Notícias

Filhote de elefante é resgatado de fossa de lama

Um filhote de elefante foi resgatado depois de passar dois dias preso em uma fossa de lama. Sua mãe ficou ao seu lado o tempo todo, desesperada, tentando encontrar uma maneira de cavar a lama para tirá-lo de lá.

A equipe de resgate, Fundação Bumi Hills, atravessou o lago Kariba, em Zimbábue, depois de ser alertada por pescadores da região. Eles encontraram a mãe, mesmo depois de dois dias, tentando freneticamente libertar seu bebê – cavando ao redor dele com as patas e a tromba.

A mãe elefante tentando tirar a terra para livrar seu bebê
Foto: T&T Creative Media

Quando viu as pessoas se aproximando, avançou contra o barco, pronta para proteger seu bebê das possíveis ameaças. A equipe teve que sedá-la, para que pudesse se aproximar para resgatar o filhote. Enquanto uma parte das pessoas se encarregava de removê-lo da lama, outras se preocuparam em acalmar a mãe com água e toalhas úmidas.

Após trinta minutos de intenso trabalho, escavando o chão e puxando o filhote amarrado com cordas, a equipe finalmente conseguiu libertá-lo. A mãe foi examinada antes que acordasse e, enfim, os dois puderam retornar para a mata.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Cordeiros órfãos são adotados por cadela em Uruguaiana (RS)

Uma cadela adotou quatro cordeiros órfãos em uma fazenda em Uruguaiana, no Rio Grande do Sul. Os filhotes foram abandonados pelas mães, mas encontraram carinho e aconchego na cadela.

“Nunca tinha visto isso”, contou ao G1 o capataz Luís Alexandre Abreu Alves, de 42 anos. “Até gravei em vídeo porque me chamou a atenção”, completou.

Foto: Luís Alexandre Abreu Alves/arquivo pessoal

De acordo com Alves, os filhotes foram abandonados porque nasceram gêmeos e os mais fracos costumam ficar para trás. “Eu recolho e acabo ficando com eles”, disse o funcionário da propriedade.

Acostumada a conviver com cordeiros, a cadela Lassie logo se aproximou dos filhotes. “Comecei dar leite, ela começou a se chegar, foi lambendo eles, foi deitando com eles. Um deles começou a procurar ela para mamar, e assim começou”, contou Alves.

Os filhotes fazem movimento de mamar ao procurar a cadela, mas são alimentados através de mamadeiras dadas pelo capataz.

“É um instinto que cães e gatos vêm demonstrando cada vez mais, principalmente cadelas, que adotam essa outra espécie, e acabam, muitas vezes, até produzindo leite, se há estímulo das outras mamadas”, afirma o veterinário João Pereira Júnior, diretor do Sindicato Médico Veterinário do Rio Grande do Sul. Essa alimentação, no entanto, não é adequada, segundo o especialista.

De acordo com o veterinário, o nascimento de gêmeos entre os ovinos é comum e se torna ainda mais frequente por causa das técnicas utilizadas por produtores rurais. O abandono dos filhotes pela mãe também é normal, segundo Júnior.

“Muitas vezes os cordeiros não nascem com peso adequado, se não mamam nas primeiras horas o colostro [leite produzido nos primeiros dias de amamentação], eles ficam mais fracos e ficam pra trás”, comentou.

“Um fica mais esperto e forte, mama o colostro, fica mais forte e a mãe muitas vezes abandona por isso, por sentir que o outro vai morrer, e acaba deixando, para proteger o mais forte”, acrescentou.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Notícias

Cadela tenta esconder filhote para protegê-lo em abrigo nos EUA

Uma cadela foi flagrada tentando esconder seu único filhote em um abrigo no Texas, nos Estados Unidos. Assustados, os animais tremiam diante de uma voluntária do local, que os fotografava.

Foto: Reprodução / Portal Amo Meu Pet

As fotos foram divulgadas na internet na tentativa de encontrar um adotante que aceitasse levar os dois animais juntos para casa. A voluntária sabia que se eles não fossem adotados, poderiam não sobreviver.

O caso comoveu outro abrigo de animais, localizado em Nova York, que decidiu compartilhar o vídeo para impulsionar seu alcance. As informações são do portal Amo Meu Pet.

Foi assim, através das redes sociais, que Dava Hammack soube dos cães. A triste história da dupla comoveu a mulher, que mesmo já tendo outros quatro cachorros adotados em casa, decidiu ficar com a cadela e com seu filhote.

Foto: Reprodução / Portal Amo Meu Pet

Para buscá-los, Dava contou com a companhia de sua filha de 12 anos. Na volta do abrigo, enquanto a mãe dirigia para casa, a criança ficou observando os cães, que logo começaram a ficar mais confiantes e relaxar.

“A mãe colocou a cabeça sobre o bebê e eles dormiram no caminho de volta”, disse Dava.

No entanto, mesmo se sentindo mais segura, o instinto materno falou mais alto e a cadela continuou tentando proteger seu pequeno filhote. Agora, no entanto, tendo um lar amoroso para viver, com uma tutora responsável e disposta a oferecer a eles todos os cuidados, além de quatro irmãos caninos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More
Vídeos legais

Lição de mãe

As crianças aprendem copiando seus pais. E é isso que esse vídeo mostra. Uma adorável gatinho aprendendo com sua mãe como tomar banho. Ele fica ao lado dela e tenta imitar todos os seus movimentos.

​Read More
Destaques, Notícias

Em gesto extraordinário, vaca esconde filhote para salvá-lo da morte

(da Redação)

Maureen McGowan
Maureen McGowan

Moses é um bezerro de dois meses que nasceu numa fazenda de exploração leiteira operada por uma comunidade amish no estado norte-americano da Pensilvânia. Uma vez por semana, um caminhão passa pela fazenda para recolher os filhotes das vacas, que são assassinados e vendidos como vitela, segundo informações do The Dodo.

A mãe de Moses já perdeu muitos filhos ao longo dos anos, mas tomou uma atitude surpreendente quando viu o familiar caminhão de vitela se aproximando pela estrada. A vaca escondeu o pequeno Moses, impedindo que fosse levado rumo ao trágico destino que espera por filhotes nessa situação.

Funcionou, mas não por muito tempo. Quando o fazendeiro descobriu que Moses não tinha sido levado, ficou furioso, pois o caminhão só retornaria dali a uma semana, e ele não queria o incômodo de alimentar o animalzinho com mamadeira. Tampouco permitiu que Moses bebesse o leite produzido pela mãe, já que pretendia vender o leite da vaca.

Decidiu então remover o amado Moses da companhia de sua mãe, para abandoná-lo fora da fazenda, completamente sozinho e desamparado.

Felizmente, Moses deu sorte mais uma vez. Uma mulher solidária passou por ali e percebeu a presença do bezerro. Logo, se dirigiu ao fazendeiro, perguntando-lhe se pretendia alimentar e cuidar do filhotinho, mas o homem ignorou a pergunta e foi embora.

Maureen McGowan
Maureen McGowan

Sensibilizada, a mulher confrontou o fazendeiro e acabou conseguindo sua permissão para levar o filhote até a entidade Animal Rescue Inc., que costuma resgatar cães e gatos. Lá, ele foi batizado de Moses (em referência ao bíblico Moisés, cuja mãe é tida como um exemplo de amor materno). Mesmo vivendo longe de sua mãe, o pequeno Moses é prova viva do forte vínculo que une esses animais a seus filhotes.

Algumas pessoas argumentam que esse tipo de comportamento deriva dos instintos naturais do animal, mas as vacas são conhecidas pelo imenso amor materno que sentem. A veterinára Holly Cheever documentou uma história impressionante, que aconteceu quando ela trabalhava numa fazenda leiteira.

Uma vaca que já tivera diversos bebês roubados estava prestes a dar à luz gêmeos. Sabendo que o fazendeiro esperava somente um filhote, ela levou um dos recém-nascidos bezerros até o fazendeiro, mantendo o outro escondido em um campo. O fazendeiro percebeu que a produção de leite da vaca em questão estava reduzida e, desconfiado, seguiu o animal, encontrando o outro bezerro, que foi então igualmente levado.

Felizmente, o caso de Moses teve um final menos trágico. O bezerrinho encontrou um lar permanente no Popular Spring Animal Sanctuary, no município de Poolesville, em Maryland. “Ele é um doce de animal. Amigável, adora pessoas e gosta de lambê-las,” conta Terry Cummings, cofundadora e diretora do santuário que recebeu Moses.

Cunnings relata que o filhote está se adaptando bem à nova vida. Moses está se familiarizando com as outras vacas residentes no local e poderá se juntar ao rebanho quando estiver um pouco mais crescido. Fez amizade com uma ovelha chamada Andy e gosta muito de correr e brincar.

Infelizmente, a mãe de Moses jamais saberá do destino de seu filhotinho. Mas seu ato de amor valeu a pena, pois esse bezerro recebeu outra chance de viver com dignidade.

​Read More
Notícias

Lindas fotografias de animais em família

Os fotógrafos da vida selvagem têm um prazer especial em captar imagens dos animais quando estão em família. Porque é sempre emocionante e inspirador, retratar o amor maternal e fraternal que não é só propriedade da raça humana.

Veja as fotos que mostram essa intimidade:

Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação

 

Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação
Foto: DIvulgação

Fonte: Chiado Magazine

​Read More
Notícias

Cadela adota gatinhos órfãos no interior de SP

Em Patrocínio Paulista, cidade do interior de São Paulo, uma história pouco comum. Depois de perder os filhotes, uma cadela adotou dois gatinhos e chegou a amamentá-los.

Suzinha, como é chamada pelos tutores, deu cria a três filhotes, mas dois morreram. O tutor dela teve então a ideia de colocar os dois gatinhos para mamar junto com o filhote de cachorro que ficou vivo para Suzinha não estranhar.

O gesto de amor impressiona pela dedicação. Suzinha considera os dois gatinhos como filhos.

De acordo com a veterinária Selma de Oliveira, isso acontece devido a uma produção de hormônio, conhecido por hormônio do amor materno. Os animais estão pré-dispostas a pegar qualquer coisa como filhote.

Veja o vídeo:

Fonte: R7

​Read More