• Home
  • Departamento de Agricultura dos EUA é processado por negligência com porcos em matadouros

Departamento de Agricultura dos EUA é processado por negligência com porcos em matadouros

0 comments

De acordo com os grupos de direitos animais, os animais são maltratados por muito tempo até serem mortos


Imagem: Orest lyzhechka / shutterstock.com

Vários grupos de direitos animais se uniram em um processo contra o Departamento de Agricultura dos Estados Unidos (USDA) sob a acusação de maus-tratos e negligência com porcos que chegam aos matadouros de Nova Iorque. Para os grupos, o órgão não cumpriu suas responsabilidades legais de proteger os animais e mantê-los saudáveis. De acordo com eles, os porcos estavam “tão doentes e feridos, que mal conseguiam andar”.

De acordo com especialistas membros dos grupos, “os porcos são mantidos em currais onde apodrecem sobre suas próprias fezes por longos períodos antes de serem mortos”. No processo, consta a informação de que “eles são pisoteados por outros animais e excessivamente cutucados, chutados, empurrados e arrastados por trabalhadores que tentam forçá-los a andar”.

Os especialistas descrevem a situação como uma “história de terror”. Em uma lista fornecida ao site Totally Vegan Buzz (14), eles contam algumas formas de crueldade aplicadas aos animais. “Um trabalhador colocou um garfo em seu focinho e o apertou, fazendo o porco gritar de dor”, exemplifica. Episódios dos porcos sendo chutados parecem ser recorrentes nesses locais.

Dana Jones, diretora do Instituto de Bem-Estar Animal, um dos grupos que entraram com a ação judicial, explicou que “os animais que não conseguem andar ou se mover sozinhos correm maior risco de serem abusados ​​no matadouro. Por essa mesma razão, o USDA decidiu, em 2016, proibir a morte de bezerros incapazes. Os porcos merecem as mesmas proteções básicas sob a ‘Lei Federal de Abate Humanitário’”.

Os outros grupos que fazem parte da ação judicial são o Santuário Agrícola, Fundo de Defesa Legal Animal, Perspectiva Animal, Compaixão na Agricultura Mundial e Misericórdia para Animais. De acordo com eles, o governo americano possui registros detalhados de todos os porcos mortos no país.

Irene Au-Young, estagiária da Clínica de Litígios sobre Animais que representa os ativistas, afirmou em comunicado que “o governo federal continua tratando os porcos como mercadorias industriais a serem produzidas da forma mais barata possível, sem levar em consideração o bem-estar animal ou o a segurança do consumidor”. De acordo com ela “a lei não permite esse desrespeito total, e esse processo responsabilizará o governo por matar animais doentes e feridos e levá-los aos pratos de consumidores inocentes”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>