Notícias

Aposentado texano mata seus dois cães a tiros

(da Redação)

É difícil de acreditar por ser tão absurdo, mas no Texas (EUA), uma pessoa tem o direito de matar seu próprio cão – mas não torturá-lo. E foi o que fez um aposentado de 80 anos. Ele matou a tiros os seus dois cães e, em seguida, atiçou fogo aos seus corpos, porque segundo alegou estariam querendo comer suas galinhas.

O crime foi descoberto por acaso. O caso ocorreu na sexta-feira e foi flagrado pelos bombeiros, depois de terem sido chamados a apagar um pequeno incêndio em Arson, estado do Texas. Quando os bombeiros chegaram ao local, descobriram os corpos dos cães que Joske Smith estava queimando.


Uma vez que as autoridades não conseguiram apurar se os cães estavam vivos quando foram queimados, o octogenário não será acusado de crueldade pelas  mortes dos dois. Mas ele enfrentará acusações de crueldade contra animais por manter um outro cachorro em grave situação de maus-tratos, conforme informou o examiner.com .

Um terceiro cão foi encontrado na propriedade acorrentado a uma árvore, sem água e sem comida. O animal estava cheio de pulgas. Uma associação local de proteção animal, a Etosha Rescue and Adoption, resgatou-o e vai agora trabalhar na sua reabilitação. O cachorro que está muito assustado e tímido.

O pior de tudo é que a lei texana não impede que o assassino tenha outros animais. Os protetores de animais do estado americano ficam absolutamente descrentes com a situação de impunidade criadas por leis como esta.

Nota da Redação: A desculpa de que os cães queriam comer as galinhas é absurda. Por que este aposentado não educou os cães, partindo-se da premissa de que o motivo alegado fosse verdadeiro? A prova de que o que fez foi por pura maldade foi o flagrante de maus-tratos vividapelo terceiro cachorro. As leis texanas precisam mudar.

​Read More