Notícias

Mais de 20 vacas morrem atropeladas por trem nos Alpes Franceses

Foto: twitter.com/psmelias
Foto: twitter.com/psmelias

Fotos fortes e tristes da cena do atropelamento postadas nas redes sociais revelam o resultado da colisão do trem com as vacas, cujos corpos jazem espalhados pelos trilhos nos Alpes franceses.

Uma foto postada no Twitter postada por um passageiro do trem flagrou as consequências fatais do acidente na linha Paris – Lausanne na tarde de sábado último (24).

A imagem mostra a situação dos animais, muitos mortos ou morrendo depois de serem atingidos pelo TGV (trem de alta velocidade) de número 9269 às 14h45 da tarde.

Outro passageiro compartilhou fotos da janela do trem, legendando as fotos: “Um rebanho de vacas cruzou o caminho do TGV da Lyria. Vinte animais mortos ou em agonia. Terrível”.

O jornal local Le Progres disse que o acidente aconteceu na floresta de La Joux depois que “o curral onde as vacas eram mantidas foi deixado aberto”.

Foto: Twitter.com/psmelias
Foto: Twitter.com/psmelias

O trem estava transportando 257 passageiros no momento, nenhum dos quais foi ferido na colisão.

O jornal acrescentou: “Cerca de vinte animais morreram instantaneamente e outros seis tiveram que ser sacrificados por causa da gravidade de seus ferimentos”.

“Um veterinário e uma máquina de renderização (equipamento para erguer e transportar peso) vieram para ajudar os bombeiros e s polícia na operação”.

A Ferrovia Nacional da França, divulgou um comunicado, dizendo: “Várias vacas foram atingidas pelo TGV 9269″.

O serviço ferroviário acrescentou que a viagem foi interrompida para fazer verificações de segurança no trem e os passageiros precisaram desembarcar do trem e caminhar até uma estação próxima.
Um porta-voz disse que uma investigação completa foi lançada sobre as circunstâncias do acidente.

Ainda restam dúvidas sobre o acidente, como por exemplo se a ocorrência teria sido resultado de um ato malicioso ou se a cerca estava com defeito.

As vacas teriam percorrido pelo menos 8 km antes de serem atingidas pelo trem.

O trem mais rápido de Paris para Lausanne, na Suíça, a 320 quilômetros de distância, é de 3 horas e 40 minutos, e há cinco trens por dia.

Em outra trágica colisão ferroviária, uma mãe ursa foi atropelada por um trem tentando proteger seus filhotes na República Sakha, no nordeste da Rússia.

Imagens mostram-na tentando ajudar os filhotes depois que eles entraram nos trilhos.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More