• Home
  • Quase 300 animais são resgatados e devolvidos à natureza em 4 meses em MT

Quase 300 animais são resgatados e devolvidos à natureza em 4 meses em MT

0 comments

Foto: Polícia Militar Ambiental-MT

O Batalhão Ambiental da Polícia Militar resgatou no estado de Mato Grosso 273 animais silvestres, e os devolveu à natureza, de janeiro a abril deste ano. Todos receberam os cuidados necessários.

O maior aparecimento desses animais em áreas urbanas, que leva a um aumento nos resgates, pode estar associado à quarentena.

Conforme explicou ao G1 o sargento Boa Sorte, o isolamento social imposto aos humanos para combate ao coronavírus reduziu a movimentação de pessoas nas ruas, o que atrai os animais para os centros urbanos.

“O que pode estar ocorrendo é esses animais irem para área urbana devido à pouca movimentação de pessoas, pois tem menos ruídos e eles se sentem mais à vontade”, explicou a sargento.

Ao encontrar um animal silvestre em área urbana, a pessoa deve acionar a Polícia Ambiental para que a equipe de plantão realize o resgate. É importante que os animais sejam retirados das cidades apenas pelas autoridades, sem que o cidadão comum faça contato com a fauna silvestre, para que o resgate seja feito sem riscos e de maneira correta.

“O ideal é isolar o local. Se o animal estiver na cozinha, por exemplo, coloque algo para o animal não ultrapassar aquele cômodo e, imediatamente, ligue para nós que vamos fazer o resgate”, disse o sargento.

“Geralmente, os solicitantes se deparam com esses animais silvestres dentro de casa e entram em contato conosco. O batalhão funciona 24h e sempre tem uma equipe de resgate à disposição”, completou.

Animais silvestres são animais que precisam do contato com a natureza e devem viver em liberdade. Mantê-los aprisionados em cativeiro para atender aos anseios humanos é uma prática cruel e criminosa, proibida pela Lei de Crimes Ambientais.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>