Notícias

Toda vez que sente medo garotinha convida pit bull para dormir na cama dela

Foto: Kyle Leary
Foto: Kyle Leary

Mesmo quando Adalynn Leary era apenas um bebê, ela sempre encontrou conforto e alegria ao passar o tempo com seu melhor amigo – um pit bull de 45 kg chamado Fury.

Mas recentemente, a criança precisado da confiança que possui na doçura inabalável do cão mais do que nunca. E ela está oferecendo a ele o mesmo em troca.

No final de novembro passado, um forte terremoto ocorreu perto da casa da família de Adalynn e Fury, no Alasca. Como se isso não fosse suficientemente assustador, os tremores que se seguiram ao episódio deixaram todos todos no limite das emoções.

Tem sido especialmente difícil para Adalynn.

Foto: Kyle Leary
Foto: Kyle Leary

“Nós tivemos mais de 5 mil tremores secundários”, escreveu Kyle Leary, seu pai, nas mídias sociais. “Desde então, Ady tem tido muita ansiedade e problemas para dormir”.

E é difícil culpá-la; a experiência foi certamente assustadora, e não só para ela.

Felizmente, a pequena Adalynn encontrou uma maneira adorável de lidar com seu medo, especialmente à noite, quando pensamentos preocupantes podem facilmente surgir na mente das pessoas. Ela simplesmente olha para seu amigo Fury.

“A única maneira dela vai dormir tranquila é se Fury está lá com ela para protegê-la e aliviar sua ansiedade”, escreveu Leary.

Adalynn estava se aconchegando com Fury no chão. Mas uma noite, ela o convidou para a cama – e, embora provavelmente ainda tremesse de medo, a criança ainda achou forças para se certificar de que seu amigo querido e protetor se sentisse seguro e aconchegado também, cobrindo-o com o cobertor com todo carinho e cuidado.

A cena capturada em vídeo é emocionante:

O vídeo acima tem um ponto forte desde que foi postado online – não apenas por mostrar a ternura e carinho entre Adalynn e seu cachorro, mas também por dissipar discretamente estereótipos negativos sobre pit bulls como Fury. Para Leary, ver sua filha e cão juntos indica uma linda verdade e que ele escreveu sobre:

“Se você os cria com amor, eles só mostram amor”.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More
Notícias

Câmera flagra gatinho confortando cachorro ansioso enquanto o tutor de ambos está fora

Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas
Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas

O apoio de um amigo pode ser uma ferramenta poderosa para combater a ansiedade e a solidão – alguém que gentilmente mostra que você não está sozinho e que tudo ficará bem.

Ninguém sabe disso melhor do que Joule – um cachorrinha de natureza doce que odeia ser deixada à própria sorte.

Joule percorreu um longo caminho desde que foi resgatada há quatro anos por Brenna Eckert.

Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas
Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas

“Joule sentia muita ansiedade quando a adotamos pela primeira vez”, disse Eckert ao The Dodo. “Nós trabalhamos intensamente com um especialista em comportamento canino para ajudar a resolver alguns de seus problemas nervosos”.

“Ela é certamente um cão bem grudado na gente”, disse Eckert. “Quando estamos em casa, ela sempre precisa estar perto de nós o tempo todo”.

Logo depois que Joule se juntou à família, Eckert adotou outro animal doméstico: um gatinho malhado laranja que ela chamou de Kelvin. Joule e Kelvin se deram muito bem desde o começo – o que parecia ser o destino que os havia unido.

Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas
Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas

“Os abrigos de animais deram a cada um deles um nome temporário antes de adotá-los”, disse Eckert. “O nome do abrigo de Kelvin era Socks (Meias) e o nome do abrigo de Joule era Sandals (Sandálias). Que irônico que meias e sandálias formassem um par tão perfeito! ”

Mas Eckert nunca poderia ter previsto o quão profundo seria o laço e o vínculo que a cachorrinha e o gato formariam – até que um dia, ela decidiu instalar câmeras de segurança em sua casa toda para monitorar as coisas enquanto ela estava no trabalho.

Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas
Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas

Quando Eckert assistiu a filmagem, ela não pode acreditar no que viu. Seu gato descontraído estava docemente consolando sua cachorra tensa. Não apenas por um momento – mas por todo o dia.

“Percebemos que Kelvin e Joule estavam no sofá juntos quase todos os dias”, disse Eckert. “Mudei a câmera para ter uma visão mais próxima do sofá e fiquei impressionada ao ver que eles não estavam apenas compartilhando o sofá, mas eles estavam se aconchegando um no outro também”.

Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas
Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas

Eckert ficou tão emocionada que ela postou um dos vídeos no Reddit (plataforma de vídeos, mídia social) com o comentário: “Isso acontece literalmente todos os dias da semana durante as 8 horas que estamos fora de casa”.

Mas Joule não é a única que se beneficia desse arranjo repleto de carinhos. Kelvin também pode ficar sozinho quando Eckert está fora – e Joule preenche essa lacuna perfeitamente.

“A personalidade de Kelvin é muito suave e doce”, explicou Eckert. “Ele adora dormir e ficar quentinho, e ele fica aconchegado ao Joule durante o dia”.

Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas
Foto: Instagram/ginger_cat_and_vizslas

Se Eckert nunca tivesse instalado as câmeras, esse relacionamento especial teria permanecido apenas entre Joule e Kelvin. Mas Eckert está feliz em saber que alguém está cuidando da cachorrinha ansiosa enquanto ela está longe – mesmo que Joule nem sempre pareça grata a Kelvin.

“Eles só se abraçam assim quando não estamos por perto”, disse Eckert. “Se estamos em casa, Joule quer estar conosco, então ela basicamente ignora o gato.”

A única exceção é se Eckert se deita no sofá – então toda a família se aninha junta.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

​Read More