Notícias

Protetora é denunciada por manter 100 animais resgatados em sua residência

Por Sophia Portes | Redação ANDA (Agência de Notícias de Direitos Animais)

Mulher abriga mais de 100 animais em sua casa (Foto: Metrópoles)

A protetora de animais Deuzenice Matos cuida de cerca de 100 animais em sua casa. Mas após ser alvo de denúncias de vizinhos do seu condomínio em Sobradinho, Distrito Federal, ela teme que seus animais sejam mortos.

A vizinha que fez a denúncia reclama do barulho que os animais fazem durante o dia. E mesmo sendo notificada pela administração do condomínio Serra Azul, Deuzenice continua lutando para não perder a guarda de seus cães e gatos. Segundo a protetora, quase todos os animais que cuida sofrem de alguma doença física ou mental. “Estou abalada e sem rumo. Espero conseguir resolver logo essa situação. Tenho fé disso”, afirma a protetora.

Foto: Metrópoles

Deuzenice está tentando juntas fundos para conseguir transferir todos os seus animais para uma chácara na Fercal, também no Distrito Federal, um espaço muito maior do que o atual. Mas, para isso, ela precisa arrecadar o valor de R$ 50 mil. Amigos de Deuzenice criaram uma página para arrecadar fundos para a compra da chácara.

Não existe uma lei específica no Distrito Federal que indique o número máximo de animais que um indivíduo possa criar em sua residência.

Segundo a protetora, seus animais são castrados e vacinados frequentemente. Seus gastos mensais para manter os animais ficam entre R$ 15 mil e R$ 20 mil. Ela afirma que, caso consiga o abrigo, irá dar o nome de “Recanto dos Anjos de Pelos e Patas”.

Veja a seguir o vídeo feito pela protetora pedindo ajuda para manter seus animais:

Saber o limite

Valéria Sokal, diretora-geral da ONG de direitos animais ProAnima, explica que protetores autônomos devem ter bom senso no resgate de animais. “É importante conhecer seu limite financeiro, de tempo e psicológico. Acredito que o número de 100 animais é alto. Adotar mais animais não ajuda, acaba piorando a situação deles”, explica.

​Read More
Notícias

Calendário Animal ajuda a arrecadar fundos para associação

Um calendário de mesa elaborado com a ajuda da iniciativa privada curitibana está auxiliando a Associação do Amigo Animal a arrecadar fundos para dar continuidade a seus trabalhos. A associação abriga hoje mais de 2.000 animais em Campo Magro, região metropolitana de Curitiba.

A elaboração do Calendário contou com o patrocínio da Pró Vita Eventos, Vimo Vídeo Foto e WinMarket Branding & Design e traz fotos de animais vítimas de maus tratos. Hoje saudáveis e alguns até adotados, foram salvos pelo trabalho da associação e da ajuda de parceiros e voluntários. Gigi, Vitor, Esperança, Duduzão, Barbie, Bebel, Valentina, Dodi, Quindim e Benji são as estrelas do material que também divulga as datas de realização do Bingo Animal, outra ação beneficente promovida pela associação.

“É uma ótima aquisição decorativa que colabora com uma grande causa, além de ajudar a divulgar nossos contatos para interessados em adotar um amigo”, explica o presidente da Associação do Amigo Animal, Marcelo Misga.

O Calendário Animal custa R$ 10,00 a unidade e pode ser encontrado no Pet-shop Rei dos Animais, Clínica Veterinária Nugvet, Clínica Veterinária Arca de Noé, Pet-shop Raças & Vira-Latas e Loja das Pulgas. Encomendas também podem ser feitas diretamente na Associação do Amigo Animal pelos fones (41) 3027-2237 e (41) 9918-7040.

Fonte: Paraná Shop

​Read More