• Home
  • Disciplina sobre Direito Animal na UnB termina com mostra de vídeos dos alunos

Disciplina sobre Direito Animal na UnB termina com mostra de vídeos dos alunos

1 comments

Reprodução | Facebook

Pela primeira vez na história, a Universidade de Brasília ofertou uma disciplina sobre Direito Animal. Em sua primeira edição, Mobilização Pública e Direitos Animais contou com o apoio de 18 entidades da sociedade civil, com a participação de 31 palestrantes convidados, especialistas de diversos campos do conhecimento, foi acompanhada por 65 alunos regulares da Universidade de Brasília, e teve a participação de 180 alunos de ensino médio e 201 ouvintes externos.

No início do semestre, os alunos – 65 desconhecidos, de 11 cursos diferentes – se veem a frente de um grande desafio: elaborar um trabalho em grupo, que falasse sobre direitos animais, aplicando o conhecimento teórico do curso, e envolvesse mobilização pública. Segundo desafio: não entregar nada escrito! Os trabalhos deveriam ser documentados em vídeo para o conhecimento alcançar o público para além dos muros da Universidade.

Pessoas que nunca na vida se imaginaram como cineastas, aceitaram o desafio por amor aos animais. O resultado foi dez trabalhos apresentados na última quarta-feira no I Cine Direitos Animais 2019. Os melhores trabalhos foram premiados:

• Melhor Storytelling: Arte Ativismo
• Melhor Trabalho em Equipe: Quem é Você na Fila do RU?
• Dinâmica mais Inovadora: Cookies For Pets
• Melhor Mobilização Pública: Escola Animal
• Maior Impacto aos Animais: DogAção
• Melhor Som: Especismo
• Melhor Imagem: Muralismo Vegano
• Melhor Produção: Não Compre, Adote
• Melhor Edição: Escola Animal
• GEDAI de Honra (Votação Popular): Stand Cruelty Free
• GEDAI de Ouro (Melhor da Noite): Dia Mundial do Veganismo

Na mesma noite, foi anunciado o resultado do I Prêmio Brasiliense de Direito Animal, instituído no âmbito da disciplina para reconhecer a personalidade mais atuante na defesa dos Direitos Animais no Distrito Federal. As indicações ao Prêmio foram feitas por 14 entidades apoiadoras da disciplina e a lista com seis nomes seguiu para votação popular. Com 36,2% dos votos, a protetora Orcilene Arruda foi escolhida pelo público por seu trabalho à frente do Abrigo Flora e Fauna, que está com quase mil animais resgatados em situação de risco, vítimas de abandono e maus-tratos.

O evento contou ainda com a participação da banda do DF Herbivoria, que toca música com a temática vegana pela libertação animal. A iniciativa da disciplina e do Prêmio são do grupo O Direito Achado na Rua da Faculdade de Direito da UnB, do curso de Comunicação Organizacional da Faculdade de Comunicação da UnB, e do GEDAI – Grupo de Estudos sobre Direitos Animais e Interseccionalidades.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


 

About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

  1. Foi uma noite especial e importante para o veganismo. Todos os trabalhos foram incríveis e emocionantes.
    Em nome da Banda Herbivoria desejo agradecer a ANDA pela divulgação e a parceria com a FAC/UNB e o Grupo Gedai. Parabenizar todos os grupos, principalmente o grupo “Dia Mundial Veganismo” pelo primeiro lugar conquistado no I Cine Direitos Animais 2019. Foi uma surpresa muito boa ver uma de nossas músicas como trilha sonora!
    Quem desejar assistir está disponível também em nosso site: https://www.herbivoria.com.br/p%C3%A1gina-inicial/liberta%C3%A7%C3%A3o-animal

    Abraços e tudo de bom.

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>