• Home
  • Família acusa vizinho de matar gato com tiro de espingarda de pressão

Família acusa vizinho de matar gato com tiro de espingarda de pressão

0 comments

Reprodução

Tutores de um gato que foi morto em Joinville (SC) acusam um vizinho pela morte do animal. De acordo com a família, o homem teria usado uma espingarda de pressão para atirar no gato.

Buscas foram feitas pela Polícia Militar na casa do homem. Durante a ação policial, foram encontradas armas de uso restrito e munições. Foram apreendidas uma pistola calibre 765 e duas espingardas – sendo uma de pressão, que pode ter sido usada no crime e que era a única a ter registro.

Ao ser indagado pelos policiais, o homem negou o crime. A família, no entanto, relatou ao G1 que o gato estava em cima do muro da casa onde vivia quando o vizinho usou uma espingarda de pressão para atirar contra ele.

Alvejado no pescoço, o gato, que tinha sete meses de idade, foi para dentro da casa da tutora Ana Paula Pallar, mas não resistiu. Outras situações ocorridas recentemente já tinham levantado suspeita da família em relação ao homem.

Encaminhado à delegacia, ele foi autuado por posse ilegal de arma de fogo de uso restrito. O caso de maus-tratos a animais denunciado pelos tutores do gato será investigado.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>