• Home
  • Novos estudos apontam que mais de meio milhão de insetos estão ameaçados de extinção

Novos estudos apontam que mais de meio milhão de insetos estão ameaçados de extinção

0 comments

Pixabay

Duas pesquisas feitas pelas universidades de Helsinki, na Finlândia, e Stellenbosch, na África do Sul, apontaram que a destruição de habitats, poluição, práticas agrícolas prejudiciais e a crise climática estão causando a extinção de mais de meio milhão de insetos em todo o mundo.

Os estudos contaram com a colaboração de mais de 30 cientistas de todo o mundo e alertam para os grandes riscos à biodiversidade trazidos pela ausência de espécies polinizadoras, como as abelhas. Os pesquisadores afirmam ainda que a extinção dos insetos impacta diretamente a flora.

Pixabay

Além das previsões caóticas, o estudo também sugere formas de reverter a situação destas espécies como a implantação de modelos agrícolas mais modernos e sustentáveis, e o envolvimento dos líderes mundiais sobre práticas industriais que impactem diretamente na sobrevivência dos insetos.

É importante destacar que há atitudes macro que precisam ser tomadas, mas que também há pequenas atitudes que todos podemos ter para auxiliar a preservação destes animais como, por exemplo, reduzir a pegada de carbono, sendo um consumidor mais consciente em todas as áreas, incluindo a alimentação.

Plantar novas árvores e preservar as já existentes também é um ponto positivo. Ter cuidado ao cuidar do próprio jardim e não usar pesticidas. É necessário ter a consciência que a natureza, sem a intervenção humana, é equilibrada e tem seus próprios ciclos.

Pixabay

O respeito a todas as espécies é o passo fundamental para sua preservação e recuperação. Algo que ilustra a importância do respeito à natureza é a animação infantil “O Lorax”. Longa que mostra a existência de um mundo sem árvores e a ganância desenfreada dos seres humanos. Veja um trecho abaixo:


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>