• Home
  • Foca é resgatada após ficar presa em rochas no Reino Unido

Foca é resgatada após ficar presa em rochas no Reino Unido

0 comments

A ONG britânica “St. Mary’s Seal Watch”, que resgatou a foca, acredita que ela tenha se acidentado após se assustar enquanto descansava nas rochas


Uma foca que ficou presa em rochas na ilha de Saint Mary, próxima à cidade de Whitley Bay, no Reino Unido, foi resgatada por um grupo de voluntários. Uma foto do animal, apenas com a cabeça para fora do buraco, viralizou nas redes sociais.

Foto: Reprodução/Facebook/St. Mary’s Seal Watch

Uma equipe da ONG britânica “St. Mary’s Seal Watch”, que ampara os animais da ilha, foi a responsável pelo resgate, que aconteceu após um funcionário do farol avisar que a foca precisava de ajuda. As informações são do G1.

“Normalmente, quando focas se encontram presas, elas conseguem se virar sozinhas para sair. Mas essa pobrezinha estava muito e realmente presa”, explicou a entidade através das redes sociais.

“É provável que, tendo se assustado e, tentando atravessar as rochas de onde estava descansando, aquele filhote julgou mal o buraco que estava tentando atravessar e deslizou para trás. Quando foi encontrado, ele estava apenas com a cabeça fora do buraco”, completou.

Foto: Reprodução/Facebook/St. Mary’s Seal Watch

A entidade lembrou que até mesmo focas jovens podem ser pesadas e ter dentes afiados e que, por isso, os voluntários não podem simplesmente puxá-las. “Isso poderia fazer mal tanto para a foca quanto para nós”, contou a ONG.

Para fazer o resgate, os voluntários colocaram objetos entre as rochas para evitar que a foca afundasse mais e, depois, levantaram o animal sutilmente e prenderam sua mandíbula para que, como reação de defesa, ele não mordesse a equipe.

“Por sorte, essa pequenina foi encontrada logo e, com os voluntários em campo, conseguimos resgatá-la rapidamente”, concluiu.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>