• Home
  • Cachorrinho passa por cirurgia de emergência após comer 80 cm de fita de enfeite natalino

Cachorrinho passa por cirurgia de emergência após comer 80 cm de fita de enfeite natalino

0 comments

Foto: PA
Foto: PA

Um cachorrinho da raça pastor alemão foi levado às pressas ao veterinário depois de comer quase um metro de enfeites de Natal. Benji, de oito anos de idade, teve que se submeter a uma cirurgia de grande porte após as radiografias mostrarem cerca de 80 cm da fita de decoração brilhante, conhecida também como ouropel, dentro dele.

Olivia Mullen, de 24 anos, diz que ficou chocada e surpresa que seu cachorro comesse os enfeites de natal, pois segundo ela, o animal não é dado a comer nada estranho dentro de casa. A tutora disse: “É a primeira vez que ele faz algo assim. Ele nem procura sapatos ou brinquedos, então foi uma surpresa total”.

A árvore ainda não estava levantada e ele realmente estava torcendo para ganhar uma caixa para brincar. Eu estava trabalhando e minha mãe me ligou para dizer que ele havia comido os enfeites de Natal.

Olívia, que é assistente de cuidado com animais, disse: “Eu vejo animais mal diariamente no meu trabalho, mas quando se tratou do meu próprio cachorro, eu fique completamente perdida, me senti tão chateada e preocupada ao mesmo tempo, mas sabia que ele estava nas melhores mãos possíveis”.

Foto: PA
Foto: PA

Felizmente, os ferimentos de Benji estão se curando bem e ele está agora em casa. Mas David Owen, veterinário de emergência do hospital Vets Now na cidade de Manchester (Inglaterra), alerta que o ouropel brilhante pode ser “muito atraente para cães e gatos” e qualquer corpo estranho pode ser “extremamente perigoso” se ingerido, ainda mais os pegajosos.

Ele acrescentou: “Na medicina veterinária, chamamos isso de corpo estranho linear. Se o ouropel se ancorar no estômago, ele não pode passar pelo intestino e pode lentamente cortar o tecido como um fio de queijo. Isso pode causar danos graves ao trato intestinal do animal”.

“Se você suspeita que seu cão ou gato tenha engolido enfeites de Natal ou qualquer coisa semelhante, como fita ou linha, não espere que apareçam sinais ou sintomas antes de agir, procure imediatamente um serviço de emergência veterinária”, alerta o especialista.

O hospital veterinário Vets Now afirma que terá um aumento de 70% nos casos desse tipo por volta do Natal e Ano Novo.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>