Notícias

Exposição “Pintando Gatos” começa sábado e reúne mais de 50 artistas

Divulgação

Um time de talentosos artistas plásticos, ilustradores e cartunistas mergulhou no fascinante mundo felino para produzir obras que estarão expostas e à venda a partir de sábado, 1º de setembro, na Cobasi Villa Lobos (SP). A renda será revertida à ONG Amanimais, de SP, que tem sob seus cuidados mais de 200 gatinhos, vários deles abandonados com idade avançada, com sérios problemas de saúde e deficiências físicas.

Entre os artistas estão: Mauricio de Sousa, Laerte, Marcelo Lopes de Lopes, Clovis Vieira, João Alves, Lézio Júnior, Fernando Rodrigues, Junior Nascimento, Moacir Torres, Jal Lovetro, Vicky Von Dorff, Ocimentobento e Pryscila Vieira, dentre outros.

Mauricio de Sousa, inclusive, é um confesso apaixonado por animais, por isso, na exposição, estarão presentes desenhos do Bidu e do Mingau, personagens das consagradas histórias da Turma da Mônica. A título de curiosidade: dois cães da família do artista frequentam diariamente os Estúdios Maurício de Sousa.

Divulgação

O artista plástico João Alves estará, na abertura da exposição, retratando a gatinha Ághata Borralheira, protagonista do livro “Ághata Borralheira & Amigos Tocando Corações”. Ela ganhou uma homenagem na mostra devido ao seu carisma e missão: chamar a atenção para o encanto dos gatos pretos que, infelizmente, ainda são os mais abandonados nas ruas e esquecidos nos abrigos.

“A ideia de pintar na abertura da mostra é uma maneira de divulgar a arte. Os animais são uma fortíssima fonte de inspiração e, tecnicamente falando, exige muito conhecimento da anatomia deles, muita observação da expressão”, explica o artista que atualmente tem duas cachorrinhas, mas já teve vários gatos.

A homenagem à Ághata Borralheira inclui ainda exposição de fotos e respectivo figurino de seu livro, além da exibição de alguns de seus filminhos que fizeram grande sucesso no Facebook que leva seu nome.

Vicky Von Dorff também participa da mostra já que sua especialidade é pintar gatos: “Minha avó tinha 80 gatos e cresci no meio deles. Não brincava de boneca, mas de gato. A paixão começou assim. E a inspiração veio pela liberdade, beleza, sensualidade dos gatos e pela forma de amar deles que é diferente porque é independente, mas não é menos amorosa do que a forma de um cachorro, por exemplo. Eu me inspiro muito no movimento dos meus gatos quando estão tomando sol. A companhia deles é também inspiradora, o jeito deles ficarem no nosso colo e de nos acordarem”.

Divulgação

A dupla Renato de Pinho e Eduardo Trova, da Ocimentobento, como o próprio nome diz, faz esculturas com cimento. Para eles “gatos são mágicos, seres de muita percepção espiritual e nós adoramos fazer os gatos em esculturas porque exigem mais elegância nas formas”.

Além desse rico cenário de cor e criatividade, os visitantes da exposição poderão conhecer, por meio de vídeo, os gatinhos da Amanimal que estão para adoção. A renda arrecadada com a venda das obras contribuirá para a construção de um abrigo com toda a estrutura necessária para dar qualidade de vida a tantos bichanos vítimas de maus-tratos e abandono que a fundadora da ONG, Doroti Bottoni, vem acolhendo ao longo da vida.

“Minha paixão por animais vem de família. Aprendi com seu pai a amar e respeitar os animais. Desde criança, por morar numa fazenda, convivi com cavalos, vacas, coelhos, cães e muitos outros animais. Com o passar do tempo fui me apaixonando pelos gatos. Hoje mantenho parte deles na minha casa e outra parte em lares temporários”, conta a protetora.

Divulgação

O lançamento no dia 1º de setembro na Cobasi Villa Lobos contará com a presença de alguns artistas a partir das 14h e de muitos “peludos”. A partir de 17 de setembro a mostra vai para a Cobasi da Rua Augusta.

Serviço: Cobasi Villa Lobos, Rua Manoel Velasco, 90 – Vila Leopoldina (SP) Fone (11) 3831-8999. Cobasi Augusta, Rua Augusta, 2380 – Cerqueira Cesar (SP) Fone (11) 3831-8999. De segunda a sábado das 8h às 22h e aos domingos das 8h às 20h.

​Read More