• Home
  • Pato resgatado quando era apenas um bebê não se separa do homem que o salvou

Pato resgatado quando era apenas um bebê não se separa do homem que o salvou

0 comments

Steven Thibeault

Steven Thibeault administra um complexo de apartamentos em Nahant, Massachusetts (EUA), e em uma manhã, quando chegava para trabalhar, encontrou um pequeno patinho bebê sozinho lutando para sobreviver na piscina do condomínio. Ele resgatou o filhote indefeso, mas não conseguiu encontrar a família do patinho. Thibeault soube que o filhote não sobreviveria sozinho e o levou para casa, batizando-o de Cheerio.

Desde esse dia, Thibeault e Cheerio se tornaram melhores amigos. Thibeault tinha certeza que no futuro poderia devolver o patinho à natureza, mas após crescer, Cheerio ainda prefere viver ao lado do seu salvador. Diariamente, o pato é solto para voar e encontrar outros companheiros de espécie em lagos e no mar, mas à noite retorna para a casa de Thibeault para desfrutar a companhia de seu melhor amigo.

Heidi Fiore

O homem afirma que acha importante que o patinho tenha uma vida social e tenha a liberdade de ir e vir, mas que a escolha sempre será dele. Cheerio sempre terá um lar na casa de Thibeault, mas seu salvador também ficará feliz se o patinho descobrir que prefere viver entre outros animais de sua espécie para começar sua própria família. “Isso depende dele”, disse Thibeault.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Hanging out in one of my favorite spots in the ocean! I’m suck a lucky Duck!

Uma publicação compartilhada por “Cheerio” (@cheeriotheduck) em

“Ele se dá muito bem com outros patos, especialmente machos. Ele é um pouco tímido quando se trata de mulheres neste momento de sua vida, mas espero que isso mude. Ele também sai com outras espécies de patos e gansos, como patos, patos selvagens e gansos que passam o inverno aqui em Nahant. Ele também fez amizades com várias gaivotas”, afirma Thibeault em entrevista ao The Dodo.

Na casa de Thibeault também vive a gatinha Reeses, uma das melhores amigas de Cheerio desde o dia em que ele foi resgatado. Cheerio ama profundamente sua família e, embora um dia ele possa decidir viver em estado selvagem em tempo integral, por enquanto está perfeitamente feliz brincando com seus amigos durante o dia e voltando para casa para sua família à noite.

Steven Thibeault

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>