• Home
  • ‘Mato mesmo’, teria dito homem após tirar a vida de dois cachorros em MS

‘Mato mesmo’, teria dito homem após tirar a vida de dois cachorros em MS

0 comments

Pixabay/Mylene2401/Imagem Ilustrativa

Um servidor público da Prefeitura de Aparecida do Taboado matou dois cachorros na última segunda-feira (11) e confessou o crime. O município fica a 457 quilômetros de Campo Grande, em Mato Grosso do Sul.

Uma mulher de 24 anos, tutora dos cães, soube do caso ao procurar pelos animais, que tinham fugido no sábado (9).

Após divulgar fotos dos cachorros para tentar localizá-los, a mulher foi informada por um conhecido que os cães estava mortos e os corpos haviam sido jogados em uma caçamba de lixo.

Na caçamba foram encontrados também os corpos de 10 galinhas mortas. Segundo o portal Mídia Max, o homem que matou os cães justificou o crime afirmando que tirou a vida dos animais porque eles tinham matado galinhas criadas por ele.

A Polícia Militar foi acionada e o agressor, de 46 anos, foi autuado. “Eu mato mesmo”, teria dito o homem ao confessar o crime.

Matar animais é prática criminosa prevista na Lei de Crimes Ambientais. Por essa razão, o autor do crime responderá judicialmente pelo ato praticado.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>