Kfir (da Israeli Defense Force) recentemente pegaram três contrabandistas palestinos ilegais caçando para o Eid al-Adha, feriado religioso que corta garganta de animais para relembrar o sacrifício de Abraão. Os suspeitos estão sob custódia e a polícia, em estado de alerta.

Quando soldados de combate do batalhão Shimshin da Brigada Kfir receberam a denúncia de disparo de tiros a leste de Shechem na semana passada, eles estavam certos de que encarariam um ato de terrorismo. Para sua surpresa, quando chegaram à cena, descobriram que tratava-se de um caso de caça ilegal, os suspeitos eram três palestinos.

Como resultado da ação rápida da IDF e a cooperação da Israeli Nature and Parks Authority, os suspeitos foram pegos e presos. “Encontramos um viado morto na traseira do carro, e os três caçadores e suas armas”, disse o capitão David Fadida, comandante da companhia. “Esse é o segundo flagra de caça ilegal nos últimos dois meses e continuaremos a cooperar com a Israeli Nature para proteger os animais da área.”

Os três palestinos adimitiram estar caçando o veado para o feriado de Eid al-Adha e serão julgados por caça e porte ilegal de armas. Os soldados da IDF anunciaram que estarão de prontidão esses dias que se seguem, ja que as matanças se intensificam perto do feriado. “A IDF e a Israeli Civil Administration redobraram suas forças especialmente para combater a caça ilegal e aqueles que ferem a natureza no geral”, disse o inspetor da Israeli Nature em Samaria, Moti Shefi. “Não existe justificativa para essa matança. Estou grato que a IDF nos ajudou a pegar esses criminosos no ato.”

Fonte: IDF

​Read More