• Home
  • Dois filhotes de foca morrem após serem perseguidos e cercados por banhistas em praia

Dois filhotes de foca morrem após serem perseguidos e cercados por banhistas em praia

0 comments

Foto: The Friends of Horsey Seals/Facebook
Foto: The Friends of Horsey Seals/Facebook

Duas focas morreram após serem cercadas e perseguidas por banhistas em uma praia na vila Horsey, condado de Norfolk (Inglaterra), segundo uma ONG de proteção animal. O grupo Friends of Horsey Seals diz que um dos filhotes morreu depois que crianças o perseguiram até o mar e o pobre animal acabou se afogando, enquanto outro foi abandonado pela mãe depois de ser cercado por pessoas.

Focas mães que sentem o cheiro de humanos em seus filhotes se afastam deles, é instinto do animal e por este motivo turistas são orientados a se manter longe das focas bebês.

A ONG de proteção animal trabalha para “salvaguardar as focas cinzentas em Horsey e Winterton, em Norfolk, particularmente durante o final do outono e inverno”. Ele alertou que “não é aceitável” que as pessoas interfiram ou tentem se aproximar dos animais.

Ao postar uma foto de um filhote de foca morto, na página do Facebook da ONG, a entidade enviou um aviso para aqueles que se aproximavam das focas. A mensagem dizia: “Um dia muito triste para nós hoje em na praia de Winterton. Perdemos dois filhotes saudáveis devido à intervenção humana”.

“O primeiro filhote foi literalmente cercado por pessoas nas dunas e a mãe não conseguiu voltar, abandonou-o e ele morreu mais tarde. O segundo era um filhote saudável que foi encontrado morto perto da encosta do café”.

“Duas crianças pequenas foram autorizadas pela mãe a perseguir o filhote que ainda não havia desmamado e não sabia ainda se virar na água onde acabou se afogando”.

“ISTO NÃO É ACEITÁVEL DE FORMA ALGUMA! Por favor, mantenha distância das focas. Por favor, ouçam os guardas. As focas são presença comum na costa de Norfolk, sendo que a praia de Horsey é conhecida como um ótimo lugar para assistir os pais e seus filhotes entre outubro e fevereiro”.

Os usuários de mídias sociais fizeram vários comentários na página do Facebook da ONG, The Friends of Horsey Seals, uma usuária escreveu que estava “muito brava e triste” ao ler sobre o incidente e criticou as “pessoas ignorantes, desrespeitosas e egoístas” responsáveis por essas mortes. As informações são do METRO UK.

Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>