Notícias

Aline Riscado escolhe fantasia sem itens de origem animal para o carnaval

 “Não quero nada de origem animal para a fantasia e quero algo confortável”, disse a bailarina


A bailarina e atriz Aline Riscado escolheu uma fantasia sem itens de origem animal para o carnaval. Disposta a não causar sofrimento aos animais, ela falou sobre as peças escolhidas para sua estreia como rainha de bateria da Vila Isabel, no Rio de Janeiro.

Foto: Ygor Marques/Divulgação

Ligada à sustentabilidade, Aline fez exigências quanto a sua roupa. “Não quero nada de origem animal para a fantasia e quero algo confortável. Não vou sofrer na Avenida, quero me divertir. Não tenho problema nenhum em mostrar corpo. Vai ter decote, vai ser cavado… venho pelada. É carnaval e eu tenho que aproveitar”, disse ao G1.

“Já estou vivendo isso desde que aceitei o convite para ser rainha de bateria, desde agosto. Comecei a fazer as aulas de samba, comecei a viver, respirar, entender, estudar um pouco mais sobre tudo, sobre a Vila, sobre o carnaval, e buscar referências. É muito mais intenso do que as pessoas imaginam. E está sendo incrível e muito enriquecedor”, completou.

A postura de Aline é importante, já que a bailarina é bastante famosa e, por isso, influencia outras pessoas, somando na voz em defesa dos animais, que são explorados e sofrem para que peças com plumas e penas sejam confeccionadas no carnaval.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More