Notícias

Será aplicada multa para quem não socorrer animal em caso de atropelamento

Pixabay

O Projeto de Lei 1.915/2020, que deverá ser regulamentado no prazo de sessenta dias pelo Poder Executivo, tenciona obrigar todo motorista, motociclista ou ciclista a prestar socorro em caso de atropelamento animal.

Elaborado pelo vereador Dr. Marcos Paulo (PSOL), o PL prevê multa aos infratores, sem excluir as punições já previstas na Lei 9.605/1998 em relação a infrações cometidas contra o meio ambiente.

“Além de reafirmar o direito à proteção da vida dos animais (…), precisamos urgentemente defender e semear um novo pensamento: a vida, em todas as suas formas, merece ser protegida, cuidada e preservada”, reforça o vereador.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Paraná: índice de atropelamentos de animais em rodovias impressiona

Paraná está na lista dos que mais atropela animais silvestres
Só neste ano, 54 ocorrências foram registradas | Foto: Reprodução EPTV

Os dados são da Polícia Rodoviária Federal e revelam que só entre janeiro e junho deste ano, foram contabilizadas 54 ocorrências, com 31 feridos, sendo que no ano passado foram registrados 129 casos de atropelamento de animais selvagens e domésticos nas rodovias.

Há poucos dias, um cavalo que estava abandonado em um terreno baldio foi atropelado depois de ter escapado pela cerca.

De acordo com Maciel Junior, porta-voz da PRF , animais de pequeno porte são mais difíceis de serem identificados nas rodovias. “Se é um boi, uma vaca ou um cavalo, é mais fácil de identificar. Agora, uma capivara, um animal de menor porte, ele se camufla na natureza, então no asfalto ele se camufla. Por isso, quando o motorista se depara com esse animal ele já está em cima e precisa fazer uma manobra de emergência, muitas vezes essa manobra não é concluída com êxito e o animal é atropelado”, explica.

O mais indicado em rodovias cercadas de mata é andar sempre na velocidade indicada na sinalização de trânsito, pois as normas estão relacionadas a presença de animais na pista, segundo Maciel. “Onde já se vê que não é uma área urbanizada, é bom diminuir a velocidade ou respeitar a velocidade indicada, porque a velocidade já é programada levando em conta esse tipo de presença de animais ali naquele trecho e manter a atenção sempre”.

Outros cuidados que a PRF recomenda é: redobrar a atenção durante a noite, não buzinar e desviar animais que cruzam a via por trás do bando e, para transporte de cargas de alimentos, tomar cuidado com a embalagem das cargas. Também é recomendável avisar a concessionária responsável pelo trecho ou a Polícia Rodoviária no posto mais próximo.

​Read More
Notícias

Denúncia: cão é atropelado por trem e não recebe socorro

Polícia não socorreu animal após atroplemante
Companhia de transporte não parou circulação de trem | Foto: FERNANDO FONTES / GLOBAL IMAGENS

Segundo informações, o caso da morte do cão não só não teve o socorro da Polícia de Segurança Pública (PSP), como também causou indignação pelo fato do trem não ter parado sua circulação.

O partido Pessoas-Animais-Natureza (PAN) denunciou ao Ministério Público o caso que aconteceu na linha Entrecampos, de acordo com um comunicado do PAN. O partido revela também que o animal que possuía coleira teria sido atirado por alguém para a linha férrea. Não se sabe quem foi o autor do crime.

A circulação não foi interrompida e não foi prestado qualquer auxílio ao animal, que foi atropelado várias vezes, acabando por morrer.

“Segundo a denúncia feita ao PAN, apesar de todos os alertas dados pelas testemunhas do atropelamento a PSP apenas se deslocou ao local algumas horas depois”, relata a denúncia.

A PAN critica a negligência dada a vida do animal. “O objetivo desta queixa é apurar a responsabilidade da CP-Comboios de Portugal, enquanto entidade gestora daquela linha férrea, por não ter interrompido de imediato a circulação de comboios e por não ter providenciado a prestação dos devidos cuidados médico-veterinários ao animal que se encontrava ferido na linha”, acrescenta o comunicado.

“O PAN condena a atitude de omissão de auxílio e de desprezo pela vida deste animal“, afirmou André Silva, Porta-voz e Deputado do PAN.

O site define o partido como “porta-voz dos movimentos cívicos”: “O PAN pretende ser a voz e o braço políticos dos movimentos cívicos, das associações e das ONGs que buscam suprir e superar os limites das políticas estatais e institucionais e promover uma consciência ativamente solidária nas causas humanitária, animal e ecológica, bem como de todos os indivíduos, associações e movimentos que nas várias esferas – espiritual, cultural, educativa, social, terapêutica, alimentar, etc. – procuram desde já efetuar a transição para uma sociedade alternativa e um mundo novo”.

​Read More
Notícias

Raposa morre atropelada em rodovia de Orlândia (SP)

Raposa aguardou socorro por quatro horas
Raposa tinha diversos ferimentos no corpo (Foto: Reprodução Whatsapp)

A raposa havia sido encontrada por um casal de ciclistas que passava pela beira da rodovia. Após quatro horas, uma equipe do Corpo de Bombeiros chegou no local, mas a raposa não resistiu.

Márcia Belato acredita que a raposa devia ter sido atropelada, pois havia pedaços do para choque de um carro no chão. “Ela estava arrastando as patas, toda machucada. Ela foi atropelada porque quebrou o para choque de algum carro”.

Ainda de acordo com Márcia, a raposa foi socorrida pelo Corpo de Bombeiros de Orlândia após quatro horas de espera. Ela seria levada a uma faculdade em Ituverava (SP) para receber atendimento médico veterinário, mas não resistiu.

“Tentamos ligar para várias pessoas, para a Polícia Ambiental, mas eles estão com uma unidade só. Estavam em Guará salvando um animal silvestre. O bombeiro resolveu pegar ela e levar até um posto policial em São Joaquim da Barra, onde estava vindo a Ambiental. O sol estava muito quente, então, não aguentou”, disse.

​Read More
Notícias

Cão é atropelado e fica dez dias com fratura exposta em Minas Gerais

Cão foi atropelado e não recebeu cuidados veterinários
Black fará cirurgia para amputar a pata

O cão chamado Black foi abandonado pelos tutores após a separação do casal. Na rua, Black ia procurar seu tutor que trabalhava em um ponto de táxi.

Em uma dessas buscas, o cão foi atropelado e ficou cerca de 10 dias vagando com uma fratura exposta. De acordo com a protetora de animais que resgatou Black, ele recebia alguns cuidados dos moradores da região, mas não eram suficientes, pois o cão precisava ser levado para um veterinário.

Se Black tivesse sido resgatado a tempo, hoje, ele não precisaria amputar a pata. O cão será submetido a um processo cirúrgico e após se recuperar, ficará disponível para adoção.

A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988.

Lei de Crimes Ambientais

“Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:
Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.
§ 1º. Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.
§ 2º. “A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.”

​Read More
Notícias

Cão abandonado é vítima de atropelamento em Orleans (SC)

Cão vítima de atropelamento não corre risco de morte
Autor do atropelamento não prestou socorro

A polícia recebeu a denúncia informando que um cão abandonado estava com a pata quebrada e incapaz de se movimentar em um edifício localizado na rua Barão do Rio Branco, próximo ao Centro Administrativo, na área central da cidade.

De acordo com um policial, o animal sangrava muito.“Ele estava deitado, sem força para levantar, com um grave ferimento e muito sangue pelo chão”.

Um curativo foi feito e ele foi levado quartel, após tentar contato com hospital e clínicas veterinárias, mas sem sucesso. O comandante da Polícia Militar de Orleans, tenente Daniel Comerlatto, está o encaminhando ao Pet Ouro – Pet Shop e Consultório Veterinário para atendimento especializado. Segundo a autoridade policial, o autor do atropelamento não parou para dar socorro ao animal. O cão não corre risco de morte.

A denúncia de maus-tratos é legitimada pelo Art. 32, da Lei Federal nº. 9.605, de 12.02.1998 (Lei de Crimes Ambientais) e pela Constituição Federal Brasileira, de 05 de outubro de 1988.

“Art. 32. Praticar ato de abuso, maus-tratos, ferir ou mutilar animais silvestres, domésticos ou domesticados, nativos ou exóticos:

Pena – detenção, de três meses a um ano, e multa.

§ 1º. Incorre nas mesmas penas quem realiza experiência dolorosa ou cruel em animal vivo, ainda que para fins didáticos ou científicos, quando existirem recursos alternativos.

§ 2º. “A pena é aumentada de um sexto a um terço, se ocorre morte do animal.”

​Read More
Notícias

Cadela encontrada gravemente ferida se recupera em lar adotivo

Cadela foi adotada por três irmãos
Depois de ser atropelada, Golden passou por várias cirurgias

A cadela Golden Sugar foi encontrada, quando havia acabado de ser atropelada por um carro e, devido às lesões, precisou realizar várias operações.

O diretor de marketing da instituição Dallas Pets Alive, Haley Edman, local que tratou a cadela, afirma que ela chegou com ossos deslocados e pernas quebradas. “Ela teve ossos deslocados, pernas quebradas e um grave problema em sua coluna vertebral. Nós realmente tivemos que ‘fundir’ o seu corpo de volta”.

Depois de algum tempo se recuperando do acidente, a cadela melhorou e foi adotada por uma família. Caleb de 8 anos, um dos três tutores de Golden, revela que ela é um animal amoroso. “Ela é uma cadela amável e faz tudo o que você pede para ela”.

A adoção fez tão bem à Golden que, mesmo recuperada tinha a possibilidade de perder os movimentos do corpo, mas isso não aconteceu. Ao lado da família, Golden Sugar retribui todo o amor recebido. Os irmãos contam que ela é uma grande protetora e que late por qualquer motivo se percebe algum sinal de perigo próximo a família.

Cadela foi adotada por três crianças
Golden havia quebrado pernas e deslocado ossos em acidente

A Dallas Pets Alive é uma organização dirigida principalmente por voluntários, e todos os animais domésticos resgatados são alojados por famílias de acolhimento dedicadas em todo o norte do Texas.

De acordo com o site da instituição: “Estamos focados em ajudar os animais domésticos saudáveis e tratáveis que estão em risco de morte induzida em Dallas Animal Services – salvando os animais domésticos com maior risco e ajudando os tutores que estão tendo problemas tão grandes que precisam entregar seus animais a um abrigo”.

​Read More
Você é o Repórter

Cão filhote é atropelado por motorista de ônibus em São Paulo (SP)

Merin Ramos
flordelized@gmail.com

Motorista do ônibus atropelou cão filhote

Um ônibus de número 3 3005, que saia da avenida Ragueb Chofi em direção a avenida Aricanduva na zona Leste de São Paulo, atropelou um cão de aproximadamente 4 meses de idade que tentava atravessar a rua.

Todos os carros haviam parado para dar passagem, mas o ônibus não hesitou ao atropelá-lo.Os passageiros do ônibus alertavam o motorista que havia um animal tentando atravessar.

Diante disso, foi feito um abaixo-assinado “SPTRANS: Punição para motorista de onibus” com o objetivo de alcançar 100 assinaturas para punir o motorista.

​Read More
Notícias

Jaguatirica vítima de atropelamento passa por tratamento em Divinópolis (MG)

Redação ANDA – Agência de Notícias de Direitos Animais

Animal deve realizar exames antes de ser devolvido à natureza | Foto: Divulgação/Naturatins

Uma onça jaguatirica que foi encontrada desacordada após ser atropelada na TO-080, em Divinópolis, Minas Gerais, foi encaminhada para o Cetas (Centro de Triagem de Animais Silvestres), para passar por exames veterinários.

O animal que foi encontrado com ferimentos na boca, passou pelos primeiros atendimentos e passa bem, mas deverá realizar exames radiográficos antes de ser devolvido à natureza. De acordo com informações da Naturatins o animal é uma onça jaguatirica macho adulta.

Onça foi encontrada com ferimentos na face e boca | Foto: Divulgação/Naturatins

A supervisora de Fauna do Naturatins, Grasiela Pacheco, acredita que a jaguatirica será devolvida rapidamente ao lugar onde foi encontrada, já que o animal é territorialista e não se adaptaria a outros locais.

De acordo com o coordenador do Centro Brasileiro de Estudos em Ecologia de Estradas, Alex Bager, em Tocantins já foram registradas quase 200 ocorrências de atropelamento de animais. “Entre as espécies mais afetadas que conhecemos, estão o cachorro do mato, tamanduá bandeira, tamanduá mirim além de vários registros de jacarés atropelados”, relatou.

​Read More
Notícias

Negligência de tutor causa morte de dois cavalos em Tocantins

Por Janaína Fernandes | Redação ANDA – Agência de Direitos Animais

Cavalos são atropelados na BR-153 |Foto: Divulgação/PRF

Dois cavalos morreram atropelados após serem deixados soltos e acabarem indo para uma estrada movimentada na zona sul de Tocantins. A negligência do tutor, além de causar a morte dos animais, causava sofrimento ao explorá-los em competições como vaquejadas.

O homem que dirigia um caminhão e atropelou os cavalos, saia de Gurupi com destino a Goiânia e disse que tentou frear para evitar o acidente. Os animais morreram após a batida.

O responsável pelos animais será autuado pela polícia que fez um termo circunstanciado de ocorrência alegando negligência por não deixar os animais soltos e não mantê-los em local seguro. O homem disse que os animais fugiram da fazenda sem que as pessoas percebessem.

Colocar a vida e o bem-estar de cavalos em risco para simplesmente satisfazer o prazer humano, mostra como os animais são explorados e negligenciados. Se não abusados como uma forma de diversão, cavalos são constantemente feitos de transportadores de cargas. Veículos de tração animal (carroças, charretes, etc), apesar dos inúmeros avanços relacionados aos meios de transporte, ainda existem e continuam a explorar a vida desses animais.

​Read More
Você é o Repórter

Após ser atropelado, gato tem pata quebrada e precisa de consulta veterinária no Rio

Ana Maria Kreisler Carvalhaes
anamariak3@gmail.com

Em Duque de Caxias (RJ), um gato que foi atropelado está com a pata solta, pois provavelmente a quebrou. O animal precisa emergencialmente de uma consulta no veterinário e de um abrigo permanente para se recuperar. Ele está localizado na rua Comandante Ari Parreiras no Engenho do Porto.

Quem puder resgatá-lo entre em contato através do email: anamariak3@gmail.com.

​Read More
Você é o Repórter

Filhote vítima de atropelamento precisa de ajuda em SP

Ana
anamechetti@gmail.com

A cadelinha filhote das imagens precisa de ajuda em SP. Ela foi acolhida por uma protetora após ser vítima de um atropelamento. O animal sofre muito com dores e desconforto. Infelizmente a pessoa que realizou o resgate não tem condições de cuidar da bebê, pois tem dificuldades financeiras e não possui meios de transporte para levá-la para atendimento veterinário. A protetora faz um apelo e pede que alguém assuma a filhote e dê fim ao sofrimento do animal. Quem puder ajudar de alguma forma entre em contato com a Matilde através do tel: (11) 99492-2283.

​Read More