• Home
  • Soldado colombiano arremessa cachorro e maus-tratos são registrados em vídeo

Soldado colombiano arremessa cachorro e maus-tratos são registrados em vídeo

2 comments

Reprodução/YouTube/Semana

Um soldado do 23º Batalhão de Engenheiros arremessou um cachorro no ar no último final de semana no departamento de Nariño, na cidade de Puerres, na Colômbia. Colegas do agressor registraram os maus-tratos em um vídeo, em meio a risos.

O autor do crime, que integra o Exército há sete meses, será expulso das Forças Militares e responderá por maus-tratos a animais, segundo o jornal local “Semana”.

O vídeo que registra a agressão foi divulgado nas redes sociais e gerou indignação. O ministro da Defesa da Colômbia, Carlos Holmes Trujillo, repudiou o ato do soldado.

“Rejeito com indignação a barbárie cometida contra um animal indefeso em Nariño e dei instruções ao comandante do Exército, general Eduardo Zapateiro, para que iniciasse as investigações e adotasse as medidas disciplinares correspondentes”, afirmou.

O Exército Nacional também se pronunciou, afirmando que “o soldado que aparece no vídeo realiza seu serviço militar no município de Puerres, departamento de Nariño, no Batalhão de Engenheiros nº 23, general Agustín Angarita Niño.”

De acordo com o comunicado do Exército, uma investigação foi iniciada a fim de decidir qual sanção será aplicada, além das ações criminais que serão realizadas. “Todas as evidências necessárias serão fornecidas para que todo o peso da lei para tal conduta repreensível seja aplicado a ela”, diz a nota.

“Este Comando rejeita categoricamente esse modo de agir, totalmente e absolutamente contrário ao trabalho do militar, cuja missão constitucional é defender o país”, conclui.

Não há informações que indiquem se o cachorro sobreviveu à agressão brutal que sofreu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>