• Home
  • Fumaça de queimadas no Pantanal e na Amazônia chega a outros países

Fumaça de queimadas no Pantanal e na Amazônia chega a outros países

0 comments

Reuters

A fumaça das queimadas que devastam a Amazônia e o Pantanal percorreram mais de 4 mil quilômetros e chegaram a países vizinhos, segundo uma imagem de satélite do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Após avançar em direção ao sul do Brasil, a fumaça encobriu o Peru, a Bolívia, o Paraguai, a Argentina e o Uruguai, colocando a população desses países, e também os animais, sob o risco de problemas respiratórios.

A fumaça resultante das queimadas na região pantaneira também atingiram várias partes do Brasil, conforme imagens de satélites do Programa Queimadas, do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe).

Além de Mato Grosso e Mato Grosso do Sul, onde o Pantanal está situado, a fumaça está cobrindo os territórios de Rondônia, Acre, Amazonas, Pará, Santa Catarina, e parte de Paraná e São Paulo.

Em Santa Catarina, registrou-se uma chuva escura contaminada por partículas de fumaça provenientes dos incêndios. No estado, a fumaça tem sido vista com mais facilidade no amanhecer e no final do dia, quando o sol fica mais alaranjado.

Considerada a maior planície inundável do planeta, o Pantanal vive a pior queimada de sua história, segundo dados do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe). Foram identificados neste ano 15.756 focos de calor no bioma – número superior ao recorde batido em 2005 na região, quando 12.536 focos foram registrados.

Para tentar conter o fogo, brigadistas, bombeiros e oficiais da Marinha se uniram. Voluntários e membros de ONGs também participam das ações, que envolvem o resgate de animais feridos.

A Agência de Notícias de Direitos Animais (ANDA) está movendo uma ação cautelar através da 8ª Vara Federal Cível da Seção Judiciária de Mato Grosso (SJMT) para pedir que o governo federal envie aviões da Força Aérea Brasileira (FAB) ao Pantanal para combater as queimadas.

A ANDA também é uma das 37 ONGs signatárias de uma representação contra os incêndios florestais. O documento foi protocolado no Ministério Público Federal no último sábado (19). Dentre os pedidos feitos, constam a urgência do combate ao fogo, a punição dos responsáveis e o resgate de animais feridos.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>