Notícias

Portugal terá fim de semana de observação das aves

No âmbito das comemorações do “Fim de semana europeu de observação das aves”, organizado pela Birdlife International, a Sociedade Portuguesa para Estudo das Aves (SPEA) vai promover, nos dias 2 e 3 de outubro, um total de 17 atividades por todo o país, duas das quais na Madeira.

De acordo com a SPEA, trata-se de duas atividades distintas, “que permitem aos interessados conhecer um pouco mais sobre algumas das aves migradoras que nos visitam ou sobre as aves marinhas que ocorrem no nosso mar”.

Assim, conforme refere a SPEA, “no dia 2 de outubro, na ribeira de Machico, os participantes terão oportunidade de observar garças, limícolas e outras aves que utilizam esta ribeira para descansar e se alimentar”.

Depois, já na tarde do dia 3 de outubro, “todos os interessados poderão conhecer a costa norte a partir de um barco e observar de mais próximo as aves marinhas tais como cagarras, almas-negras e freiras e com alguma sorte poderão observar tartarugas e golfinhos”.

Sobre este evento Ana Isabel Fagundes, diretora da SPEA-Madeira salienta: “após onze anos a SPEA-Madeira continua a associar-se a este evento que anualmente reúne cerca de 30 mil pessoas de 28 países diferentes. Este ano pretendemos contribuir com um elevado número de participantes e uma grande diversidade de aves observadas”.

Segundo a SPEA, “todos os interessados em participar deverão contactar a SPEA-Madeira, até ao dia 30 de setembro, pelo e-mail madeira@spea.pt ou pelo celular 9672-32195″.

Diz ainda a SPEA que “o “fim de semana europeu de observação das aves” é comemorado anualmente há já largos anos e ao qual a SPEA e muitas outras entidades se têm associado. Esta é uma iniciativa da BirdLife International, implementada em todos os países europeus que tenham um parceiro desta associação e é considerado o maior evento de observação de aves da Europa”.

Pretende ser “um evento dirigido ao público em geral, para alertar para o declínio das espécies de aves, sobretudo as migradoras, e todos os anos o número de participantes supera o anterior. Em 2009 participaram mais de 32 mil pessoas”.

Fonte: Jornal da Madeira
 
 


​Read More