• Home
  • Capivara ferida aguarda resgate há quase uma semana em São Paulo

Capivara ferida aguarda resgate há quase uma semana em São Paulo

0 comments

O animal está com uma corda presa ao seu abdômen que cortou sua pele, causando um ferimento


Uma capivara ferida está há quase uma semana esperando por resgate na região da ciclovia da Marginal Pinheiros, em São Paulo.

Reprodução / Twitter

Mariana Aidar encontrou o animal com uma corda presa ao abdômen no último dia 20 e, desde então, monitora a capivara. Segundo ela, a corda cortou a barriga do animal.

De acordo com a denunciante, na segunda-feira (25) uma ação de resgate fracassada por realizada por ela e por outro ciclista. Juntos, eles tentaram cercar a capivara para retirar a corda, mas não conseguiram. As informações são do portal R7.

A Guarda Civil Metropolitana afirmou que “por meio da unidade ambiental, esteve nesta segunda no período da tarde no perímetro das ciclovias entre as pontes Ary Torres e Cidade Universitária, porém o animal citado não foi localizado”.

Ainda segundo a GCM, o resgate de capivaras requer o apoio de técnicos da Divisão da Fauna Silvestre da Secretaria do Verde e Meio Ambiente.

Para resgatar o animal, o correto é instalar um brete – espécie de gaiola de porte grande – e depois sedar a capivara para retirar a corda. Caso necessário, o animal deve ser internado e, posteriormente, devolvido ao local do resgate.

De acordo com a CPTM, foram realizadas “rondas na tentativa de socorrer o animal e prestar o socorro devido, apesar de ser uma medida paliativa”. A companhia disse ainda que protocolou um pedido de resgate na Polícia Ambiental.

Em um comunicado, a empresa afirmou que “está à disposição para interromper o tráfego de bicicletas na ciclofaixa do Rio Pinheiros e prestar todo o auxílio aos técnicos dos órgãos ambientais durante a captura”.


Gratidão por estar conosco! Você acabou de ler uma matéria em defesa dos animais. São matérias como esta que formam consciência e novas atitudes. O jornalismo profissional e comprometido da ANDA é livre, autônomo, independente, gratuito e acessível a todos. Mas precisamos da contribuição, independentemente do valor, dos nossos leitores para dar continuidade a este imenso trabalho pelos animais e pelo planeta. DOE AGORA.


About the Author

Follow me


Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

{"email":"Email address invalid","url":"Website address invalid","required":"Required field missing"}
>