Notícias

Prefeitura de Uberaba (MG) faz licitação para construção de ambulatório animal

Os serviços oferecidos pelo ambulatório serão destinados a animais tutelados por famílias de baixa renda


A Prefeitura de Uberaba (MG) fez uma licitação para contratação de empresa de engenharia para a construção de um ambulatório animal na cidade, com investimento estimado de R$ 626.485,24.

O edital foi publicado no Órgão Oficial do Município no dia 4 de março. A inauguração do ambulatório deve ser feita em setembro.

Foto: Alexandre Milton

Empresas interessadas devem entregar o documentos de habilitação e proposta de preço até 20 de março na sede da Secretaria de Serviços Urbanos e Obras (Sesurb), localizada na Prefeitura, na Avenida Dom Luiz Maria Santana, 141, bairro Santa Maria.

O ambulatório, segundo a prefeitura, contará com procedimentos ambulatoriais e de castração, salas de pré e pós-operatório, leitos de observação, com baias para animais com suspeita de doença contagiosa, e revitalização das baias existentes.

Os serviços serão destinados a animais tutelados por famílias de baixa renda. De acordo com o secretário municipal Iraci Neto, o ambulatório atenderá principalmente animais de pequeno porte, como cães e gatos.

“A previsão é que, com a publicação da licitação para a contratação da empresa responsável pela construção do equipamento, a ordem de serviço seja dada até abril e, com isso, até meados de setembro poderemos inaugurar o primeiro centro ambulatorial voltado aos cuidados básicos dos animais de Uberaba e região”, explicou ao G1 o secretário.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Suzano (SP) passa a oferecer atendimento emergencial gratuito a animais

Exames, cirurgias, internações e outras intervenções serão oferecidas através de duas clínicas veterinárias que firmaram parceria com a prefeitura


A Prefeitura de Suzano (SP), através da Secretaria de Meio Ambiente, passou a oferecer atendimento emergencial gratuito a animais vítimas de acidentes e maus-tratos tutelados por famílias de baixa renda ou mantidos por ONGs, cuidadores e protetores de animais cadastrados na pasta.

Duas clínicas veterinárias parceiras do projeto irão atender os animais. Serão disponibilizados exames, cirurgias, internações e outras intervenções.

Pixabay/Konevi/Imagem Ilustrativa

As famílias de baixa renda precisam comprovar sua condição financeira com o número de identificação social (NIS) e o cadastro único para ter direito ao benefício. As entidades, cuidadores e protetores de animais só terão direito caso estejam credenciados pela secretaria.

O secretário de Meio Ambiente, Edson Gianuzzi, afirmou que o serviço é destinado a casos de emergência, como atropelamentos, envenenamento, espancamento ou qualquer outro tipo de violência.

“Todo o atendimento vai amparar o animal que está em estado de sofrimento, dando suporte para o animal ficar bem”, explicou ao G1 a diretora de Meio Ambiente, Solange Wuo.

Vistorias técnicas são realizadas pela prefeitura para que se verifique o histórico dos protetores de animais. Em caso de ausência de situações de urgência, a pasta disponibiliza visitas dos veterinários para avaliação.

A protetora de animais Edelurdes Bergamini cuida de 30 gatos e 6 cães com o valor de sua aposentadoria. Ela atua na proteção animal de maneira independente há 10 anos. Mensalmente, Edelurdes investe R$ 800 em ração e vê suas despesas aumentarem quando os animais precisam de cuidados médicos.

“Eu estou endividada com o cartão de crédito, principalmente por gastos com veterinário. Nós parcelamos em diversas vezes só para não deixar o animal morrer. Agora, com essa oportunidade de pronto atendimento, ajudará muito quando resgatarmos os animais”, afirmou.

“Eu fico até emocionada, porque eles que me fazem levantar da cama, eles que me motivam, principalmente os que eu preciso socorrer. Eu esqueço de todos os problemas”, completou.

Para requerer o benefício, os interessados que se enquadram nos requisitos determinados pela prefeitura devem procurar o setor de bem-estar animal através do telefone (11) 4745-2055 ou comparecer no Centro Unificado de Serviços (Centrus), localizado na Avenida Paulo Portela, 210, centro de Suzano.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Prefeitura amplia atendimento veterinário gratuito em Santos (SP)

Para ampliar o serviço, a administração municipal inaugurou a terceira unidade de saúde animal do município


A Prefeitura de Santos, no litoral de São Paulo, ampliou a capacidade de atendimento veterinário gratuito para famílias de baixa renda da cidade, em atendimento a um requerimento do vereador Antonio Carlos Banha Joaquim (MDB).

Reprodução/Diário do Litoral

Para ampliar o serviço, a administração municipal inaugurou a terceira unidade de saúde animal no Jardim Botânico Chico Mendes, no bairro Bom Retiro.

“Muitos animais acabam sendo abandonados ou morrem por falta de atendimento adequado por causa do alto custo, por isso a importância de o município oferecer serviços de internação, exames e cirurgias gratuitamente à população mais carente, que não tem recursos para socorrer o seu animal”, afirmou o parlamentar ao Diário do Litoral.

A expectativa é de que a nova unidade faça de 800 a mil atendimentos e 500 castrações por mês. O local funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 16h, na Rua Amadeo Barbielini s/nº.

O serviço é destinado prioritariamente para animais tutelados por famílias de baixa renda da região onde a unidade está localizada e dos morros, que já estejam castrados, com exceção de emergências. Animais não castrados devem ter a cirurgia agendada por seus tutores na unidade.

O local tem capacidade para realizar 12 consultas diárias, além de retornos e emergências. A unidade conta com sala para fluidoterapia, dois consultórios, quatro banheiros (dois com acessibilidade), copa, área administrativa e recepção, além da unidade cirúrgica móvel em um trailer para cirurgias agendadas e emergências.

O edifício, antes usado como depósito pela Coordenadoria de Paisagismo, foi reformado com recursos de uma verba parlamentar do deputado estadual Caio França. O trailer para realização de cirurgias foi adquirido por meio de uma emenda do deputado federal Ricardo Izar.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Belo Horizonte ganhará primeiro hospital público veterinário de Minas Gerais

O hospital oferecerá consultas, cirurgias de pequeno porte, castrações e exames laboratoriais


O primeiro hospital público veterinário de Minas Gerais, destinado a famílias de baixa renda, será inaugurado em outubro na cidade de Belo Horizonte.

Foto: Pixabay

“Ofereceremos consultas, cirurgias de pequeno porte, castrações e exames laboratoriais a animais de cidadãos que não possuam condições de arcarem, financeiramente, com os mesmos procedimentos”, explicou ao portal O Tempo o deputado estadual Osvaldo Lopes (PSD-MG), que idealizou a clínica AMA (Amigos da Medicina Animal), como é chamada.

O local funcionará de segunda a sexta-feira e os atendimentos serão feitos mediante entrega de senhas. Inicialmente, serão distribuídas 20 senhas diárias. A clínica está situada em um prédio cedido pela prefeitura, no bairro Madre Gertrudes.

“É um imóvel que estava abandonado desde 2009 e, dentro daquela simplicidade de fazer funcionar, nós vamos entregar o prédio reformado. São coisas simples, em que se gasta pouco, e que a cidade tem um ganho, um custo-benefício muito bom”, afirmou o prefeito Alexandre Kalil (PSD).

Equipamentos e insumos necessários foram comprados por meio de emenda parlamentar. No local, trabalharão médicos veterinários e funcionários vinculados à parceria entre a Associação Nacional de Clínicos Veterinários de Pequenos Animais (Anclivepa), o Conselho Regional de Medicina Veterinária e a Universidade Newton Paiva.

A clínica AMA funcionará na rua Pedro Bizoto, 230, no bairro Madre Gertrudes.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Programa gratuito de castração deve iniciar dentro de um mês, em Três Lagoas (MS)

32
Divulgação

O Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) de Três Lagoas (MS) deve iniciar a castração gratuita de animais domésticos em cerca de um mês, afirmou o veterinário e coordenador do CCZ, Cristóvão Tabox Bazan. “Só estamos esperando os materiais chegarem para iniciarmos os procedimentos”, explicou Cristóvão.

O coordenador contou ainda que na tarde desta segunda-feira (29), terá uma reunião com a prefeita Márcia Moura, para definir questões finais relacionadas à castração no CCZ. De acordo com o veterinário, o requisito para participar do processo é ser de baixa renda.

A medida foi tomada após o Ministério Público do Estado (MP/MS) impor a implantação a prefeitura para controlar a reprodução de cães e gatos, mas Cristóvão afirma que já era uma vontade dele e da prefeita implantar o programa no município.

A castração
De acordo com o portal de defesa dos direitos animais Gato Verde, a cirurgia de castração é sinônimo de saúde e bem estar para cães e gatos, fêmeas e/ou machos. A medida evita doenças, preveni tumores, facilita o convívio com outros animais e é o único meio efetivo de controle populacional.

Fonte: Hoje Mais

​Read More
Notícias

Castração gratuita é realizada no bairro Geada, em Limeira (SP)

Foto: JB Anthero
Foto: JB Anthero

O Departamento de Proteção e Bem-Estar Animal realiza o Programa Municipal de Castração e Identificação Animal, que é direcionado a animais domésticos residenciais. O critério adotado engloba os animais de famílias vinculadas a algum programa de apoio social do governo, como Bolsa Família ou Minha Casa Minha Vida. Outro critério é renda baixa comprovada ou casos isolados indicados pelo Ceprosom.

De acordo com a diretora do departamento, Giuliana Quitério Buzolin, atualmente, o projeto piloto é desenvolvido no bairro Geada, cujos animais pertencem às famílias contempladas pelo Minha Casa Minha Vida. “No total, 110 animais serão castrados. Antes de iniciar, fizemos um cadastro no bairro e a castração já iniciou”, diz.

Em um dos atendimentos, três gatos passaram pelo procedimento. O médico veterinário Gian Stefani Pacola explica que o animal deve estar em jejum para ser sedado e realizar a castração, que é rápida. Neste caso, havia duas fêmeas e um macho.

Fonte: Gazeta de Limeira

​Read More
Notícias

Centro de Bem Estar Animal atende tutores de baixa renda em Joinville

O Centro de Bem Estar Animal (Cebea) foi criado com a finalidade de dar suporte e resgate aos animais domésticos vítimas de maus-tratos, como cães, gatos, eqüinos.

Após receberem os cuidados, os animais também podem ser adotados.

Serviços de microchipagem e castração também são realizados no local, destinados para tutores de baixa renda.

Para efetuar uma denúncia, o cidadão deve entrar em contato através da ouvidoria da prefeitura, no telefone 156.

O Cebea é administrado pela Fundema.

Fonte: Diário Catarinense

​Read More
Notícias

Sete mil cães serão castrados em Juiz de Fora (MG)

O anúncio foi feito na segunda-feira (26) pelo prefeito Custódio Mattos (Foto: Reprodução)

Novecentos mil reais devem ser investidos em um programa de esterilização de cães pela Prefeitura de Juiz de Fora (MG). A previsão é castrar sete mil cachorros, preferencialmente fêmeas, em dois anos. Os animais ainda terão microchips implantados, para monitoramento da população canina. O anúncio foi feito na segunda-feira (26) pelo prefeito Custódio Mattos. Serão priorizados animais sob a guarda de famílias de baixa renda – sem condições de implementar controle sanitário e reprodutivo desses animais – e de organizações não governamentais (ONGs). Estudo realizado pelo Departamento de Vigilância Epidemiológica e Ambiental da Secretaria de Saúde apontou que mais de 10% dos 69 mil cães existentes em Juiz de Fora encontram-se em situação de abandono.

Clínicas inscritas no Conselho Regional de Medicina Veterinária serão credenciadas ainda este mês para a realização do procedimento cirúrgico, pelo qual será paga a quantia de R$ 95. O cadastro de tutores de animais também já pode ser feito pelo Disque Castração (199) ou pelo e-mail castracao@pjf.mg.gov.br. O tutor será informado sobre o local e a data da esterilização, quando contemplado. Também nesta semana será lançado edital de licitação para a compra dos microchips. O objetivo das medidas é diminuir a disseminação de zoonoses e o número de acidentes provocados por cães, além de reduzir os gastos públicos com o atendimento à população canina.

A secretária de Saúde, Maria Helena Leal Castro, destacou que é preciso “carinho e proteção, mas, também, controle” em relação aos cachorros. “Não dá para deixarmos esses cães irem se reproduzindo e trazendo custo excessivo para a população. Essa política trará retorno positivo para todos nós, sem infringir os direitos dos animais.” De acordo com Custódio, o gasto com a manutenção de dois cachorros no canil municipal é equivalente ao de uma criança em creche pública em tempo integral. “Precisamos colaborar para que os expressivos recursos investidos tenham eficácia. O intuito é conciliar o crescimento desordenado da população canina com a prestação de tratamento digno a esses animais.”

Após o início das cirurgias de esterilização, previsto para o próximo mês, serão lançadas campanhas educativas para adoção e promoção da guarda responsável de cães, em parceria com as ONGs de proteção dos direitos dos animais. Representando essas organizações, Antônio José Vieira destacou que a batalha pelo controle populacional canino já dura anos. “A gente espera que, em um prazo relativamente curto, já possamos ter um resultado expressivo, diminuindo a quantidade de animais nas ruas. Apesar de todo o trabalho que as ONGs fazem no sentido de recolher e socorrer esses cachorros, não temos capacidade ou recursos para trabalharmos sozinhos.”

Fonte: Tribuna de Minas

​Read More
Notícias

Projeto de castração comunitária de animais terá participação de estudantes de Medicina Veterinária

Reunião que traçou metas do projeto (Foto: Divulgação)

Controlar a população de cães e gatos da região de Umuarama, no PR, fornecer cuidados clínicos, avaliar o estado de saúde dos animais. São estes os objetivos de um projeto de extensão do curso de Medicina Veterinária da Universidade Paranaense, Campus Umuarama. Coordenado pelo professor Salviano Belettini, o projeto para os procedimentos terá o suporte dos laboratórios e clínicas do Hospital Veterinário da Unipar.

Destinado à população de baixa renda, não terá custo às famílias tutoras dos animais. “Esperamos realizar cerca de 80 a 150 castrações até o fim deste ano”, informa a coordenadora do curso, professora Tatiane Camacho Mendes. A ação terá abrangência regional.

A coordenadora conta que recebeu a visita do secretário Municipal de Agricultura de Cruzeiro do Oeste, Benedito Antonio Alves Neto, que propôs parceria. Com a ONG ‘Arca de Nóe’, quer que o município seja beneficiado com o projeto.

A coordenadora, Neto, a presidente da ONG, Ângela Almeida, e a secretária, Terezinha Camargo, foram recebidos em reunião pelo diretor do Campus, professor Nílvio Ourives dos Santos, e o diretor de Extensão Universitária, Adriano Martins. O objetivo foi traçar estratégias, metas e os caminhos do projeto (em 8/6).

Na reunião, também ficou decidido qual seria a participação de ambas as partes, para o projeto abranger também o município de Cruzeiro do Oeste.

Participação dos alunos

O projeto se divide em duas etapas durante o ano. Na primeira etapa, é direcionado aos estudantes da 5ª série de Medicina Veterinária, que após o primeiro semestre dedicam seu tempo aos estágios. Porém, abrange alguns alunos da 4ª série. Cerca de 50 estudantes se envolvem no projeto neste período. Na segunda etapa, o projeto é aberto para a 4ª série que aprende sobre o processo cirúrgico. Estudantes da 3ª série também podem participar.

Fonte: Unipar

​Read More
Você é o Repórter

CCZ de Campinas será obrigado a oferecer atendimento veterinário gratuito aos animais da população carente

Vicente da UPA
imprensa.vicentedaupa@gmail.com

Com 23 votos favoráveis, a Câmara Municipal de Campinas (SP) aprovou nesta quarta-feira (01/12), em segunda discussão, projeto de autoria do vereador Vicente da UPA (PV), que prevê o atendimento veterinário gratuito aos animais tutelados por pessoas de baixa renda. De acordo com a proposta, caberá ao Centro de Controle de Zoonoses (CCZ) a responsabilidade pelo atendimento de consultas e encaminhamento dos animais aos procedimentos cirúrgicos, quando necessários. As despesas geradas por estas prestações de serviços correrão por conta de verbas destinadas à Secretaria de Saúde do município.

Segundo o vereador, a proposta vem em consonância com a orientação de governo do Executivo. “A Prefeitura diz que atende primeiro os que mais precisam. O nosso projeto é direcionado justamente a esta população à qual o prefeito faz menção, já que as pessoas carentes possuem animais de estimação e muitas vezes não têm condições de zelar por eles como deveria”, justificou Vicente.

Vicente Carvalho argumentou que o modelo de gestão atual onera as ONGs, já que o município não dispõe de um programa para atendimento dos animais que estão sob os cuidados da população de baixa renda, obrigando o terceiro setor a suprir esta carência. “As ONGs que militam em prol dos direitos dos animais acabam arcando com a responsabilidade do Poder Público, que dispõe de verbas orçamentárias para promover programas de apoio. O terceiro setor não tem recursos para este tipo de projeto, mas a Prefeitura tem. É para o Executivo que os cidadãos pagam impostos e é dele que devem cobrar o atendimento de suas necessidades. Não é certo que esta responsabilidade recaia sobre as ONGs que atuam por mera liberalidade e amor à causa”, declarou o vereador.

A proposta segue agora para a sanção do prefeito, Dr. Hélio de Oliveira Santos (PDT).

​Read More
Notícias

Clínica Veterinária promove castração de baixo custo para felinos em Rio Grande (RS)

Nos dias 22, 23 e 24 deste mês, o Grupo Amigo Bicho & Cia, do Rio Grande, integrante da Sociedade Vegetariana Brasileira, promoverá uma campanha de castração de felinos – gatas e gatos -, com valores reduzidos. A esterilização será realizada por cinco veterinárias, voluntárias do grupo, a partir das 8h30min, na Clínica Veterinária Quatro Patas. Os interessados em castrar seus animais devem fazer o cadastramento prévio por meio dos telefones (53) 3231.1502, das 14h às 19h, (53) 9976.6728 e 9155.5943, durante o dia.

Pequeno gatinho (Foto: Por Reprodução/Jornal Agora)

Conforme a veterinária Vanilda Moraes Pintos, coordenadora da campanha, é imprescindível que os interessados apresentem xerox de comprovante de baixa renda. A ideia é oferecer às pessoas de baixa renda um serviço veterinário ao qual, de outra forma, elas não teriam acesso. “Durante nossa rotina veterinária, escutamos muito que há anseio de parte da comunidade em fazer a esterilização de seus animais, mas que existe um impedimento econômico. E a iniciativa busca oferecer essa oportunidade às pessoas com baixo poder aquisitivo”, diz a veterinária.

Vanilda destaca que a esterilização é uma abordagem efetiva e ética no que tange ao controle populacional dos animais domésticos. “Nós do Grupo Amigo Bicho & Cia lutamos muito contra a questão do abandono, que ainda é evidenciada na cidade e que é um crime frente à Constituição Brasileira. Acreditamos que o animal tem direito à vida, ao respeito, e compete a nós, humanos, proporcionar-lhes segurança e condições adequadas de sobrevivência”, conclui. Em um segundo módulo, a ser realizado até o final do ano, será feita campanha de castração de cães.

Fonte: Jornal Agora

​Read More
Notícias

Inscrições para castração de cães e gatos encerram nesta quinta-feira em Vinhedo (SP)

Encerram nesta quinta-feira, dia 30, as inscrições para a Campanha de Castração de Cães e Gatos voltada à população de baixa renda. A Prefeitura tem parceria com a Sopravi – Sociedade Protetora dos Animais.

Os interessados podem se inscrever no Setor de Zoonoses – Rua Monteiro de Barros, 530, de segunda a sexta-feira, das 8h às 17h – munidos de cópias do RG, comprovante de endereço e a carteirinha de vacinação do animal.

A campanha consiste na realização de cirurgias de castração de animais e é voltada à população de baixa renda que possui animais de estimação. Terminado este período, os inscritos receberão a visita dos membros voluntários da Sopravi, para que sejam selecionados os animais aptos a participar da Campanha. Serão consideradas a idade do animal, potencial reprodutivo e renda dos proprietários.

A castração será realizada a preço reduzido durante os meses de outubro e novembro, com valores que variam de R$ 40,00 a R$ 90,00. Os valores pré-estabelecidos para o procedimento cirúrgico levará em consideração a espécie e o porte do animal. Também caberá à Sociedade Protetora dos Animais o agendamento da cirurgia junto a uma das clínicas veterinárias participantes da Campanha. Informações podem ser obtidas no Setor de Zoonoses no telefone 3826-7487.

Fonte: Jornal de Vinhedo

​Read More