• Home
  • Tartarugas nadam em águas cristalinas perto de aeroporto no Rio de Janeiro

Tartarugas nadam em águas cristalinas perto de aeroporto no Rio de Janeiro

0 comments

Tartarugas foram vistas nadando em águas cristalinas nos arredores do Aeroporto Santos Dumont, no Rio De Janeiro. As imagens foram divulgadas nas redes sociais.

Apesar do autor do vídeo ter afirmado que o isolamento social gerado pelo coronavírus seria o responsável pela claridade da água e o consequente reaparecimento dos animais, especialistas discordam.

Foto: Reprodução/ TV Globo

O oceanógrafo e professor da Universidade do Estado do Rio de Janeiro (Uerj) David Zee afirmou ao G1 que a limpidez da água não tem relação com a quarentena, mas com a sobreposição de dois fenômenos que causaram a alta da maré. Segundo ele, entre os dias 5 e 6 de abril a maré subiu durante a lua cheia, em um fenômeno denominado maré de sizígia.

Houve uma alta da maré causada também por uma frente fria. Os dois fenômenos juntos levaram ao aumento da quantidade de água na Baia de Guanabara. Com isso, a água que chegou ao local empurrou para o fundo os detritos, deixando o local com aparência mais limpa.

“Com essa água limpa, veio carreando um monte de animais do mar, como tartarugas, peixes. Nessa situação de maré elevada, a água ficou limpinha, mas não porque o Rio de Janeiro parou, porque a poluição continua”, destacou Zee, que lembrou que não houve redução no despejo de esgoto.

Para o professor Julio Wasserman, oceanógrafo da Universidade Federal Fluminense (UFF), só é possível descobrir o que causou a limpidez da água por meio de medições e do monitoramento de diversos pontos da Baía de Guanabara.

“Porque você está vendo o fundo, não dá para dizer que a água está maravilhosa. Ela parece que melhorou. Mas dizer que ela esta melhor só medindo”, explicou o oceanógrafo. O especialista, porém, não descarta a possibilidade estar mais limpa na região do Centro por conta da quarentena, já que a atividade industrial pode ter sido reduzida.

“A indústria na Baía de Guanabara também deve estar bem reduzida. Resíduos de indústria, resíduos de petróleo e de uma série de processos estariam diminuindo”, explicou.

O serviço de coleta de amostras para análise da qualidade da água das praias e rios do estado do Rio de Janeiro está suspenso por conta da Covid-19, segundo o Instituto Estadual do Ambiente (Inea). O órgão disse ainda que a água da Baía de Guanabara costuma ficar mais clara durante o outono por conta das condições de vento e marés.

A presença de tartarugas no local, segundo o Inea, pode ter relação com a diminuição da movimentação de embarcações e da operação de voos no aeroporto, o que reduz a produção de ruídos que afastam os animais.

Diretor-presidente do Instituto de Conservação Marinha, o biólogo marinho Marcelo Szpilmann explicou ao G1 que a Baía de Guanabara costuma ser o lar de tartarugas marinhas e que elas ficaram apenas mais visíveis por causa da cor da água.

“Sempre que a água fica mais clara, seja na Baia ou nas águas das praias do Rio, a gente costuma ver animais que a gente não vê. Não que eles tenham surgido agora, mas eles sempre estão lá. Mas com a claridade da água você visualiza agora”, disse Szpilmann.

O biólogo acredita que os animais vistos nas imagens podem ser tartarugas-verdes. “As tartarugas sempre foram comuns na Baia de Guanabara, sempre foram. Ali é uma boa área de descanso e de alimentação. Para várias espécies”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>