• Home
  • Pesquisa revela que 57% dos alemães é contra fogos de artifício

Pesquisa revela que 57% dos alemães é contra fogos de artifício

0 comments

A conscientização acerca dos malefícios dos fogos para humanos e animais tem aumentado no país nos últimos anos


Uma pesquisa mostrou que a maior parte dos alemães é contra fogos de artifício. O posicionamento da população levou, inclusive, algumas lojas e supermercados a suspender as vendas desses explosivos neste fim de ano. Outras anunciaram que não venderão mais os produtos a partir de 2020. Na Alemanha, a soltura de fogos é permitida apenas no Réveillon.

Foto: DeltaWorks/Pixabay

A conscientização acerca dos malefícios dos fogos para humanos e animais tem aumentado no país nos últimos anos. Diante disso, cada vez mais pessoas se posicionam a favor da proibição da soltura desses artefatos. As informações são da emissora internacional alemã Deutsche Welle.

A pesquisa foi publicada na sexta-feira (27) pelo jornal alemão Bild. O levantamento concluiu que 57% dos alemães é a favor dos fogos serem proibidos. Além disso, 78% deles afirmou que não soltará fogos no Ano Novo.

Os dados foram levantados pelo instituto de pesquisas YouGov e mostraram ainda que 36% dos entrevistados são contra a proibição e 7% se diz indecisa. Outros 15% disseram que soltarão fogos no Réveillon.

A pesquisa descobriu também que 43% dos entrevistados se incomoda com os fogos e 79% os considera perigosos. Os dados mostraram ainda que 37% nunca soltou artefatos explosivos e um terço deixou de soltar. Apesar disso, 84% considera a queima de fogos um espetáculo bonito.

Dentre os supermercados que pararam de vender fogos neste fim de ano estão o Edeka e o Rewe. Uli Budnik, dono da rede de supermercados Rewe na região de Dortmund, disse que decidiu parar de vender os produtos para “proteger os animais e manter o ar limpo durante os 365 dias do ano”. A rede de lojas de utilidades domésticas Hornbach disse que não venderá mais fogos em 2020.

A tendência de diminuição da venda e soltura de fogos foi elogiada por ambientalistas.

“Esperamos ver uma mudança na sociedade e que as pessoas comprem menos fogos de artifício neste ano”, disse Jürgen Resch, da organização ambientalista alemã Deutsche Umwelthilfe (DUH), que pediu que as pessoas comemorem a chegada do novo ano “sem poluir o ar, colocar outros seres humanos em perigo, deixar os animais em pânico e sem poluir a paisagem”.

A Agência Alemã de Meio Ambiente (UBA, na sigla em alemão) informou que as queimas de fogos de fim de ano na Alemanha liberam aproximadamente 5 mil toneladas de partículas finas no ar, o equivalente a dois meses de tráfego de veículos em rodovias do país.

Além de ser uma das maiores causas da poluição do ar, as partículas prejudicam a saúde de animais e humanos. Para garantir segurança e evitar poluição sonora, zonas de exclusão de fogos de artifício foram criadas em cidades alemãs.

Fora do Réveillon, vender e soltar fogos na Alemanha é crime passível de até três anos de prisão e multa de até 50 mil euros.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>