Notícias

Leopardo é resgatado após ficar preso em armadilha dentada

Foto: Wildlife SOS
Foto: Wildlife SOS

Um leopardo do sexo masculino, de três anos de idade, encontra-se em recuperação após ter sido resgatado no início desta semana no que a ONG Wildlife SOS chama de “uma das mais piores ameaças humanas à vida selvagem, a armadilha dentada”.

Dispositivos cruéis usados para capturar ou imobilizar animais, armadilhas dentadas são dispositivos de caça cruéis que causam indiscriminadamente ferimentos graves e morte a qualquer ser senciente que seja pego por elas. Conforme informações do site WAN, até mesmo crianças e animais domésticos, como cães e gatos, já foram vítimas desses equipamentos desumanas.

“Os animais capturados nessas armadilhas muitas vezes lutam por horas, em alguns casos até dias antes de sucumbirem à sede, fome, estrangulamento, lesões internas e até predação de outros animais carnívoros”, escreveu em seu site a Wildlife SOS, que participou do resgate bem sucedido do leopardo. Informando ainda que o leopardo, neste caso, foi encontrado preso em uma armadilha dentada de aço, colocada por caçadores em Jeur Haibati Village, localizado no distrito de Ahmendnagar, em Maharashtra, na Índia.

Foto: Wildlife SOS
Foto: Wildlife SOS

Depois de receber um pedido de ajuda do Departamento Florestal de Maharashtra, que busca conscientizar e educar a população sobre a ilegalidade de tais delitos e para com a caça, eles enviaram uma equipe de quatro membros equipados com redes de proteção, equipamentos de contenção e caixa de resgate.

O membro dianteiro esquerdo do leopardo ficou preso na armadilha dentada na tentativa de se libertar da dolorosa mandíbula de aço presa em perna, o leopardo começou a se descontrolar entre pulos e gritos que foram ouvidos no campo agrícola vizinho, conforme informações da Wildlife SOS divulgadas em seu site, o que atraiu uma multidão de espectadores que se juntou em torno da área, aumentando ainda mais o desespero do animal.

Depois que oficiais do Departamento Florestal e a equipe do Centro de Resgate de Leopardos Manikdoh Rescue Center executaram medidas de segurança pública isolando a área, o veterinário da Wildlife SOS, Dr. Ajay Deshmukh, conseguiu imobilizar cuidadosamente o enorme felino, aplicando uma injeção sedativa a uma distância segura.

A organização explicou que a rápida remoção da armadilha dentada foi essencial para evitar mais danos ao membro dianteiro do animal. A ferida foi desinfetada e a equipe administrou tratamento tópico ao local juntamente com analgésicos e medicação anti-inflamatória.

Desta vez o felino, que será solto na natureza quando estiver devidamente curado, não sofreu danos internos, e o ferimento em seu membro dianteiro foi considerada pequeno.

A prática cruel e desumana do uso de armadilhas deve ser erradicada antes que mais animais inocentes, ou pessoas, terminem feridos ou mortos.

​Read More