Destaques, Notícias

Vídeo mostra típico mercado asiático de animais vivos

Com mais de 3 milhões de visualizações e gravado na Indonésia, o video mostra um pouco do que acontece em mercados de venda de animais vivos da Ásia, como o de Wuhan, epicentro do coronavírus

Cena de mercado de animais da Indonêsia que foi compartilhado como sendo da China, mas que contém mesmo cenário de outros mercados asiáticos

O vídeo abaixo, que está sendo muito compartilhado nas redes sociais como sendo do mercado de Wuhan na China, epicentro do coronavírus, foi na verdade gravado num mercado em Sulawesi, na Indonésia. As fortes cenas mostram cães mortos e outros esperando para serem mortos socados dentro de gaiolas ou simplesmente soltos e “imóveis”, encostados em paredes em possível estado de choque ou paralisados de dor e medo.

Outros animais são mostrados no vídeo como cobras, ratos, morcegos e um filhote de gato sendo retirado da gaiola. Inúmeros grupos de defesa animal da Ásia denunciam que cães e gatos são esfolados e cozidos vivos. Os que aguardam serem mortos assistem todo o sofrimento dos demais.

NO VÍDEO não há cenas dos animais sendo mortos, mas de animais já mortos sendo cortados ou assados. É um clima explícito de sofrimento tingido de sangue, que aparece pelo chão, mesas e paredes.  

Confira:

Número de infectados e mortes cresce a cada dia

Ontem, pela primeira vez, a OMS – Organização Mundial de Saúde, declarou que se trata de emergência internacional. A epidemia pelo novo coronavirus já tem 10 mil casos confirmados oficialmente, mas vale lembrar que, só na China, mais de 100 mil pessoas estão sendo monitoradas. São 213 mortos até o momento. No Brasil 9 casos possíveis da doença estão sob análise.

O coronavírus já surgiu também nos Estados Unidos, Austrália, Japão, Malásia, Cingapura,  França, Coreia do Sul, Vietnã, Canadá, Alemanha, Nepal, Hong Kong, Macau, Taiwan e Tailândia. Até agora o que se sabe da doença é que costuma ser grave em 18% dos casos e levar à morte 2%. O principal contágio é pelo ar e, por essa razão, as pessoas passam a usar máscara cirúrgica nos locais de risco ou onde há grande aglomeração de pessoas.

Saiba os horrores aos quais os animais de Wuhan (ponto zero do coronavírus) são submetidos acessando AQUI

Filme retrata Terra dizimada por vírus semelhante ao coronavírus

O filme “A Colônia” de 2013 vale ser visto ou revisto nesse momento. A produção reúne um pouco de tudo que estamos vivendo ou prestes a viver. Começa com a transformação radical da Terra em razão da crise climática, que já reduz bastante a humanidade, mergulhando-a numa nova era glacial que vem em seguida ao aquecimento global.

Depois surge uma doença com características semelhantes ao coronavírus que limita as pessoas de terem contato com o exterior de suas colônias subterrâneas. A doença, extremamente contagiosa, dizima mais uma boa parte dos sobreviventes. Mas o pior ainda está por vir quando a fome se torna imperativa. Aviso: não é um daqueles filmes que mostram zumbis atacando pessoas saudáveis. Vale a pena conferir.

Fátima ChuEcco é jornalista ambientalista e atuante na causa animal

​Read More