Destaques

Número de veganos acima de 60 anos cresce a cada dia  

 

Foto: Pixabay

Seja por questões de saúde, bem-estar animal ou preocupações com o planeta, o veganismo ganha força em todo o mundo impulsionando o mercado a se reinventar para atender a notável demanda por produtos livres de crueldade.

Para mostrar o alcance do movimento, o jornal The Telegraph divulgou um relatório que cita vários exemplos de veganos mais velhos, incluindo uma avó de 74 anos, um trabalhador de 64 anos e um empreendedor de 56 anos.

O artigo menciona “crueldade animal em práticas agrícolas” como um fator motivador para o abandono de produtos de origem animal mas concentra-se principalmente nos benefícios para a saúde, incluindo perda potencial de peso, aumento dos níveis de energia e melhor digestão, entre outros. As informações são do Plant Based News.

Benefícios veganos

“Parece que uma dieta vegana não só pode reduzir a ascensão do diabetes, como parte de um plano de perda de peso, mas também pode ajudar com problemas renais”, disse o Dr. Frank Miskelly, médico consultor em atendimento a idosos do Imperial College Healthcare NHS.

“As dietas hiperproteicas comuns para quem come carnes podem prejudicar os rins. A perda de peso também pode estar relacionada com a síndrome metabólica, a doença ocidental associada à obesidade, pressão alta e colesterol alto.

Além disso, a ANDA já noticiou sobre descobertas médicas e científicas importantes que relacionam o veganismo como forma de prevenção e também como alternativa de tratamento para doenças como diabetes tipo 2 e demência.

Jovens veganos

Este relatório segue múltiplas pesquisas e análises de pesquisas de mercado mostrando que, em geral, os jovens são mais propensos a se tornarem veganos do que os mais velhos – com dados de pesquisas divulgados no ano passado, mostrando como os jovens lideras as dietas vegetarianas e veganas.

Quase 8 milhões de residentes britânicos – cerca de 12% da população – se identificam como veganos, vegetarianos ou pescatários, de acordo com pesquisa da Harris Interactive para a revista especializada em alimentos The Grocer. Os 12% dividem-se em seis por cento vegetarianos, quatro por cento pescetários e dois por cento veganos.

 

​Read More