Você é o Repórter

Dois cães resgatados em péssimas condições em Pernambuco precisam de ajuda

Marta Dubeux
martadubeux@gmail.com

Este cão pastor alemão foi recolhido esta semana por Liliane. Precisamos fazer alguma coisa por ele, o mais rapidamente possível.

Liliane, a única protetora de animais de Barra da Guabiraba, encontrou há três dias um cão pastor alemão que deve pesar, segundo ela, uns 50 quilos. O animal estava levando uma surra de cabo de vassoura e mal podia andar. Ele está com uma perna traseira que não funciona bem, uma orelha roída e está com os testículos enormes e duros. Um dos testículos tem um buraco. Tiveram que sedá-lo, para poder ser colocado num carro de mão e transportado até a casa dela. Aproveitando a sedação ela colocou remédio de bicheira no testículo, mas acha que não é bicheira. Por causa do peso, colocou os testículos dentro de um saco e amarrou no dorso do cachorro. Mas assim ele passou quase dois dias sem urinar. Ela então retirou o saco e ele está urinando bem.

Liliane aplicou nele uma injeção de Baytil de 5ml ante-ontem e não voltou a aplicar, pois não pode sedá-lo todos os dias. Expliquei que antibiótico tem que ter prosseguimento, não pode ser dose única. Segundo ela, ele deve ter sido um belo animal, que foi descartado por estar velho. Até a cauda está amputada. As primeiras fezes revelaram somente cascas de caracóis. Ou seja, ele estava sobrevivendo abandonado na margem do rio e ali tomava água e comia caracóis. Deve estar cheio de doenças. Quando ele criou coragem, ou já desesperado resolveu se arrastar para perto de casas com gente, foi quando amedrontados,os moradores do local tentavam enxotá-lo com vassouradas. E aí Liliane apareceu e impediu que continuassem a dar nele e começou a tentar levá-lo para casa.

Estou lhes explicando tudo isso, para que entendam o sofrimento que esse animal vem vivendo não sabemos há quanto tempo. E também porque será necessário trazer esse infeliz animal para o Recife, a fim de que seja visto por um veterinário, para que se tenha um diagnóstico sobre qual doenças ele tem e se será necessário operar os testículos. Enfim nenhum animal merece estar passando por semelhante situação. Ele sente dores e chora. Será necessário fazer exames de sangue, talvez uma radiografia, enfim o que for necessário. E começar a tratá-lo, vermifugá-lo etc., a fim de que saia do estado de miséria física em que se encontra, por haver sido abandonado. Mas isso será uma operação de guerra, pois caso ele venha para cirurgia, certamente não poderá vir sedado. Segundo Liliane, ele tem demonstrado ser manso, mas com dor qualquer animal tenta reagir.

Liliane já está apaixonada por ele e gostaria de adotá-lo. Mas isso não será possível, pois os 20 cães dela convivem bem com os 10 gatos com os quais vivem. Mas esse Pastor não está acostumado com gatos e, logo que melhorou, quase comeu um dos gatos. Ele está sendo mantido separado dos animais de Liliane.

Hoje ele vomitou muitos vermes e expeliu muitos outros também pelas fezes.

Quanto ao outro cachorro, de pelagem amarela e branca. ele também apareceu por lá e foi recolhido por Liliane faz alguns meses. Esse vem se alimentando bem, mas está a cada dia mais magro, melhor dizendo, esquelético. Estou querendo examiná-lo também e medicá-lo.

O problema é que não poderei arcar sozinha com esse gasto, cujo montante nem sequer podemos saber ainda. Quanto ao transporte de ida e volta de Barra para o Recife e volta, custa R$ 130,00 a diária. Isso eu pago. Os Drs. Cristiane e Werner Peine, da “Clínica Veterinários sem Fonteiras”, na Madalena sempre fazem preços especiais, para protetores de animais abandonados. O cão amarelo e branco depois de consultado e medicado voltará para Barra com Liliane, mas o Pastor deverá ficar para tratamento e para isso será necessário albergá-lo em algum local. Posteriormente, com o restabelecimento dele será necessário tentar que seja adotado. Caso não apareça ninguem interessado, terei que levá-lo para morar em algum Lar de Cães. Mas essa será uma outra etapa.

Peço a todos uma ajuda para poder pagar o tratamento e melhorar a situação desses animais. Vejam as fotos e pensem quanto não devem pesar e doer esses testículos, que já estão duros, pretos e com um buraco enorme por onde sai pus. É uma situação de emergência. Se cada um puder me mandar R$ 10,00, ou R$ 20,00 ou mais, caso seja possível, eu vou juntando as doações e pagando as despesas. E naturalmente será necessário pagar os medicamentos que forem receitados.

Eu ajudo mensalmente o Lar de Cães de Liliane e também dou uma ajuda a outra instituição de cães abandonados, por isso não posso arcar com toda a despesa que será necessário fazer por esses dois animais. Mas estarei junto deles no veterinário, hospital, e em busca de um local para albergar o Pastor.

Solicito que repassem este email para seus contatos, a fim de que possamos conseguir pagar todas as despesas.

De coração agradeço toda e qualquer ajuda. E irei dando informações sobre a melhora dos animais.

Contato:
Marta Dubeux
Cel. (81) 8894-5582
Email; martadubeux@gmail.com

​Read More