Notícias

Arara vermelha é resgatada em rodovia de Icém (SP)

Arara encontrada em rodovia é resgatada com sinais de atropelamento — Foto: Arquivo Pessoal

A Polícia Rodoviária Federal resgatou durante patrulhamento pela Rodovia BR-153, uma arara vermelha que foi localizada às margens da rodovia.

Um motorista passava pelo local quando viu a ave no chão e chamou a polícia. A arara estava machucada e, segundo os policiais, há indícios de que ela tenha sido atropelada.

A arara foi levada para o zoo municipal de São José do Rio Preto (SP), onde está recebendo tratamento de veterinários.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Arara-vermelha morre devido à choque elétrico em Mato Grosso do Sul

Uma arara-vermelha foi encontrada morta após receber um choque elétrico no bairro Cristo Redentor, no município de Corumbá, em Mato Grosso do Sul.

(Foto: Reprodução/TV Morena)

O animal silvestre estava caído no chão quando foi encontrado por moradores da região. O bico da ave estava bastante queimado. As informações são do portal G1.

O corpo da arara foi retirado do local pela polícia na manhã da última segunda-feira (10).

Migração

Animais silvestres têm migrado com frequência para áreas urbanas devido à destruição do habitat. Sem local adequado para viver, graças à ação do ser humano, que tem devastado a natureza, os animais vão em direção às cidades para procurar por abrigo e alimento.

No perímetro urbano, os animais selvagens são expostos a riscos. Além dos fios de energia elétrica, o atropelamento e a falta de alimento se caracterizam também como uma ameaça à sobrevivência das espécies, que precisam ter o meio ambiente preservado para que possam viver em segurança.

 

​Read More
Notícias

Arara-vermelha é resgatada após ficar presa em cerca com arame farpado

Ave da fauna silvestre estava em situação de risco de se ferir em meio cerca | Divulgação

Militares do Corpo de Bombeiros foram chamados na noite deste sábado para resgatar uma ave que ficou presa numa concertina, aquelas cercas pontiagudas. Tratava-se de uma arara vermelha (Ara chloroptera) que, de acordo com os bombeiros, não sofreu ferimentos aparentes.

O animal entrou na cerca de um imóvel na Avenida Dom João VI, no Bairro Ciquentenário, Oeste de Belo Horizonte. A captura da ave demandou cuidados especiais para que ela não se ferisse e nem os militares. Depois de retirada do local, a arara foi colocada numa gaiola e levada para uma clínica veterinária conveniada com Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis – Ibama.

A arara vermelha é animal da fauna brasileira e só pode ser comprada em criadouros autorizados pelo Ibama. Manter essa ave em cativeiro, se silvestre, é crime ambiental.

Fonte: Estado de Minas

​Read More
Imagens incríveis

Carinho de mãe

Uma foto comovente registrada no Parque Zoológico Municipal “Quinzinho de Barros”, em Sorocaba (SP), deixa evidente a crueldade de uma vida de clausura para entretenimento humano. Um bebê arara-de-testa-vermelha recebe carinho e conforto de sua mãe enquanto estão cercados por uma grade. O filhote não aprenderá a voar a longas distâncias ou buscar seu próprio alimento e formar sua própria família, porque foi condenado a viver aprisionado em um zoológico para entreter turistas e moradores aos fins de semana. O que é apenas um momento de prazer para o público, é a condenação a uma vida de sofrimentos para animais indefesos raptados de seus habitats e mantidos em ambientes artificiais.

Divulgação/Prefeitura de Sorocaba
​Read More
Notícias

Alunos e professores cuidam de arara vermelha que apareceu na UFSCar

Arara vermelha apareceu no Departamento de Fisioterapia da UFSCar (Foto: Luã Viegas/EPTV)
Arara vermelha apareceu no Departamento de
Fisioterapia da UFSCar (Foto: Luã Viegas/EPTV)

Uma arara vermelha apareceu na última quarta-feira (28) na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar), campus de São Carlos (SP). O animal tem chamado a atenção no local e está sendo cuidada por alunos e professores.

A arara, que fica sempre perto das janelas no Departamento de Fisioterapia da universidade, atrai curiosos que sempre tiram fotos do animal. A ave é alimentada com pedaços de fruta. “A gente acredita que se ela fosse um animal que pudesse voar ela já estaria no cerrado, que é próximo daqui, ao invés de ficar aqui tendo esse contato com a gente”, afirmou a estudante Mariana Cardoso.

O Corpo de Bombeiros foi chamado, assim com a Polícia Militar Ambiental e equipes do Parque Ecológico. Eles foram até o local para ver a arara e, por se tratar de animal silvestre, já que não tem anilha, ela não pode ser capturada. Os funcionários e alunos acreditam que ela é domesticada

“Nós continuamos tratando ela, já batizamos essa arara de Frederico, porque nós acreditamos que seja um macho. Nós estamos cuidando dela e esperando ver se alguém consegue levar para o Parque Ecológico”, contou Eloísa Tudella, professora do Departamento de Fisioterapia.

Fonte: G1

​Read More
Notícias

Arara-vermelha é resgatada pelo Batalhão Ambiental no Amazonas (AM)

Arara-vermelha foi entregue voluntariamente. Foto: Divulgação/BPAmb-AM
Arara-vermelha foi entregue voluntariamente. Foto: Divulgação/BPAmb-AM

O Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas (BPAmb/AM) resgatou uma arara-vermelha (Ara chloropterus) na manhã de quarta-feira (15), em Manaus. A ave, comumente visada pelo tráfico de animais – comercializada como animal doméstico -, foi entregue voluntariamente por moradores do Conjunto Nova Cidade.

De acordo com o Tenente Alan, a equipe realizava vistoria na área em função de denúncias de invasão quando foi chamada para receber o animal. “Alguns moradores falaram que tinha a arara e entregaram voluntariamente”, informou. Segundo o tenente, a ave não possui ferimentos aparentes e estava visivelmente saudável.

Segundo o tenente, os moradores informaram que a criavam desde filhote, há pelo menos dois anos. A arara-vermelha foi encaminhada ao Refúgio da Vida Silvestre Sauim Castanheira, na Zona Leste da cidade, onde receberá tratamento e verificarão a possível reintrodução à natureza. O BPAmb-AM informa que no caso de resgates o órgão responsável é o Ipaam, mas que o Batalhão também presta este serviço. No caso de denúncias de crimes contra o meio ambiente, deve-se ligar diretamente para o BPAmb nos telefones: (92) 98842-1547 ou (92) 98802-3699.

Fonte: Portal Amazônia

Nota da Redação: Como nós, os animais nasceram para viver livremente. Manter um animal engaiolado é um dos crimes mais cruéis do ponto de vista ético. Infelizmente as nossas leis ainda permitem que algumas espécies de aves sejam caçadas, comercializadas e aprisionadas apenas para satisfazer a ganância e os desejos inconscientes e cruéis de algumas pessoas. Não podemos mais aceitar calados este tipo de prática como também todas as outras que tratam os animais apenas como mercadoria ou objeto de decoração. As leis precisam avançar e proibir qualquer forma de manutenção de animais em cativeiro.

​Read More
Notícias

Arara-vermelha é resgatada pelo Batalhão Ambiental no Amazonas

(Foto: Divulgação/BPAmb-AM)
(Foto: Divulgação/BPAmb-AM)

O Batalhão Ambiental da Polícia Militar do Amazonas (BPAmb/AM) resgatou uma arara-vermelha (Ara chloropterus) na manhã desta quarta-feira (15), em Manaus. A ave, comumente visada pelo tráfico ilegal de animais, foi entregue voluntariamente por moradores do Conjunto Nova Cidade.

De acordo com o Tenente Alan, a equipe realizava vistoria na área em função de denúncias de invasão quando foi chamada para receber o animal. “Alguns moradores falaram que tinha a arara e entregaram voluntariamente”, informou. Segundo o tenente, a ave não possui ferimentos aparentes e estava visivelmente saudável.

Segundo o tenente, os moradores informaram que a criavam desde filhote, há pelo menos dois anos. A arara-vermelha foi encaminhada ao Refúgio da Vida Silvestre Sauim Castanheira, na Zona Leste da cidade, onde receberá tratamento e verificarão a possível reintrodução à natureza. O BPAmb-AM informa que no caso de resgates o órgão responsável é o Ipaam, mas que o Batalhão também presta este serviço. No caso de denúncias de crimes contra o meio ambiente, deve-se ligar diretamente para o BPAmb nos telefones: (92) 98842-1547 ou (92) 98802-3699.

Fonte: Portal Amazônia

​Read More
Notícias

Arara vermelha é resgatada de cativeiro em João Pessoa (PB)

(Foto: Divulgação)
(Foto: Divulgação)

O Batalhão de Policiamento Ambiental (BPAmb) resgatou na manhã desta quarta-feira (13) mais quatro animais silvestres durante fiscalizações nos bairros Bancários e Jaguaribe, em João Pessoa. Entre os animais apreendidos está uma arara vermelha, que está na lista de aves com risco de extinção. A apreensão fez parte da Operação Resgate, que teve início em julho e tem o objetivo localizar animais criados e comercializados ilegalmente.

Além da arara, foram apreendidas duas aves da espécie coleira e uma iguana. Os animais foram entregues voluntariamente por moradores quando perceberam a presença da polícia. A arara estava em uma gaiola, em uma casa nos Bancários, e foi levada juntamente com os outros bichos para o Centro de Triagem de Animais Silvestres, em Cabedelo.

O comandante do BPAmb, tenente-coronel Paulo Sérgio, disse que como a entrega foi voluntária, ninguém foi detido. “Ainda estamos trabalhando com a Operação Resgate no estágio educativo, incentivando as pessoas a entregarem os animais de forma voluntária sem que seja preciso a autuação com multas, o que colabora com o nosso trabalho e principalmente com a natureza, que é a maior beneficiada com essas atitudes”, avaliou.

A arara vermelha chega a ser comercializada pelos traficantes de animais por R$ 20 mil. A espécie está sob risco de desaparecer e a multa para quem for pego com um desses animais é de R$ 5 mil.

Operação Resgate

Essa mobilização policial teve início em julho e já foi responsável pelo resgate de mais de 400 animais silvestres.

A comercialização de animais silvestres é crime e o responsável pode até mesmo ser preso. As infrações implicam multa de R$ 500 por cada animal em caso de reincidência. Já se o animal for classificado na lista de extinção a multa chega a R$ 5 mil para cada exemplar.

Fonte: PB Agora

​Read More
Notícias

Dono de pousada recebe multa de 7 mil por manter aves em cativeiro

(Foto: Reprodução/Aquidauana News)

Policiais Militares Ambientais de Bonito (MS) autuaram ontem à tarde o pecuarista e proprietário da Pousada Toca do Vô, Ramão Roosevelt Flores, por manter em cativeiro uma arara-azul (animal na lista de espécie em extinção), duas araras-vermelhas, uma arara-canindé e um periquito.

Quando os policiais chegaram, o autuado alegou que os animais apareceram na pousada e um funcionário os havia capturado e cortado as asas. Alegou, inclusive, que já havia mandado o funcionário embora.

A PMA efetuou um auto de infração administrativo e arbitrou multa em R$ 7.000,00 por manter animais silvestres em cativeiro sem autorização ambiental. Ele também responderá por crime ambiental. Se condenado, poderá pegar pena de seis meses a meses ano e meio de detenção.

A PMA encaminhará os animais ao Centro de Recuperação de Animais Silvestres, em Campo Grande.

Fonte: Midiamax

​Read More
Notícias

Homem é detido com animais silvestres no interior de Pernambuco

A polícia autuou um homem que mantinha três araras-vermelhas em casa, no município de Pesqueira, no Agreste de Pernambuco.  Arielson Vasconcelos criava as aves em uma gaiola no bairro Centenário.

A apreensão aconteceu na tarde dessa quinta-feira (7) no momento que a polícia cumpria um mandato expedido pelo Juiz da 16ª Vara, Francisco Glauber.

Arielson vai responder por crime ambiental, por manter animal em cativeiro, com pena de até 1 ano de detenção. O Ibama foi acionado para recolher as araras-vermelhas, espécie em extinção.

Fonte: JC Online

​Read More