• Home
  • Tigre bebê procura humanos para pedir ajuda após se separar de sua mãe

Tigre bebê procura humanos para pedir ajuda após se separar de sua mãe

0 comments

Uma tigresa bebê apareceu em uma vila em Gornovodnoye, na Sibéria, pedindo ajuda a moradores por várias semanas. Após perceberam que a mãe da filhote não apareceria, os habitantes do local pediram ajuda a órgãos especializados para realizar o resgate. Especialistas em tigres afirmaram que a fêmea tem apenas 10 meses e é da espécie Amur, criticamente ameaçada de extinção.

A pequena tigresa foi sedada e levada para um centro de reabilitação especializado. No momento do resgate, a filhote ficou extremamente dócil e parecia entender que estava recebendo ajuda. “Na minha experiência, é a primeira vez que um filhote de tigre se comporta com tanta calma durante a imobilização e o transporte”, disse Valery Yashmetov, que participou do salvamento.

Segundo Viktor Kuzmenko, diretor do Tiger Center, organização que reabilita grandes felinos, aponta que o animal sofreu com falta de alimento. “Depois de pegar o filhote de tigre, ficou claro que o animal estava moderadamente exausto e com problemas nutricionais. Nas próximas semanas, serão envidados todos os esforços para restaurar sua saúde e peso normal”, disse.

Kuzmenko assinala que muito provavelmente a tigresa será reabilitada e devolvida com segurança ao seu habitat. Ele levanta ainda a hipótese de que a tigresa pudesse estar sendo criada em cativeiro e ter fugido ou ter sido abandonada. Especialistas que analisam o comportamento da bebê afirmam que ela tem hábitos incomuns, como preferir beber caldo de carne à água.

Agora, o desafio da equipe que está cuidando da reabilitação da filhote é garantir que ela desenvolva instintos naturais para que possa ser devolvida em segurança à natureza. A espécia Amur se tornou criticamente ameaçada de extinção devido à caça e a destruição de seu habitat, a perda de qualquer indivíduo têm uma impacto crítico da população da espécie.

Esperamos que a tigresinha em breve retorne para o seu lar.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>