Histórias Felizes, Notícias

Cachorro não larga a almofada impressa com a foto de seu irmão que morreu

Foto: Beth Fisher
Foto: Beth Fisher

Por 10 longos e felizes anos, Spencer e Rocky foram amigos inseparáveis.

De fato, o maior prazer dos companheiros peludos era simplesmente estar perto um do outro.

“Eles nunca tinham passado uma noite separados”, disse Beth Fisher, tutora dos cães, ao The Dodo.

“Rocky e Spencer dormiam na mesma cama, comiam da mesma tigela e sempre caminhavam juntos, lado a lado, quando saíam pra passear”.

Foto: Beth Fisher
Foto: Beth Fisher

Infelizmente, no entanto, o tempo feliz que os companheiros de quatro patas passaram juntos havia chegado ao fim.

Durante uma visita ao veterinário para identificar uma doença que o cão de pelos claros, Rocky, tinha desenvolvido, um grande tumor cancerígeno foi encontrado crescendo dentro dele.

A descoberta trágica, feita tarde demais para o tratamento, deixando apenas uma opção para acabar com o sofrimento do pobre cão.

“Rocky teve que ser morto por indução naquele dia”, disse Fisher.

Foto: Beth Fisher
Foto: Beth Fisher

“Foi difícil processar a morte repentina de Rocky, mas não podemos imaginar o quão difícil deve ter sido para Spencer ter perdido seu irmãozinho”.

Spencer estava de coração partido, sofrendo muito – e demonstrou isso.

“Desde que Rocky faleceu, Spencer tem se levantado durante a noite para vagar pela casa procurando por seu irmão”, disse Fisher. “E então ele começa a chorar porque não consegue encontrá-lo”.

As cinzas de Rocky foram colocadas em uma prateleira acima de onde ele e seu irmão dormiam, para manter o par próximo. Mas era evidente que Spencer precisava de algo mais para ajudá-lo a lidar com o luto da perda.

Foto: Beth Fisher
Foto: Beth Fisher

Então, o pai de Fisher teve uma excelente ideia e providenciou a realização dela imediatamente: um travesseiro para Spencer com o rosto sorridente de Rocky impresso nele.

Imediatamente, o presente significativo e original deixou Spencer à vontade com ele.

O travesseiro que homenageia Rocky parece ter ajudado a preencher o vazio que sua morte havia deixado no coração de Spencer.

“Spencer está se aconchegando no travesseiro desde que ele chegou, levando-o do sofá para sua cama”, disse Fisher. “Ele parece muito mais decidido agora, ele tem algo para se aconchegar, igual fazia com o irmão”.

Foto: Beth Fisher
Foto: Beth Fisher

O cão de luto não dorme mais sozinho.

Nada, claro, pode trazer Rocky de volta completamente. Embora Spencer, que já está envelhecendo, adormeça, é reconfortante saber que seu melhor amigo ainda está ao seu lado em espírito.

Do jeito que ele sempre foi em vida.

Foto: Beth Fisher
Foto: Beth Fisher

“Eu não acho que Spencer algum dia vai superar o falecimento de Rocky, mas espero que ele possa aprender a continuar sem ele”, disse Fisher, acrescentando que o caminho a ser seguido pelo cão, é uma estrada que ele nunca terá que enfrentar sozinho.

“Esperamos que Spencer consiga conforto em seu novo travesseiro e receba forças de todo o amor e carinho que ele recebe de sua família”.

​Read More
Histórias Felizes, Notícias

Cão se desespera ao perceber que rasgou seu travesseiro favorito

Foto: Allie O'Cain
Foto: Allie O’Cain

Draco, é um cão da raça pitbull, que não teve um começo de vida fácil, mas uma coisa foi responsável por proporcionar o conforto ao cachorro em tempos bons e ruins: um travesseiro em forma de coração com braços.

O travesseiro se transformou no porto seguro de Draco, em qualquer lugar que o jovem pitbull ia, o travesseiro de aparência engraçada estava junto, como uma âncora. “Se alguém pegar seu travesseiro, ele vai pular e agarrá-lo”, Allie O’Cain, a mãe de Draco, disse ao The Dodo. “Ele suga o companheiro de pan todos os dias para adormecer”.

Foto: Allie O'Cain
Foto: Allie O’Cain

Recentemente, no entanto, parecia que a almofada companheiro e intensamente valorizada do filhote estava destinada à lixeira – algo que Draco absolutamente não podia permitir.

Draco sempre tratou seu travesseiro com cuidado e carinho desde que O’Cain o resgatou ainda filhote e órfão, de um criador de pitbulls com apenas 2 semanas de idade.

“Draco é um amor e é muito agitado e nós nos tornamos uma casa só de brinquedos de borracha porque qualquer coisa com estofamento ele destruirá em menos de cinco minutos”, disse O’Cain. “Mas ele tem sido tão gentil e amoroso com este travesseiro, é impressionante”.

Foto: Allie O'Cain
Foto: Allie O’Cain

Mas quando o amigo canino de Draco, um labrador negro chamado Willow, quis compartilhar o travesseiro com ele, o pitbull ficou um pouco super protetor. Ele correu para pegar de volta seu travesseiro de estimação e, no processo, o objeto rasgou. Quando o enchimento começou vazar, parecia que o pior acontecera.

Felizmente, a avó de Draco viu o que estava acontecendo e entrou em ação.

“Achamos que [o travesseiro] estava tão desgastado pelo uso que simplesmente rasgou”, disse O’Cain. “Minha mãe se apavorou, agarrou o objeto e gritou: ‘Eu vou consertar isso, Draco!'”

A avó de Draco levou o travesseiro para sua máquina de costura e começou a “cirurgia”.

Foto: Allie O'Cain
Foto: Allie O’Cain

Mas Draco não podia ficar de braços cruzados enquanto seu verdadeiro amor estava sendo operado.

“Durante todo o tempo em que durou o processo de restauração do travesseiro, a cabeça e as patas de Draco estavam esticadas ao extremo para que ele pudesse acompanhar de perto o que acontecia”, disse O’Cain. “Ele estava choramingando, ganindo e tentando alcançar seu brinquedo com a boca”.

“Ele agia como se sua esposa estivesse em cirurgia”, escreveu O’Cain no Facebook.

Assim que o travesseiro foi consertado, Draco correu para acariciar seu brinquedo favorito, claramente aliviado por ter ele ficado inteiro novamente.

O’Cain e sua mãe continuarão consertando o travesseiro até que Draco supere seu brinquedo de infância – se esse dia chegar. Mas conhecendo Draco, isso parece pouco provável.

“Os valentões são exatamente o oposto do que as pessoas pensam”, disse O’Cain. “Eles permanecem grandes bebês para sempre!”

​Read More
Notícias

Homem espanca cadela brutalmente por ter mordido almofada decorativa

Steven Thompson, um homem de 26 anos, decidiu exercer sua força e expressar sua frustração dando golpes no rosto de sua cadela, de apenas 9 meses de idade. Ela teve que ser levada para a sala de emergência de uma clínica veterinária.

Sugar foi espancada e jogada contra o chão (Foto: Divulgação)

O escritório do xerife do Condado de Sarasota, na Flórida (EUA), disse que Thompson estava chateado porque sua cadela mordeu um travesseiro decorativo. Motivado por algo tão fútil, ele bateu em Sugar, como é chamada a cadela, até ela ter que ser internada.

Thompson trouxe Sugar para uma clínica de emergência, em Sarasota. A equipe veterinária descobriu que a cadela estava com um distúrbio respiratório crítico e tinha graves lesões internas.

Eles sabiam que algo estava errado e começaram a fazer perguntas a Thompson. Depois de um curto interrogatório, ele admitiu não só ter atingido a cadela várias vezes com o punho fechado, mas também ter a jogado contra o chão. Tudo porque ela mastigou um travesseiro que pertencia a sua namorada.

Thompson foi preso, levado sob custódia e acusado de crueldade contra animais. Mais tarde, ele foi liberado com fiança de U$ 1.500 – cerca de R$ 4.600.

As autoridades revelaram que ele “mostrou um grande remorso” por sua ação durante a prisão. Enquanto isso, Sugar foi deixada ao cuidado da equipe veterinária.

Fonte: Histórias Com Valor

​Read More
Notícias

Aves são depenadas vivas para a produção de almofadas e edredons

A rede de lojas sueca IKEA, instalada em Portugal, recentemente iniciou um processo de pedido de devolução de alguns produtos devido a maus-tratos a animais.

As almofadas e edredons que continham penas de ganso foram alvo de uma polêmica. A IKEA descobriu que as aves eram depenadas ainda com vida na China.

Defendendo uma política contra a crueldade para com os animais, a cadeia de lojas sueca solicitou a devolução dos artigos e mudou de fornecedor.

Com informações de Diário de Notícias

​Read More