• Home
  • Policiais que atiraram em cão porque o animal latiu serão investigados, diz PM

Policiais que atiraram em cão porque o animal latiu serão investigados, diz PM

0 comments

Pixabay/Imagem Ilustrativaao-

A Polícia Militar divulgou nota por meio da qual informou que os dois policiais que atiraram em um cachorro após latidos do animal serão investigados. O caso aconteceu em Joinville (SC).

O animal foi baleado no sábado (8) no bairro Paranaguamirim, na Zona Sul da cidade, durante uma operação policial.

Apesar de alegar que os agentes serão investigados, a polícia escreveu no comunicado a versão dos policiais de que não havia nada a fazer senão atirar no animal.

A nota diz que os policiais procuravam um homem que tinha fugido após agredir a própria irmã quando o cachorro latiu e avançou nos dois, que revidaram atirando na boca do cão após, segundo eles, não conseguirem afastá-lo com gritos, chutes e pedras.

Os policiais alegam ainda que prestaram socorro ao animal e ligaram para o Centro de Bem-Estar Animal e outras instituições, mas que não conseguiram contato e foram embora, deixando o cão com sua tutora.

Bárbara Thaiana Gluchowski, tutora do animal, apresenta outra versão. “Minha casa é de madeira e não tem muro, e tem as janelas direto para a rua. O meu cachorro saiu latindo por baixo da casa e, na mesma hora, o policial sacou a arma e atirou na boca dele”, disse ao portal A Notícia.

Bili, como é chamado o cachorro, foi socorrido pela Frente de Ação pelos Direitos dos Animais (Frada), que o encaminhou para uma clínica veterinária. Com a bala alojada na mandíbula, o animal precisará passar por um procedimento de reconstrução óssea.

A presidente da ONG, Liliane Lovato, afirmou ao jornal NSC Total que o cão está com a mandíbula estourada, sente muita dor e não consegue comer.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>