• Home
  • Porcos são chicoteados antes de serem mortos para consumo no RS

Porcos são chicoteados antes de serem mortos para consumo no RS

0 comments

“A ação foi realizada por 16 ativistas com o objetivo de prestar aos animais um último momento de alento aos animais” (Foto: Divulgação/Animal Save RS)

No domingo (19), a ONG Animal Save Rio Grande do Sul registrou um vídeo de porcos sendo chicoteados antes do abate em Osório, na Região Metropolitana de Porto Alegre.

O registro da crueldade contra os animais só foi possível porque desde agosto de 2019 a Animal Save RS tem realizado vigílias em matadouros do estado, com o objetivo de chamar a atenção para a violência nas nossas relações de consumo.

“A ação foi realizada por 16 ativistas com o objetivo de prestar aos animais um último momento de alento e registrar imagens e vídeos que mostrassem as condições precárias de espaço, higiene, segurança, estresse e maus-tratos infringidos pela indústria pecuária aos animais”, diz o grupo em comunicado oficial.

A Animal Save lembra ainda que o matadouro de Osório está próximo de locais turísticos, restaurante, igreja e de uma pracinha com brinquedos. “É possível ver da rua o descarregamento dos animais”, informa.

Em Osório, os ativistas acompanharam a passagem de dois caminhões transportando porcos para o abate. “Durante o remanejo era possível ouvir os gritos dos animais que eram retirados da carreta a chicotadas.” A Animal Save RS faz parte do movimento internacional Save Movement.

Saiba Mais

O vídeo também está disponível no Instagram Stories do Animal Save RS.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>