Notícias

Ativistas resgatam 28 cachorros de matadouro após denúncia

Ativistas das ONG’s Em Defesa dos Animais (IDA, na sigla em inglês) e Jindo Love Rescue salvaram 28 cachorros, cansados e traumatizados, do matadouro. As organizações descobriram os animais amontoados em um caminhão cujo destino provavelmente era o festival de carne de cachorro da Coréia do Sul, o Boknal.

Imagens divulgadas pela IDA mostram os ativistas conversando, decidindo o que fazer para ajudar os animais, que estavam sufocando – eles estavam tão apertados que não podiam se mexer e lutavam para respirar.

“Nossos parceiros de resgate coreanos receberam uma denúncia sobre um caminhão cheio de gaiolas de metal enferrujado, amontoadas de cachorros inocentes, e correram para o local”, explicou Fleur Dawes, diretora de comunicação da IDA. Ela destacou o fato de que os cachorros mal podiam respirar.

Vinte e oito cachorros foram salvos, mas infelizmente dois acabaram morrendo por conta da negligência a que foram submetidos. “Muitos cachorros ainda estão lutando pela vida e precisam de tratamento veterinário avançado”, disse Fleur, acrescentando que alguns dos animais possuem dirofilariose – doença parasitária onde os vermes se alojam no coração do animal, o que pode causar problemas graves.

“O resgate é apenas o primeiro passo – todos os cachorros precisarão de cura, assistência social, treinamento e reabilitação para se curarem completamente”, afirmou Patti Kim, da Jindo Love Rescue.

A situação dos cachorros é tão grave que a IDA prevê um gasto de mil dólares (quase 4 mil reais) para curar cada animal, devido às condições precárias em que viveram por toda a vida. Mesmo assim, as ONG’s estão felizes por tê-los a salvo.

“Depois de ver seus olhos… como poderíamos não salvá-los?”, indagou Patti.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


​Read More